Outros lados de um pensamento


Picasso






Em um momento de fulga escrevo:

 falta de ar

O ar que necessito
Vem da fulga
Que é meu esconderijo.
Vou e venho de lá
Como os galhos das árvores
Que balançam ao movimento
Do vento...
Sou o que sou...
E não consigo,
Não posso
Por enquanto
Ser diferente...
A falta de ar
Silencia-me a voz...
Cala-me
Faz-me nada
Porque sem voz
Nada sou...
Nada faço...
Nada....


OlintoSimões  lê e me diz:

Num primeiro dia de ano, não poderia ler o que li e ficar quieto. Vanessa Vieira, me perdoe a intromissão, mas em contradito ao que escreveu, me atrevi:



Então para você com meu carinho...,



Renasça!



Você esta viva, respire...,

Pare de fugir de você,

Saia de seu esconderijo,

Vá onde quiser, venha se quiser,

Pois, você não tem raízes enterradas,

Seus movimentos são livres,

Como o vento...,

Você é o que é,

Conseguirá o que quiser,

Pode o que ousar...,

Mude, já que o ano é novo,

Nova seja, e seja diferente...,

Respire, agora mais profundamente,

Solte sua voz,

Fale, Grite, cante...,

Faça-se como nunca se fez,

Porque você, eu..., nós...,

Somos o que somos,

Façamos o que fizermos,

Somos parte do todo, somos..., tudo!



Ianê Mello com sua grandiosidade poética completa:


PONTO DE FUGA





Há o momento da fuga

há o momento do encontro

Há o momento do silêncio

há o momento da fala

Há o momento de esconder-se

há o momento de expor-se

Encontrar o momento certo

é encontrar o equilíbrio na ação

Fugir agora pode ser preciso

e quem pode julgar?

Fugir às vezes esconde

a imensa vontade de ficar





Viva aos diálogos poéticos... 
Viva a poesia... 
Viva aos poetas que conversar, 
que concordam e discirdam e por isso recriam.

Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

  1. Amei, amiga. Ficou lindo o diálogo. Fico feliz por tê-lo postado aqui em seu blog.
    Deixo aqui o link do meu Diálogos Poéticos, onde também postei nosso diálogo:
    http://dialogospoeticosimello.blogspot.com/2012/01/dialogo-poetico-vanessa-vieira-e-iane.html#links

    Beijinhos.

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas