Momento Inspirativo #12

Fonte: Pixabay

Não há nenhuma previsibilidade em suas atitudes. E isso me tira do sério. A minha ansiedade não permite que as coisas sejam feitas fora do meu controle e você sabe disso. Mesmo assim, insiste em ser tudo aquilo que odeio e amo ao mesmo tempo. A masculinidade exacerbada e esse ar instintivamente superior sempre foi causa de grande irritação para meu lado feminino que não aceita subordinações. Tem dias que eu tenho vontade de gritar para você parar com esse jeito arrogante de quem tem o mundo todo, mas no fundo? Eu sei que você tem. Tem dias que eu tenho que eu analiso todos os fatos de você ter me dispensado, sem motivos lógicos e ainda ter feito piadinha, como se tudo estivesse bem. Isso, claro, na frente de seus grandes amigos. O que explica suas justificações posteriores, quando pediu para conversas a sós? O que justifica esse olhar escancarado, enquanto aproximo dos velhos amigos? O que justifica ter pego a minha mão no meio daquela tarde fria, enquanto eu tentava respirar longe de você? Não, eu não vou ficar. Não vou voltar. Ou, talvez sim, mas a proposta tem que ser melhor. O meu ego é tão absurdo quanto o seu. Não aceitaria os mesmos termos e vícios, afinal, estou tão bem, tão amada, tão feliz. Seguindo em frente, não é mesmo? Não fique em silêncio demonstrando importância, constrangimento, ou melhor, arrependimento. A gente faz escolhas, tudo bem? Aquela dispensa, na velha tarde e data desprezível, foi o estopim para entender que quem quer, mantém. E você deveria entender que, no máximo, é seu ego ferido em ver que sobrevivi e sobressai. Apenas volte, meu bem, quando tiver certeza sobre tudo isso e que novamente me quer. Estou feliz, então, bem, convenhamos, eu superei... Ou, talvez, nem tanto!

Resenha: A casinha do Tatu - Elza Sallut

Você sabia que hoje (18 de Abril) é o Dia Nacional do Livro Infantil? Pois então, esta data foi escolhida para homenagear Monteiro Lobato. Um famoso escritor brasileiro que primeiro deu atenção à Literatura Infantil.

Pois bem, para guardar este dia na memória trouxe para compartilhar com vocês a resenha de um livro muito interessante que li e reli algumas vezes este ano com meus alunos lá na Sala de Leitura.


Literatura Infantil, Livros, Dica de leitura, Resenha, Pensamentos Valem Ouro, Blog literário Vanessa Vieira
Foto: Vanessa Vieira
 A casinha do Tatu, conta a história de uma raposa muito mandona e orgulhosa dona de uma grande casa na floresta. A tal raposa vendeu o terreno ao lado do seu para o Tatu, que depois de pagar o terreno começou a construir sua humilde casinha. Mandona que só a raposa ficou brava porque a casa do Tatu era muito simples e ia desvalorizar a sua propriedade. 

Depois de argumentar sem sucesso a construção do vizinho a raposa sai em busca da ajuda do Rei da Floresta o Sr. Leão, mas as coisas não acontecem bem do jeito que ela esperava. Dona Raposa sai desta história aprendendo uma grande lição!

Literatura Infantil, Livros, Dica de leitura, Resenha, Pensamentos Valem Ouro, Blog literário Vanessa Vieira
Foto: Vanessa Vieira
Que história!!! Primeiro não posso deixar de falar sobre a fluidez da escrita da autora. Logo de cara ela nos prende e nos cativa para a leitura e na minha opinião esta é uma das grandes habilidades que um autor precisa desenvolver para conquistar os pequenos Leitores. 

Já dentro da história somos levados a refletir sobre nossos próprios valores e sobre a forma que agimos no mundo. De uma forma bem sutil e direta Elza aponta para o leitor que não podemos cobrar que o outro seja igual ou tenha as mesmas coisas que nós. Cada um tem seu limite e precisa ser respeitado por isso. Não há melhor ou pior, há o ser, o existir. E ainda que a humildade e a generosidade é o início da humanidade!

Diante de tantas boas reflexões o livro ainda nos presenteia com lindíssimas ilustrações, Imagens grandes que ocupam toda a página, traços bem definidos e ainda um personagem que ao longo da história vai nos convidando para uma linda intertextualidade. 

Literatura Infantil, Livros, Dica de leitura, Resenha, Pensamentos Valem Ouro, Blog literário Vanessa Vieira
Foto: Vanessa Vieira
Fiquei encantada com a grandeza desta obra. Curti bastante todos os detalhes e já fiz questão de espalhar a notícia de sua existência pelos corredores na escola. Contei e recontei com alegria. E fico feliz em ver os alunos relendo por sua própria vontade!

Então, deixo para vocês esta dica, desejosa de que também se encantem com esta obra e sua linda mensagem. E já que este é o dia do livro infantil que tal presentear aquele pequeno que você tem ai na sua casa ou na sua família com esta linda história? Vale muito a pena a leitura! 


Favoritei com certeza!


Dados da obra:





Título: A casinha do Tatu
Autoria: Elsa Sallut
Ilustração: Suppa
Editora: Moderna ( Coleção Girassol)
Ano: 2017
Páginas: 40
Sinopse: A raposa, orgulhosa de sua linda casa, não aceita a vizinha de alguém tão pobre como o tatu. Mas, ao pedir o auxílio do rei leão para solucionar o caso, a raposa recebe uma lição e tanto!





Vou ficando por aqui! Mas antes de você ir me diga. Já conhecia esta obra? Ficou curioso? Tem algum livro Infantojuvenil que te cativou e que você nunca mais esqueceu? Comenta aqui em baixo!

Momento Pipoca: Aquaman

E aí Pensadores! Tudo bem com vocês?
Quanto tempo em! Sei que recentemente foi uma postagem aqui no blog indicando livros, mas blogueiro que é blogueiro precisa saber se expressar. (risos)

Hoje venho indicar um filme que assisti recentemente em minha tv por assinatura e antes que falem já vou dizendo que não pude conferir na estreia e/ou cinema por que infelizmente quando fui para ir nas telonas acabei tendo um contratempo e somente agora tive a oportunidade. Tudo bem?

O filme que venho indicar hoje é...






A cidade de Atlantis, que já foi lar de uma das mais avançadas civilizações do mundo, agora é um reino submerso dominado pelo ganancioso Rei Orm. Com um vasto exército a seu dispor, Orm planeja conquistar tanto os demais reinos do oceano, quanto o mundo da superfície. Em seu caminho está Aquaman, meio-humano e meio-atlante, e verdadeiro herdeiro do trono. Com a ajuda da princesa Mera, Aquaman precisa recuperar o lendário Tridente de Atlan e aceitar seu destino como protetor das profundezas.



Como bem sabemos nesse filme conhecemos Arthur Curry um Meio Humano/Meio Atlante filho de Tony Curry dono do farol e Atlanna Rainha de Atlântida. Tudo começa quando Tony encontra Atlanna ferida na beira da água bem nas pedras ao lado do farol e a leva para casa! De início Atlanna acha que querem machucá-la, mas Tony demonstra que está tudo bem e ela poderia se tranquilizar.

Dias passam e ambos tem Arthur o fruto de um amor que nunca deveria ter existido. Tempo se passou e o rei de Atlântida descobre o paradeiro da Rainha e ordena que seus soldados a levem de volta. Guerreira como sempre, Atlanna luta para não à levarem.

Quando tudo termina se vê obrigada a deixar Arthur com Tony e ir de encontro a um casamento que não queria, prometendo um dia voltar em qualquer amanhecer. O tempo vai passando e Arthur é treinado por Vulko para um dia assumir o que é dele por direito, mas Arthur sempre se perguntava o porquê de sua mãe ter o abandonado até que descobre que ela havia sido exilada para o fosso.

Já nos tempos atuais conhecemos David Kane que junto com seu pai invadem um submarino e matam pessoas que não tinham nada haver com aquilo. Nesse instante Arthur aparece, mas com o apelido de Aquaman.

Ele luta para derrotar os invasores e em um impulso deixa o pai de David para morrer afogado, ganhando assim um inimigo. Horas depois conhecemos Mera que o obriga a lutar com Orm meio irmão de Arthur que quer dominar os sete oceanos e assim se tornar o senhor dos mares.

Arthur nega, mas uma tragédia quase acontece e enfim nosso protagonista decide ir a luta sem querer uma coisa que ele não está nem aí.



O que posso falar dessa obra? Apenas posso dizer que me deparei com um dos universos que mais amo no mundo literário. Para terem noção de quanto gosto do fundo do mar, ligue um dos meus computadores e veja o papel de parede. (risos)

Por muitas vezes achei cenas dessa obra muito engraçadas e sem sombra de dúvidas você terá aquele frio na barriga com tanta adrenalina. Tem personagens que você pensa que vai ser uma coisa e acaba por te impressionar e muito.

Mas enfim! Esse é o resumo do filme e minha breve opinião. Comentem aí em baixo o que acharam e não esqueçam de seguir o blog nas redes sociais "além claro de me seguirem também nas minhas redes sociais".


No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima.
Tchaau

Café Poético (Kids): Ruth Rocha

 Olá Pessoal! Vamos continuar em ritmo de Literatura Infantil?  Hoje nosso Café Poético é Kids e aproveitei para trazer uma autora bem conhecida de todos nós! Vamos lá?


Ruth Rocha é uma conhecidíssima autora nacional e tem diversos trabalhos publicados para os leitores mirins. Suas obras abrilhantam as bibliotecas e Salas de Leituras de nossas escolas ajudando nossos alunos a mergulhar cada vez mais neste mundo lindo que nos propõe a leitura e a imaginação. 

A autora nos apresenta uma escrita leve cheia de emoção e aborda sempre assuntos pertinentes e intrigantes tanto para os pequenos quanto para os mais grandinhos. 

"Em mais de cinquenta anos dedicados à literatura, a escritora tem mais duzentos títulos publicados e já foi traduzida para vinte e cinco idiomas. Também assina a tradução de uma centena de títulos infanto-juvenis..."
Fonte: Site da autora
Há algum tempo venho querendo compartilhar o trabalho dela com vocês e hoje chegou o grande dia. Difícil escolher entre tantas poesias lindas, mas acho que o escolhido representa bem a obra, a autora e sua luta pelo direito da criança!  

Boa leitura! 

O Direito das Crianças



Toda criança no mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.

Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.

Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os diretos das crianças
Todos têm de respeitar.

Tem direito à atenção
Direito de não ter medos
Direito a livros e a pão
Direito de ter brinquedos.

Mas criança também tem
O direito de sorrir.
Correr na beira do mar,
Ter lápis de colorir…

Ver uma estrela cadente,
Filme que tenha robô,
Ganhar um lindo presente,
Ouvir histórias do avô.

Descer do escorregador,
Fazer bolha de sabão,
Sorvete, se faz calor,
Brincar de adivinhação.

Morango com chantilly,
Ver mágico de cartola,
O canto do bem-te-vi,
Bola, bola,bola, bola!

Lamber fundo da panela
Ser tratada com afeição
Ser alegre e tagarela
Poder também dizer não!

Carrinho, jogos, bonecas,
Montar um jogo de armar,
Amarelinha, petecas,
E uma corda de pular.


Muito lindo não é!? Aos pouquinho vou trazendo mais indicações da Ruth Rocha para vocês! Até lá vocês podem ficar por dentro das últimas novidades dela no site http://www.ruthrocha.com.br/

Até o próximo Café Poético Kids!


Café Poético: Ludmila Oliveira

Café poético, Ludmila Olioveira, Blog Pensamentos Valem Ouro, Literatura, Poesia, Poemas, blog literário, autores nacionais,


E hoje temos mais um Café poético por aqui! E você que está chegando agora pode conferir os poetas que já passaram por aqui clicando na mãozinha ao lado .


Trago para vocês a arte da linda Ludmila Oliveira, uma flor de pessoa que conheci nas conexões da vida! Uma menina sensível que traz na singeleza de seus versos um sopro para a vida. Um ar de garra e esperança que renovam as forças! 

Muito grata por ter aceito nosso convite Lu! E 'simbora' de poesia! 




Autoestima
(Ludmila Oliveira)

Abra os lábios
E comece a declarar
O valor da sua essência,
Sua autoimagem elogiar.

Abra a porta
E deixe a coragem entrar
Pare de dizer: Não sou capaz
Em ti comece acreditar.

Abra a alma
E deixa a tempestade entrar
Vista-se de resiliência
E ouça o que o temporal
veio lecionar.

Abra as asas
E deixa o sonho decolar
Na vértice
imaginação/realidade
Alce vôo até o realizar.

Abra a janela
E deixa o sol entrar
Que o único filtro
Dessa viva fotografia
Seja a autoestima

Do seu olhar.



Sobre a autora:
Ludmila Oliveira, poeta, escritora, autora Nacional, Escritores região dos lagos

Ludmila Oliveira, nasceu em Cabo Frio/RJ em 08/04/1989. Poetisa cristã, iniciou seus escritos na terapia. Desta experiência de autoconhecimento surgiram o projeto Construindo Meu Jardim, cartas poéticas gratuitas que expressam o amor de Deus e a valorização a vida, e o livro Construindo Meu Jardim: Das Sombras Às Flores. Membro fundador da Alacaf-Academia de Letras e Artes de Cabo Frio e Acadêmica da Apala - Academia Pan-Americana de Letras e Artes

ALACAF arrecada livros infantis para doação - Participe desta Ação

Olá Leitores!!

Hoje trago para vocês mais uma ação lindíssima da Academia de Artes e letras de Cabo Frio. A Academia está se mobilizando para arrecadar livros Infantis, novos ou usados que estejam em bom estado. O objetivo desta arrecadação é doar as obras em evento que ocorrerá no mês de Abril em comemoração ao dia do Livro Infantil. 

Material de Divulgação - ALACAF

Esta Ação Cultural será realizada  na Fonte do Itajurú - Cabo Frio -RJ, no dia 18/04 às 14h. Com a participação de alunos de escolas municipais (previamente agendadas). A previsão é proporcionar às crianças atividades divertidas incluindo: contação de histórias, brincadeiras, distribuição de livros e um delicioso piquenique literário! 

Participe você também desta ação cultural literária! 
Doe livros infantis, doe alegria, doe cultura!

Para fazer a sua doação entre em contato pelo E-mail: pensamentosouro@gmail.com
ou nas redes sociais do blog: Facebook | Instagram


"A educação é um seguro para a vida e o passaporte para a eternidade." 
Antônio Guijarro

Momento Inspirativo #11

Pensamentos Valem Ouro, Vanessa Ribeiro, Reflexões, Ansiedade, pensamentos
Imagem de Gerd Altmann por Pixabay 

Minhas mãos estão frias e suando. Meus pés balançam incessantemente. Meu coração? Está altamente disparado. A psicóloga costuma dizer que preciso controlar o peso das situações. Sei que não devia estar insana planejando cada mínimo detalhe. Eu já conheço, ela também: os típicos sintomas da ansiedade que percorrem meu corpo, em meio a toda essa minha ânsia de domínio do mundo. A metódica chatice que alimento de planejar os mínimos detalhes de tudo e entrar em colapso quando não funcionam (sempre aliás). A questão é que não temos autoridade sobre nada e não podemos controlar as coisas, que vão sempre sair dos eixos e serem diferentes do que programamos (e por diversas vezes, totalmente contrárias e de um jeito negativo). Semana passada as coisas não deram tão certo, no serviço, e mais uma vez me encontrei em colapso. É como se meu cérebro gritasse para que as coisas funcionassem do jeito que eu planejei mentalmente que seriam e infantilmente não admitissem que está tudo bem em errar, de ouvir nãos, de lidar com grosserias. Eu posso superar, não posso? Eu tento encarar que sou capaz de carregar todo esse mundo perfeito que idealizo e luto por ele. Mas não depende só de mim e meu emocional é fraco demais. Sinto, às vezes, que hora ou outra, vou jogar tudo para o alto e cansar de existir em um mundinho perfeccionista. Talvez eu canse de carregar o peso de ser eu mesma e inexista em metodismos... 

Momento Pipoca: La Casa de Papel

E aí pensadores! Tudo bem com vocês? Comigo tudo na mais santa paz. hehe
O que acharam da última indicação de filme que dei? Espero que tenham gostado, pois hoje venho falar de uma série que estou a mil assistindo e quero compartilhar com vocês minha opinião.







Oito habilidosos ladrões se trancam na Casa da Moeda da Espanha com o ambicioso plano de realizar o maior roubo da história e levar com eles mais de 2 bilhões de euros.
Para isso, a gangue precisa lidar com as dezenas de pessoas que manteve como refém, além dos agentes da força de elite da polícia, que farão de tudo para que a investida dos criminosos fracasse.




Antes de começarmos vamos aos atores/personagens? Bora lá então: Úrsula Corberó [Tokio], Alba Flores [Nairobi], Miguel Herrán [Río], Pedro Alonso [Berlín], Jaime Lorente López [Denver], Enrique Arce [Arturo Román], Álvaro Morte [El Profesor], Paco Tous [Moscú], Itziar Ituño [Raquel Murillo], María Pedraza [Alison Parker], Darko Peric [Helsinki], Kiti Manver [Madre de Raquel], Juan Fernández (II) [Coronel Prieto] e Esther Acebo [Mónica Gaztambide].


Nesta série El Profesor interpretado por Álvaro Morte, reúne alguns temidos "fora da lei" para fazer um grande assalto que iria abalar a Espanha e o mundo. Fazendo um plano bem bolado treina os seus subordinados para que eles possam agir em cada determinado momento, mas a única coisa que se submeteram era não saberem nada um do outro para não atrapalharem a missão.

A única coisa que sobrava fazer era um codinome e foi aí que resolveram se chamar por nomes de cidades. Tokio é a nossa protagonista por que é por ela que sabemos toda a narrativa, Berlín é o manda chuva enquanto estiverem dentro do local e o Professor comanda os acordos, além de colocar ordem pelo lado de fora.


Para não serem identificados, colocam macacão e mascaras. Se engana quem diz que nesta série não tem romance, pois você encontrará e muito os personagens se relacionando... Cada um dos integrantes tem sua personalidade e isso podemos ver sem esforço.

Vamos dar alguns exemplos por que ninguém tem aquela memória para lembrar tudo (risos): Tokio é a garota durona que se viu na obrigação de proteger todos ao seu redor, Río é o cara todo bobinho que se encanta fácil, Berlín é o esquisitão que quando tem o poder se vê como bipolar e entre outros.

Ao entrarem na casa da moeda fazem as pessoas de reféns e as obrigam a trabalhar imprimindo milhares de euros. Enquanto isso uma parte cavam um túnel para que ao concluírem o grande roubo que planejavam! Não tenho palavras para descrever o quão legal é essa série e não vejo a hora de concluir.

Uma narrativa bem rica de detalhes e uma história que deixa qualquer um sem saber o que fazer.
Mega recomendo para vocês! Não deixem de assistir.





Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa indicação, comentem aí em baixo o que acharam e se for a sua primeira vez aqui nesse blog: Lhe convido a seguir e acompanhar nas redes sociais. Vale relembrar que comando o blog Um baixinho nos Livros que inclusive está a mil, corre lá conferir.


No mais é isso! Muito obrigado pela sua atenção e até a próxima.
Tchaau

Café Poético - Claudinea Souza

Adicionar legenda
Vai um cafezinho aí!?

Gente trabalhar na Sala de Leitura/ biblioteca de uma escola nos traz muitas coisas boas! Uma delas é o encontro com alunos e professores leitores e também escritores. E foi assim que conheci a poetisa  Claudinea. 

Ela estava visitando com seus alunos a sala de leitura e, depois de falar sobre a importância da leitura e dos cuidados com os livros falou aos alunos do escritor que poderia haver dentro de cada um deles. E entre uma orientação e outra deixou escapar que ela também escrevia poesias...

Minhas anteninhas ligaram e depois fui conversar com ela sobre esse talento escondido e ora vejam! Descobrir uma linda pérola. Cheia de sensibilidade e intimidade com as palavras! Claudinea nos traz poesias de vida, de fé e por isso trouxe-a aqui hoje, para compartilhar com vocês o seu lindo trabalho poético! 


Infância
(Claudinea Souza)

Arquivo Pessoal da Autora


Na inocência, da infância 
Tudo parece mágico 
Alegria e brincadeiras 
Sem nenhuma barreira.

Corre  pula canta e
 planta até bananeiras
Vida essa que me lembro das travessuras 
Sem fronteiras 

Papai e mamãe, chamando atenção 
Porque posso levar  
Um escorregão 

Quantas coisas vividas 
Que hoje não vejo 
Nem parecida 

Vejo a infância, de hoje 
Desaparecida 
Com tanta ilusão 
Porque só querem
Saber de computação 

O minha infância querida,
  que saudade 
Tudo me traz
Lembrando e recordando 
o tempo que não  volta mais. 



Sobre a autora:




Claudinea da Silva Souza Casada 56 anos mãe, de três  filhos, cinco netos, nascida em 4 de outubro de 1962 em Laje de Muriaé, É Professora, graduada  em Pedagogia, Pós graduada em Gestão Supervisão Orientação e Inspeção. Escreve poesias nas horas vagas e é membro do grupo Retrato in verso, grupo de poeta que unem poesia, fotografia e emoção, no facebook e n o instagram.

     

Por que fazer parte de uma Roda de Leitura?


Roda de leitura, Pensamentos valem ouro, leitura coletiva, blog, imagem pixabay
Fotografia: Pixabay
Você faz parte de algum tipo de roda de leitura? Já participou de algum projeto coletivo (book tour, maratonas, desafios...) onde tivesse que ler junto com outras pessoas e depois colocar suas opiniões? Se sim, você já fez uma pausa para pensar sobre a importância dessa ação na sua vida enquanto leitor? E se não... Por que ainda não tentou, já se questionou?

Não estamos ilesos diante da leitura. Ela é parte de nós e nos insere no mundo. Faz com que busquemos o protagonismo de nossas vidas. E é por isso talvez, que a questão de ser ou não leitor esteja cada vez mais em discussão em nossa sociedade. 

O leitor vai além, consegue andar com suas próprias pernas e agir sobre o meio em que vive porque a leitura o possibilita olhar o que não é obvio. Ele lê nas entrelinhas. Já aquele que se afasta da leitura, olha e não consegue enxergar, pois lhe falta conhecimento para ver. Estar inserido em um ambiente leitor é então condição primeira para educar bem nossa sociedade! 

Mas não basta ler. É preciso mais. Correr os olhos sobre as linhas, conhecer uma história ou um poema não é o suficiente, precisamos pensar sobre o que foi lido, argumentar, trocar ideias. Conhecer as intenções do autor, e também nos indagarmos sobre nossas considerações sobre o que foi lido.

O pulo do gato da questão é que se questionarmos sozinhos podemos chegar a conclusões obscuras que nos mostram apenas dois lados da questão: a nossa e a do autor. Mas quando abrimos espaços para outras vozes, conhecemos um número sem tamanho de ideias e opiniões que nos ajudam a olhar e enxergar as diversidades do mundo. 

Roda de leitura, Pensamentos valem ouro, leitura coletiva, blog
Nas Rodas de Leitura temos este espaço. Primeiro um momento a sós com o autor/texto e nossos pensamentos e depois a confraternização das ideias e ainda a troca de lugares onde nos afastamos de nossas certezas para tentar compreender as certezas dos outros.

E sendo assim, fico aqui pensando... Que bom seria que em todas as escolas pelo menos um grupo de leitura fosse formado para partilhar essas e outras tantas ideias. Melhor ainda!!! Se cada grupo de amigos se reunisse para olhar com mais atenção esta ou aquela literatura. Não é preciso nem estar no mesmo espaço físico, porque hoje a internet nos presenteou com a possibilidade de estar em vários lugares do mundo sem sair de nossas casas. 

O que eu quero dizer com tudo isso, querido leitor, é que vale a pena ler e se reunir com seus amigos para pensar sobre o mundo que vocês querem para suas famílias e filhos. E vale mais ainda pensar sobre isso tudo de mãos dadas com a literatura. 

Então, se você ainda não faz parte de uma Roda de Leitura, grupo literário ou algo assim procure um comece a escrever sua história com suas próprias ideias. Quem sabe amanhã não será você o incentivador de novos leitores!?


Recentemente pensando sobre todas estas questões me reuni com alguns amigos para dar voz às ideias. E daí surgiu a Roda Virtual de Leitura. Vamos ler e depois nos sentar para trocar ideias! E você, se quiser, é nosso convidado para esta reunião literária! Esta semana já começaremos nossa primeira leitura! vem com a gente! 

Roda de Virtual de Leitura - Grupo no Facebook
Vanessa Vieira, Blog Pensamentos Valem Ouro. Leitura coletiva, Roda de leitura
Clique na imagem

[Inscrições Abertas] 3ª Antologia Poética Flores Literárias

Olá queridos pensadores!

Hoje vim compartilhar com você uma novidade bem interessante! Você lembram do grupo Flores Literárias? Pois então, o Flores é um grupo lindo de artistas aqui na minha região que se reúnem mensalmente para espalhar poesias e histórias. 

Esta festa acontece há alguns anos e resultou em um trabalho lindo. Duas antologias poéticas que reúnem poemas e contos dos autores integrados ao projeto. A primeira festa foi linda e a segunda também. E, olha que bacana!! Teremos mais uma edição no ano de 2019.

Flores Literárias, Antologia Poética, Poesias, contos, cultura, Escritores região dos lagos, poesia, blog Pensamentos Valem Ouro


E você querido amigo, pode participar desta linda coletânea já que o projeto é aberto e busca sempre novos autores para conVersar!

O lançamento desta edição da Antologia está previsto para a 4ª (quarta) Edição do Festival Literário Cabofriense (FLIC) que acontece no mês de Julho.

E aí, nos veremos por lá? Abaixo deixei mais informações de contato! 


Da inscrição:

As inscrições já estão abertas e vão até o dia 10/04/2019


Como fazer?
Entre em contato com a organização. 
E logo você receberá mais informações sobre o edital, valores e outros termos. 
Segue abaixo os contatos

 E-mail: floresliteráriascabofrio@gmail.com 
Andrea Rezende: 21 97128 2725 
Jaqueline Brum: 22 99916 6650

Top 5: Livros escritos por mulheres que você vai gostar de ler

obras femininas, livros, blog literário, pensamentos valem ouro, vanessa vieira, literatura, dica de leitura


No dia 8 de Março comemoramos o dia Internacional da mulher. Um dia ondem paramos para lembrar àquelas operárias que uniram forças para lutar e também tantas outras que ao longo dos tempos vêm se conscientizando do poder e dos direitos que as mulheres tem e deveriam ter. 

alguns podem dizer que datas comemorativas podem ser apenas datas... Afinal, todo dia é dia de celebrar. Mas acredito que para além das problematizações estas datas nos dão a oportunidade de parar e refletir mais.Fazer um balanço sobre nossas atitudes sociais em relação ao que está sendo comemorado e quem sabe, mudar de atitude.

Pensando assim resolvi trazer para vocês hoje cinco obras que eu li, me emocionei e que, tenho certeza, vocês também poderiam gostar de ler. O mais bacana de tudo é que todas elas foram escritas por mulheres, as homenageadas do dia! 

Como vocês puderam notar nos posts anteriores, minha vida nos últimos dois anos deu uma virada radical, me tornei mãe, esposa, dona de casa e tudo isso foi somado à Vanessa leitora, professora e aprendiz de poeta que você já conheciam. 

Pois bem... Agora tudo sobre a luta feminina, faz ainda mais sentido. Porque mesmo tendo tantas funções, eu continuo sendo uma pessoa só, com os mesmos sonhos, desejos e certa de que não posso me deixar ser anulada pelas responsabilidades da vida. E como fazer isso sem uma boa dose de literatura!

As autoras escolhidas cada uma a seu tempo, do seu jeito, acabam por conversar entre si. Falam sobre a resistência feminina, sobre a essência de ser mulher, sobre as poesias e escolhas da vida.

Bem, para início de conversa chamo para a roda o queridinho da minha estante: A hora da Estrela, escrito pela Clarice Lispector.

Blog pensamentos valem ouro, Dica de leitura, dia internacional da mulher, livro escrito por mulheres, Clarice Lispector
Foto: Vanessa Vieira
Toda vez que menciono este livro uma enxurrada de sentimentos me inundam. Macabea, nos traz um comportamento tão desconfortante e ingênuo que chega a doer os ossos. Mas ao mesmo tempo, com esta mesma ingenuidade nos traz lições incríveis de vida. Não é toa que é um dos livros mais mencionados da Autora. 




O segundo queridinho convidado é bem mais recente que o primeiro, mas tem causado rebuliços nos leitores. Mulheres que não sabem chorar, escrito por Lilian Farias

Blog pensamentos valem ouro, Dica de leitura, dia internacional da mulher, livro escrito por mulheres, Lilian Farias
Foto: Vanessa Vieira
Até hoje quando lembro das histórias que Lilian nos traz neste livro me arrepio. Um sentimento muito parecido com o da obra anterior. Marisa, Olga, Ana e Verônica representam muitas mulheres pelo mundo a fora que gostariam apenas de ter seguido seu primeiro desejo na vida. Vítimas, das vítimas elas nos mostram que sim, mesmo quando não há mais jeito, é preciso continuar lutando!




Continuamos nossa Conversa relembrando das Confissões de Leila Márcia, escrito pela queridíssima Rosana Andreia!

Blog pensamentos valem ouro, Dica de leitura, dia internacional da mulher, livro escrito por mulheres, Rosana Andrea
Foto: Vanessa Vieira

Que personagem incrível! Confesso que no início achei que Leila seria mais uma daquelas mulheres que se acomodam com a vida deixam o caos se instalar e quando tudo está por um fio pulam do barco e nem olham para traz. Mas não! Ela soube lutar pelo que era seu. Pulou para dentro do barco e tomou o leme nas mãos, nos mostrando um outro lado da história da resistência feminina!



Já estamos caminhando para o final da postagem e apresento a vocês A felicidade é uma escolha  escrito pela Ceiça Schettini.

Foto: Vanessa Vieira

Não, não! Não é um livro de auto-ajuda, é um livro leve que reúne pequenas crônicas sobre escolhas, da vida, experiências, sensações. Ceiça nos leva para um lugar mágico e nos mostra que escolher ser feliz, não está assim tão longe quanto parecer ser. Me encantei com este livro desde a primeira linha e até hoje carrego-o em minha cabeceira. Uma obra singular! 


Minha ultima escolha para esta conversa e, não menos importante, é a obra Encaixes, da minha querida amiga, já falecida, Carmen Silvia Presotto

Foto: Vanessa Vieira

Neste livro Carmen nos traz os poemas da vida. Ela permeia por todos os temas e com uma sutileza sem tamanho nos faz bailar entre versos e rima. Carmen era amiga das palavras e as palavras lhe retribuíam este carinho em forma de versos! Não tem como não se encantar!


E você, já conhecia algum dos livros citados? Que outras literaturas escritas por mãos femininas você nos indicaria a leitura, compartilhe suas ideias nos comentários. Ficarei feliz em ler! 

Até breve!!

Você já parou para ler as imagens?

No post de hoje temos algo especial. Como comentei com vocês há alguns dias (aqui) estou fazendo um curso de Mediação de Leitura. Os temas abordados são bem interessantes e as discussões infinitas. 

O Módulo 7, Mestre e Doutora em Educação Tânia Maria Souza França, trata de  leitura, arte e educação. E uma das vertentes nos leva a pensar sobre a leitura das imagens. (Você já parou para pensar sobre isso?) Pois é, Como nos dia a autora são muitas as imagens que permeiam nossos dias e muitas vezes nem sequer paramos para lhes dar a devida atenção.

"Vivemos cercados, impregnados de imagens e, no entanto, ainda não sabemos quase nada da imagem. O que é? O que significa? Como age? O que comunica? Quais são seus efeitos prováveis – seus efeitos inimagináveis?"
Roland Barthes - Citado no material de estudo acima referido 
Eu ficaria aqui falando de todos os pontos abordados durante este módulo, mas prefiro deixá-los curiosos e desejosos de fazer o curso. Já digo logo, vale muito a pena!! ( Inscreva-se)

Pois bem, no final do fascículo a autora nos apresenta a pintura Ciranda, arte de Milton Dacosta, pintor, desenhista, gravador e ilustrador brasileiro.  E, como execício, nos propõe a observar imagem e fazer algumas reflexões auxiliados por algumas questões norteadores. Posteriormente  devemos deixar fluir nosso potencial criativo partindo das influências que tivemos durante a leitura. 

CIRANDA - Milton Dacosta, leitura de imagens, Pensamentos Valem ouro, Vanessa Vieira, poesia, blog literário
 “CIRANDA”. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: . Acesso em: 17 de Nov. 2018. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7

Neste caso o meu potencial criativo fluiu para uma poesia. E bem nostálgica me relembrei da minha infância. São elas que compartilho com você nas linhas abaixo:

Saudade daquela ciranda

Olha lá, quem diria!
Em meu tempo 
toda ciranda era festa!

Os dias corriam longe...
e as tardes pediam 
tempo para canções!

Entre uma e outra cantiga 
sobrava era tempo 
para conVersações.

Menino, Menina...
Crianças, adultos e moços...
Não havia divisão.

Quem perto chegasse 
entrava logo 
na diversão. 

A empatia era forte!
Vizinho, era família
e a rua,o parque de diversão!

Quem me dera!
voltar hoje no avanço do tempo
e partilhar de novo tamanha emoção!!

Vanessa Vieira 


Bem, e você? Parou para observar com atenção a imagem? O que você vê? Sente alguma coisa? Ela te lembra algum lugar? Compartilhe nos comentários suas impressões. 

Ps.: Esta atividade me encheu de ideias e loguinho elas vão pipocar por aqui. Aguardem! 


Você conhece a ABL?

Olá Gente linda! Seguimos com novidades por aqui!

Durante todo o mês de janeiro e até meados de fevereiro teremos aqui em Búzios na Praça Santos Dumont uma linda feira de Livros coordenada pela Associação Brasileira do Livro. A feira acompanha as atividades do Círcolo de Criação, escola de circo aqui da cidade e conta também com o apoio da Prefeitura.

Resolvi trazer o tema aqui, pois qualquer atitude que nos leva à leitura e aos livros me encanta. Então não poderia deixar de compartilhar com vocês o que descobri sobre esta organização. 



A ABL nasceu de uma ideia em abril de 1955, quando um vereador carioca expôs seus livros em uma barraca armada em frente a Câmara Municipal. Alguns livreiros admirando a iniciativa resolveram num grupo de seis aproveitar a ideia.
Tempos depois fizeram uma mostra semelhante em condições bem precárias, porém a exposição acabou se transformando num sucesso de vendas.
Em outubro do mesmo ano, foi organizada a “1ª Feira do Livro” com 42 barracas; lá mesmo na Cinelândia, desenhadas pelo sócio/ fundador Antonio Severo de Sant’anna.
Fonte: Site ABL 

O mais bacana da feira atualmente o fato de todos os livros serem vendidos à preço popular. Encontramos obras interessantíssimas a partir de R$ 5,00. E os livros são bem novinhos. Ou seja, um prato cheio para o leitor que quer mais títulos em sua estante e, claro, na suas cotas de leitura.

Há títulos para todos os gostos. Como estou bem atrasadas com as leituras que tenho aqui resolvi não adquirir muitos livros para mim portanto, dessa vez meus olhinhos brilharam para os livros infantis. Trouxe quatro livrinhos para o meu pequeno leitor e ele curtiu muito a novidade. Deixo abaixo as fotos para vocês verem a qualidade dos livros. 

Foto: Vanessa Vieira
Esses livrinhos com relevos são muito interessantes para crianças bem pequenas. A indicação é de dois anos, mas o pequeno aqui curtiu bastante as texturas dos monstrinhos e dos dinossauros. Sem contar que a história fica bastante divertida de contar. 

Foto: Vanessa Vieira

Trouxemos também esses livros sonoros. Lucas ficou empolgadíssimo quando viu que tinha som. Na verdade a cada vez que a criança aperta o botãozinho emite o som do animal correspondente. Estou ouvindo ovelhas e cabritas muitas vezes por dia. Deixo ele manipular bastante os livrinhos e sempre conto uma ou outra história. Por aqui é hora a hora da festa! Como disse naquele post sobre leitura para bebês, (este aqui)  O incentivo não pode parar. E estimular os pequenos desde cedo faz bem e forma leitores

Foto: Vanessa Vieira
Para mim, trouxe este título sobre Inteligência Musical, que muito me chamou a atenção. Ando estudando sobre os benefícios da música para nosso corpo e nossa mente. Então, não poderia deixá-lo passar!


Finalizando as informações sobre a Associação..

Procurando informações pelo site encontrei uma informação bastante útil, para você que trabalha em Escolas ou que constantemente está envolvido com eventos. Tem uma página específica para que você entre em contato com a organização da Feira para solicitar que ela vá até você. Na escola, no eu evento, na sua Universidade... Para isso basta preencher o questionário que eles deixam nesta página aqui : http://abralivro.com.br/solicitar-feira/


Tem muita gente curtinho e apoiando esta ideia.. 
E você, já conhecia a instituição? 
Ela já esteve ai na sua cidade? Conte pra gente!

Caso queira conhecer mais sobre a Instituição:
Site | Facebook



Dica: Curso Mediadores de Leitura

Olá pessoal!

Aos poucos vamos voltando as atividades por aqui..

Hoje trouxe para vocês uma dica muito valiosa. Recebi há algum tempo lá no Facebook o link de um curso que muito me chamou a atenção. Na descrição falava sobre a Formação de Mediadores de Leitura. Na verdade um estudo sobre quem seria este indivíduo e o que ele poderia fazer para ampliar perto de si a comunidade leitora. 

Assunto total de meu interesse portanto, logo me inscrevi e entrei de cabeça nas leituras. Resultado? Estou aqui para compartilhar com vocês a existência do curso e ainda convidá-los a entrar neste estudo comigo. Afinal coisas boas são para ser compartilhadas, concordam? 

Blog pensamentos valem Ouro, Dicas de curso, Formação de leitores, Mediadores de leitura
Imagem de divulgação do Curso - fonte: http://ava.fdr.org.br/

O curso é oferecido na modalidade à distância e de forma gratuita por meio de uma parceria entre a  Universidade Aberta do Ceará, a Fundação Demócrito Rocha, a Universidade Federal do Ceará e pela Prefeitura de Fortaleza. 


Quer saber mais? Segue abaixo a descrição do curso:

Sobre o curso:

"O projeto Curso de extensão GRATUITO Formação de Mediadores de Leitura, em EaD, com 160h, é composto de ações destinadas ao fomento da prática adequada da leitura em ambiente das escolas públicas, nas bibliotecas de acesso público (escolares, oficiais e comunitárias) e em espaços públicos e equipamentos culturais com o objetivo de fomentar a formação de mediadores de leitura e fortalecer ações de estímulo à leitura pelo fomento ao seu gosto, por meio da formação continuada em práticas de leitura para professores, bibliotecários, educadores sociais, contadores de histórias, agentes de leitura, entre outros agentes educativos, culturais e sociais; e democratizar o acesso ao livro e aos diversos suportes do estímulo à leitura também em bibliotecas de acesso público." 
Fonte: ava.fdr.org.br


E aí, Curtiu!? 

Então corre porque ainda dá tempo de se inscrever e participar. As leituras são leves e muito bem direcionadas. Os autores nos trazem reflexões bem pertinentes sobre o universo leitor e seus atores. Seja você também blogueiro, leitor, professor, aluno, pai, tio, vizinho um mediador de leitura! 


Já ia me esquecendo, Se você se matricular me avisa aqui! 
Quem sabe a gente se une pra conversar um pouco sobre as leituras! 

Bons estudos e até breve!
Até breve!!! 

Ação Cultural - ALACAF e CAJEF: Junte-se a nós!

Oi Gente! Ainda não contei a vocês com detalhes sobre minha posse na Academia de Letras e Artes de Cabo Frio. Mas em breve o farei prometo!

Hoje vim aqui convidá-los a participar de uma linda ação Cultural e literária!

Nós, da Academia de Letras e Artes de Cabo Frio (ALACAF) estamos buscando parcerias para promover uma ação cultural beneficente na ONG CAJEF. (Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz)
Blog Pensamentos Valem Ouro, Vanessa Vieira
Material de Divulgação ALACAF

A ONG fica na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro e está com uma campanha de volta às aulas. 

A intenção é a ajudar as crianças assistidas apadrinhando-as com um Kit Escolar e/ou um Livro infanto-Juvenil (pode ser usado em bom estado) para enriquecer a biblioteca da ONG  

Os kit são bem simples e toda ajuda é bem-vinda.

Kit 1- CRIANÇA:

• 02 cadernos pautados pequenos
• 01 caderno de desenho pequeno
• 01 cx com 12 lápis de cor
• 01 cx de canetinhas coloridas
• 01 cx de giz de cera
• 04 lápis comuns
• 02 borrachas
• 01 apontador
• 01 estojo


KIT 2 – JOVEM:

• 01 caderno de 10 matérias
• 04 lápis comuns
• 04 borrachas
• 02 apontadores
• 02 canetas azuis
• 02 canetas pretas
• 02 canetas vermelhas
• 01 régua 30cm
• 01 estojo

A ação será realizada no dia 18 de Janeiro de 2019, com início às 14h na ONG. Sei que o tempo Urge, mas não poderia deixar de compartilhar aqui. Porque acredito que mesmo depois do evento toda ajuda será bem vinda, então? Que tal se juntar e fazer uma criança feliz!? 

Um abraço a todos!

Pontos Diversos - Vanessa Vieira


Pontos Diversos

Nenhum traço,
mesmo que seja meu,
será como o primeiro!

tampouco as marcas
desta ou daquela folha
Seguirão o mesmo destino!

Posso fechar os olhos
E mesmo assim 
Estarei diante do diverso!

Sinto,constato! 
Há diversidade
Em todo espaço!

Vanessa Vieira

Você pode ler esta e outras poesias lá no projeto Retrato in Verso /@retratoinverso. 
Encha-se de poesia!

 

Curta também

Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas