Gravidez


‎"Pari meu ser definitivo, mas tirei-me a ferros de mim mesmo"

Fernando Pessoa feito Bernardo Soares 
em O Livro do Desassossego, 
Companhia das Letras, 2011, p. 59.


Leio e escrevo.



Gravidez

Estava grávida de mim
grávida de meus sentimentos
Grávida de minhas palavras
E a gravidade estava inteira
na garganta e na dureza dos dedos
Que se recusavam "à parição"

Voou o tempo,
Passou o vento...

Pari!

Agora sou mãe do que sou
E a gravidade está no coração latente
pois que é chama de vida!


Por Vanessa Vieira

Imagem: Tumblr
 Continuo alegremente 
minhas leituras 
de Pessoa com
Carmen Silvia Presotto

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

  1. Eu já te disse que vc é demais?
    Uma ótima noite, minha princesa poetisa.
    Genis

    ResponderExcluir
  2. Oba!!! Bom ter você por aqui Gênis. Também te adoro!!!

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas