ESQUADROS

POR QUEM MERECE ESSE AMOR

Te perturba esse amor? 
Amor de juventude 
Meu amor é amor de virtude.

Te perturba esse amor? 
Sem máscaras por trás 
Meu amor é uma arte de paz .

Te perturba esse amor? 
Amor de humanidade 
Meu amor é amor de verdade.

Te perturba esse amor? 
Com todos ao redor 
Meu amor é uma arte maior. 

Meu amor, minha prenda encantada
Minha eterna morada 
Meu espaço sem fim.

Meu amor não aceita fronteira 
Como a primavera 
Não escolhe jardim.

Meu amor, não é amor de mercado 
Esse amor tão sangrado 
Não se tem pra lucrar..

Meu amor é tudo quanto tenho 
E se eu vendo ou empenho 
Para que respirar?

¿Te molesta mi amor? 
Mi amor de juventud 
Y mi amor es un arte en virtud 

¿Te molesta mi amor? 
Mi amor sin antifaz 
Y mi amor es un arte de paz. 

¿Te molesta mi amor? 
Mi amor de humanidad 
Y mi amor es un arte en su edad 

¿te molesta mi amor? 
Mi amor de surtidor 
Y mi amor es un arte mayor. 

Meu amor, alivia e acalma, 
É o remédio da alma, 
Pra quem quer se curar.

Meu amor é humilde é singelo 
E o destino mais belo 
É torná-lo maior.

Meu amor, o mais apaixonado, 
Pelo injustiçado, 
Pelo mais sofredor.

Meu amor abre o peito pra morte, 
E se entrega pra sorte, 
Por um tempo melhor.

Meu amor,esse amor destemido, 
Arde em fogo infinito, 
Por quem merece amor.




RETRATO

METADE

SONETO DO AMOR TOTAL

Gosto quando te calas












Gosto quando te calas porque estás como ausente,

e me ouves de longe, minha voz não te toca.

Parece que os olhos tivessem de ti voado

e parece que um beijo te fechara a boca.



Como todas as coisas estão cheias da minha alma

emerge das coisas, cheia da minha alma.

Borboleta de sonho, pareces com minha alma,

e te pareces com a palavra melancolia.



Gosto de ti quando calas e estás como distante.

E estás como que te queixando, borboleta em arrulho.

E me ouves de longe, e a minha voz não te alcança:

Deixa-me que me cale com o silêncio teu.



Deixa-me que te fale também com o teu silêncio

claro como uma lâmpada, simples como um anel.

És como a noite, calada e constelada.

Teu silêncio é de estrela, tão longinqüo e singelo.



Gosto de ti quando calas porque estás como ausente.

Distante e dolorosa como se tivesses morrido.

Uma palavra então, um sorriso bastam.

E eu estou alegre, alegre de que não seja verdade.



ALMA DE POETA



Estava eu  exercitando meu corpo com uma gostosa caminhada pelo parque, quando fui surpreendido pela multidão! Sim! A multidão de meus pensamentos. De repente uma nuvem se pôs diante dos meus olhos fazendo com que a bela lagoa que eu avistava desse lugar a um mundo cheio de incertezas. Foi inevitável a redução de meus passos e por mais que eu ainda estivesse vendo a lagoa e o caminho que se punha a minha frente eu não os enxergava...
Muitas questões se colocavam diante de mim e eu não conseguia organizá-las. Meus pensamentos quase que salteavam diante de meus olhos. Até que parei. Resolvi que iria me acalmar. Entendi que eles estavam agitados porque eu assim estava. Então  me sentei, ali  mesmo onde eu estava, e comecei a percorrer os caminhos que eles me apontavam. 
Durante esse mesmo instante uma angústia atormentava meu peito e eu só conseguia me perguntar o porque de tanta confusão. Até que um deles, talvez o mais esperto, chamou minha atenção fazendo com que eu me desligasse dos outros e percorresse com ele um longo caminhos. Caminho esse que seria a solução para a minha equação principal.
Dito e feito! Depois de uma longa caminhada com aquele espertinho me vi diante da seguinte afirmação:
-Tens a alma de um poeta, és porta-voz de pensamentos. Confusão e indignação fazem parte do teu ser.
Não me restava dúvida! Entendi que eu teria que aprender a conviver com aquelas questões da melhor forma possível. Afinal eu queria ser poeta! Havia buscado por isso durante um longo tempo. Mas... num dado momento descobri que para ser poeta não adianta só querer, o poeta simplesmente o é. Por isso minha busca estava adormecida.
Pois é! Agora, por causa daquele danadinho pude descobrir que eu queria ser poeta porque eu de fato o era e sou! Aceitei minha condição, me levantei, olhando fixamente para a lagoa, que agora eu  enxergava , e voltei a caminhar. 
É fato que não passou muito  tempo até que ela novamente sumisse novamente e eu voltasse a ter aquela nuvem diante dos meus olhos, porém agora junto aos meus pensamentos eu estava acompanhada da minha alma de poeta! 

Vanessa G. Vieira 

Um e outro. Outro e um

UM: - O que em mim te encanta?
OUTRO: - Não sei me encanta!
UM: - Me diga! o que em mim te encanta?
OUTRO: - Não sei me encanta!
UM: - Te encantam meus olhos?
OUTRO: - Não sei me encanta!
UM: -Te encantam meus lábios?
OUTRO: - Não sei me encanta!
UM: - Te encanta meu corpo?
OUTRO: - Não sei me encanta!
UM: - Vou-me embora. Não me encanta saber que não és capaz de encontrar em mim nenhum erro. Se tudo em mim te encanta  acreditas que nada tenho de errado e isso seria uma grande mentira, pois sou um ser humano e por isso tenho, e preciso ter, algo que não te encante. Adeus!!
OUTRO: - Isto! Isto  me encanta!
UM: O que?
OUTRO: - Tua atitude. És o mais belo dos seres humanos, porque és capaz de reconhecer que és imperfeito, isso sim me encanta! Humildade!
UM: - Não entendo. Por que não me disseste isso antes?
OUTRO: Só me encanta você reconhecer esta verdade. Porque isso só cabe a você. Ninguém mais pode fazê-lo. Só você! Isso me encanta.
UM: Confusão! Confusão!
OUTRO: Simples e fácil. Todo mundo pode te convencer que teus olhos são belos e de igual modo que teus lábios são lindos mas, ninguém pode te convencer de tuas imperfeições. Essa é uma tarefa que só cabe a você. Os outros podem até te comunicar o teu  erro, mas você só  o reconhecerá que você quiser.
UM: - Me encanta! Me encanta! Me encanta a tua sabedoria e tua simplicidade. Sabes lidar com as pessoas e isso me encanta. Faz-se entender... Só tens um defeito!...
OUTRO: - E qual é? Diga-me!
UM:  - Descubra tu. Não disseste que só nós podemos nos convencer de nossos erros?
OUTRO: Realmente...
UM: Isso me encanta. Prazer... Meu nome é ...
OUTRO: ME ENCANTA!!!!

IMPRESSÕES

De repente me vi diante dessa belíssima melodia!
foi inevitável! Não pude controlar...
Minha mente se perdeu diante de tantos pensamentos.
Imagens, histórias, vida...
 foram alguns dos temas que me ocorreram.
E o vídeo abaixo é o resultado de minhas impressões.
Talvez as minhas não sejam as mesmas que as suas
por esse motivo espero sua opinião!
Abraços Fraternos


MÃE




Carinhosa e sincera
Cheira de amor e felicidade plena    
Sempre disposta e valorosa.

 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas