HumanInAção


Tive a oportunidade de assistir este vídeo maravilhoso durante a aula de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) na faculdade... 
Não sei ao certo de que sentimentos fui tomada só que nenhuma palavra saiu de minha boca... Fiquei parada no "Canon-tempo" de Pachelbel ( Canon in D) que amo. E na grande história de amizade e superação vivida pela protagonista do curta...
Um comercial? Que seja... Mas quantas pessoas passam por esse desrespeito diariamente... Compartilho e compartilho também as palavras, que  foram escritas por minhas mãos assim que as luzes da sala acenderam...


HumanInAção

Não sou feita de emoção
mas sou tanto e também
sou o que sinto 
e o que sinto me FAZ
Ouvindo ou não, SOU...
E continuarei sendo.
Ah... O que sou....
O que poderei ser....

Não, não vou com o que dizem
vou sempre com o que sinto
pois humano sou
e esse ofício "desemoção"
nenhuma arrancará de mim.

Ass.: Eu humano que sou

in: 27/04/2012



Complexidade(?) Leve.


Um dia leve
leve o dia
que o dia nos leve leve
em complexidade
Em neve
Em nave de sonhos..

...

amores queridos e leves...
Que o dia nos leve...
Leeeve
E um dia leve seremos livres
E a leveza nos levará poesia em neve.

By Vanessa Vieira - lendo o Post de Carmen Silvia Presotto com a Música Leve - Ney Matogrosso Cantando)

Arte de Milan Kundera

Dor de dente doída: o Retorno



Esta é a dor ida que aos poucos tornou-se vinda...
A dor não finda...
Que escondida ficou dentro 
(da boca que a guardou)
A dor latente... 
Revolvente dor...
dente do juízo...
Sei... 
dente dos nervos Quentes...
dá dor e nós na gente!


By Vanessa Vieira (A vítima)  
Pintura de Henry Asencio



LIberdade





E a liberdade nos chega assim
aos poucos...
Passo por passo
Busca por busca
Encontro por encontro...
E quando menos percebemos
Nos entramos em outras armadilhas
Pois a vida não Vida seria
Se não houvessem obstáculos
para serem vencidos...
Voemos rumo às nossas liberdades!

By: Vanessa Vieira

Caminhantes






Art Pics




E assim caminhamos
Em busca de um destino que nos não pertence
Pertencendo aos nossos sentidos.
Somos o que vemos
E o que não vemos também...
Somos seres sentidos
Contidos ou não..
Somos e continuaremos sendo 
Enquanto for possível a arte de Sermos!






By Vanessa Vieira

Ponto!



 Disponível no Google!

Um dia nos cansamos
Da impunidade
das irresponsabilidades
das Hipocrisias
De tudo...
Nada contra os hipócritas
Nada também contra os irresponsáveis
Mas que suas ações quebrem apenas em seus narizes
e nos deixem viver em paz!

Falei!
Imagem: Disponível no Google!

Pensamentos in...



Realmente é impossível não compartilhar e dizer que é incrível a reflexão compartilhada pela Rosane Marendino, em suas leituras do Jung.
Compartilho aqui pois um dia me disseram que ler e gostar do que se ler é na verdade se vestir com as palavras dos outros. Então visto-me agora com as palavras do Jung...

Google imagens


"O animal não se revolta contra a sua espécie. Observa os animais: como são imparciais, honestos, como obedecem ao tradicional, como são fieis à terra que os sustenta, como voltam à sua migração costumeira, como cuidam de suas crias, como vão juntos ao seu pasto e como levam uns aos outros às fontes. Não há nenhum que esconda sua sobra de presa e deixa seu irmão morrer de fome. Não há nenhum que force sua própria espécie à sua vontade. Não há nenhum que se imagine elefante quando é apenas uma mosca. Quem nunca vive seu animal vai tratar forçosamente seu irmão como um animal. Humilha-te e vive teu animal, a fim de que possas ser justo com teu irmão. Assim salvas todos aqueles mortos que vagueiam por aí e aspiram nutrir-se junto aos vivos. E não faças daquilo que praticas uma lei, pois isto é ARROGÂNCIA DE PODER!!!!"...

E agora o que penso....
Porque foi exatamente o que escrevi em uma das minhas apostilas  durante uma aula:

Indignação:


Que capacidade é esta que as pessoas tem de enxergar somente os palmos a frente de seus narizes. Saem por ai ditando verdades e crendo que só o que pensam é certo... E onde fica o PONTO DIFERENCIAL. A caso temos todos os mesmos corpos, os mesmos olhos, dedos bocas ou pensamentos? NÃO!!!! Somos diferentes e seria bom que víssemos estas diferenças. Pois enxergá-las nos faria mais humanos.... 

Tenho detestado verdades!



(In)caixe


Vejam que lindos versos recebi do amigo Edson Felizardo lá no Facebook! 
Obrigada pelo carinho Edson. Abraço forte! 

Foto: Vilma Vieira


ah, ói só!
duas violas
se tocando
ela e ele
ela segura
ele sonzando...
ela olhando
e ele
se encaixando...

Algo...

Sarolta Bán.

Contas?
Encontas...?
Não sei...
Mas histórias virão 
e nelas saberemos
ou voltaremos a saber 
aquilo que um dia esquecemos...
A vida é um livro
que o tempo não apaga! 

Beijo e boa tarde! 
A imagem é de Sarolta Bán.  

Assim...




Nem se vai
Nem fica...
Impossível partir
Quando os caminhos se fecham...

Adeus às obrigações....
E que venham as liberdades de expressão!

PassAVida


Robert Parkeharrison
Assim, eu durmo...
Perdumo
E nada faço
Nem refaço
Meu tempo
De quando
Vira findo
E eu indo
Indo
Nunca chego
Ao destino
Para o qual
Ao mundo
Terei vindo.




Grande “incessidade” de existência esta que tenho
E ponto

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas