A CRIANÇA QUE FUI CHORA NA ESTRADA


A criança que fui chora na estrada
Deixei-a ali quando vim ser quem sou;
Mas hoje, vendo que o que sou é nada
Quero ir buscar quem fui onde ficou.

Ah, como hei de encontrá-lo? Quem errou
A vinda tem a regressão errada
Já não sei de onde vim nem onde estou
De não o saber, minha alma está parada.

Se ao menos atingir neste lugar
Um alto monte de onde posse enfim
O que esqueci, ilhando-o relembrar

Na ausência, ao menos saberei de mim
E ao ver-me tal qual ao longe fui ao achar
Em mim um pouco de quando era assim.
Fernando Pessoa

Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas