P R O J E T O - R E T R A T O E S F E R A
[Fotografia]

Hoje vim conversar um pouco sobre fotografia. Vocês que me acompanham há algum tempo já sabem do meu amor por essa arte. Não posso ver um projeto bacana que preparo minha câmera e "simbora fotografar. 

Por conta deste amor fotográfico criei o perfil @photovanes, uma conta que possuo no Instagram onde sigo compartilhando alguns registros.

Mas o que isso tem a ver com aquele projeto ali do título?

Pois bem, por conta aqui do blog eu conheci a o Perfil da Milca Abreu (@Milcaabreu) que também é colaboradora aqui do blog. A Milca tem fotos lindas e, entre uma curtida e outra, eu vi uma postagem no perfil dela sobre o PROJETO -  R E T R A T O E S F E R A. Curiosa que só, fui eu perguntar a ela como funcionava e se tinha como participar também =P Acho que vocês já sabem o resultado né?


E o que é o projeto??

projeto fotográfico, instagram, fotografia, desafio, fotogragrafando, projeto retratoesfera, retratoesfera

  R E T R A T O E S F E R A 

É um projeto fotográfico desenvolvido pelo Tarcísio Santana (@santanatarcisio) que tem como proposta desafiar semanalmente os participantes a voltarem seus olhares para um tema fotográfico específico. As fotografias são enviadas  para um grupo  (top de linha do zap) e durante a semana são liberadas no perfil do projeto (@retratoesfera) mostrando como os participantes vem enxergado o tema vez.

Atualmente, depois que a semana do desafio termina. O Administrador verifica quais foram as quatro fotos mais curtidas da semana e faz um repost destacando as quatro e dando início assim ao nosso desafio.


   Eu me emociono toda semana com este povo. 
😍

São muitas fotos lindas para admirar e se inspirar. Estou  no projeto há Sete (7) meses e neste período  participei de basicamente vinte e um (21) desafios semanais. Sem dúvida é muito gratificante a gente conversar sobre os vários tipos de fotografia e além disso trocar ideias sobre as nossas próprias produções. Local de aprendizagem garantida e que não tem preço!

Alguns projetos pra você conferir!
 
projeto fotográfico, instagram, fotografia, desafio, fotogragrafando, projeto retratoesfera, retratoesfera
projeto fotográfico, instagram, fotografia, desafio, fotogragrafando, projeto retratoesfera, retratoesfera

Por que que eu falei do projeto para vocês?

👉Por que é desejo do meu coração que este projeto seja conhecido por mais pessoas!
👉Porque quem ama fotografia gosta de conhecer projetos novos e eu estou aqui para ajudar a divulgar!
👉Porque eu adoro desafios, como fale ali em cima e, também;
👉Porque gosto de compartilhar com vocês coisas que me deixam feliz.




 Clique e siga

 💙💙💙💙

Instagram dos Colaboradores

Adassa - @a.nisania | Amanda - @diariodefotosamanda | Ana Beatriz - @anabeatriz_nc| Dionisson - @dionisson | Filipe - @philipposbluesboy | Gabriel - @gabrielmellone
Jeniffer - @vi_arte | Jéssica - @_haveacigarrr | Lucas - @luucas_llima | Lucas MacAllyster - | @lmacallyster | Mayara - @mayyaraf| | Mauro - @mauro.ataide | Milca Abreu - @Milcaabreu | Natália - @_naticardoso | Rafael - @rafael2016.1 | Rafael (sunsetman) - @rafaelf3rreira | Raquel - @_raquellimas | Renan Souza- @reenansr | Tarcísio - @santannatarcisio |Vanessa - @photovanes 

( coloquei aqui todos os colaboradores do Projeto, alguns já não participam mais porém, 
fazem parte desta história! )
 

Então, se você tem um perfil no Instagram não deixe de passar para conhecer o Projeto se conhecer alguém que curte fotografia pode indicar também!  😎😎

Eu vou ficando por aqui. 
Vejo vocês em breve! 
😏

Momento Inspirativo #11



E então, você se vê perdida. Quer apenas gritar. Deixar que as lágrimas escorram e simplesmente por elas escorrerem para fora da realidade. Há uma imensidão de coisas que caem sobre os ombros, e a base, nós mesmos, é fraca demais para suportar. Eu sou fraca demais. É como tentar controlar uma ventania, segurar uma tempestade, sorrir em meio a tamanha dor. Porque dói. A alma clama por socorro. As pessoas circundam, dia após dia, afundando-a cada vez mais com suas dores e cansaços, e raivas após raivas. Você tenta sorrir, tenta ouvir, tenta ajudar. Mas tudo termina igual, não? Você move o mundo, mas o primeiro deslize é o fim das eras. É o peso de uma resposta, de um olhar ruim, de comentários sórdidos, de amizades desfeitas. E a gente ainda leva a maré que somos nós mesmos. Eu sou uma avalanche toda, para ser sincera. Quer algo destrutivo para mim? Eu. Me desmonto, desconcerto, jogo-me ao chão. Quebro-me própria ao meio. Lanço-me à amargura, por conta própria e abraço a solidão. Só que é coisa demais. Pesa ao ponto de que eu queria, de alguma forma, poder gritar. Mas eu tenho medo de incomodar as pessoas que estão a minha volta. Eu tento não causar estrago, me estragando inteira.

Café Poético - Luciana Raváglia


 Hoje nosso Café Poético está em festa. A querida colaboradora aqui do blog Luciana Raváglia, está comemorando mas um ano de vida. E trouxe para nós um flor poesia. Impossível não compartilhar aqui né! =D

Parabéns Luciana! Que suas primaveras se repitam por muitos e muitos anos! 
Vamos de poesia? 

Flores, luciana ravaglia, poesia, pensamentos valem ouro. blog literário, poemas, café poético
Foto - Luciana Raváglia

Com sua licença

Parafraseando Drummond

No meio do caminho tinha uma flor
Tinha uma flor no meio do caminho
Tinha uma flor
No meio do caminho tinha uma flor

Nunca me esquecerei desse acontecimento
Na vida de minhas retinas tão fatigadas
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
Tinha uma flor
Tinha uma flor no meio do caminho
No meio do caminho tinha uma flor.

Não importa as circunstâncias, floresça!

Luciana Ravávlia
💙💙💙

[novidade] Pensamentos Valem Ouro no YouTube

Pois então pessoal! É isso mesmo que você acabaram de ler. Perdi a vergonha fui pra frente da câmera! rsrs 

Eu já havia feito algumas experiências com o YouTube. Lembram da série poemas falados? Então, mas agora  além de dar continuidade à série decidi trazer pra vocês algumas coisinhas novas, para diversificar e ampliar nosso cantinho. 

Lá no vídeo eu explico um pouco sobre a proposta do Canal e falo sobre minha leitura revelação deste ano que foi o o livro "A vida Peculiar de um Carteiro Solitário!"




Já estou ansiosa para saber a opinião de vocês. 
Contem pra mim tudinho, o que acharam, querem mais vídeos? 

Até breve!
💖

Resenha: A Hora da estrela - Clarice Lispector

Título: A Hora da estrela
Autoria: Clarice Lispector
Editora: Rocco
Ano: 2008
Páginas: 88
Sinopse: A história da nordestina Macabéa é contada passo a passo por seu autor, o escritor Rodrigo S.M. (um alter-ego de Clarice Lispector), de um modo que os leitores acompanhem o seu processo de criação. À medida que mostra esta alagoana, órfã de pai e mãe, criada por uma tia, desprovida de qualquer encanto, incapaz de comunicar-se com os outros, ele conhece um pouco mais sua própria identidade. A descrição do dia-a-dia de Macabéa na cidade do Rio de Janeiro como datilógrafa, o namoro com Olímpico de Jesus, seu relacionamento com o patrão e com a colega Glória e o encontro final com a cartomante estão sempre acompanhados por convites constantes ao leitor para ver com o autor de que matéria é feita a vida de um ser humano.

Pra começar, uma observação, que já deveria dizer tudo. É Clarice Lispector e isso, por si só, já é motivo suficiente para lermos esse livro. Esse e qualquer outro dela. Clarice é uma Diva literária... 

Ok! eu seu que sou suspeita pra falar, porque sou muito, muito fã. A escrita dela é de uma delicadeza e leveza impressionantes. Mas ao mesmo tempo, que a forma de escrita é leve, suas histórias são de uma profundidade tocante. Tudo o que ela escreve é profundo, fala de sentimento e de alma.




A Hora da Estrela, conta a saga de Macabéa. A História é contada no livro, por Rodrigo, escritor, narrador. Mas Rodrigo também é personagem da história. Ao mesmo tempo em que conta a profunda e rasa história de Macabéa, vai pincelando também, sua própria história. Muitas vezes, ficamos em dúvida... Macabéa e Rodrigo são personagens de Clarice? Macabéa é personagem de Rodrigo? Ou será Macabéa, o próprio Rodrigo?

"Proponho-me a que não seja complexo o que escreverei, embora obrigado a usar palavras que vos sustentam. A história - determino com falso livre arbítrio - vai ter uns sete personagens e eu sou um dos mais importantes deles, é claro."

Macabéa, moça simples, vinda lá do Sertão, vem para o Rio de Janeiro e continua levando uma vida tão simples quanto a que tinha antes. Arruma um emprego razoável de datilógrafa. Divide um quarto com colegas razoáveis - trabalhadoras das Lojas Americanas - e assim, ela vai levando sua vidinha também razoável. Mas não ache que o livro se torna chato, por isso. Muito pelo contrário. É impressionante o quanto Macabéa não se dá conta de quão sem graça é a sua vida. Ela acha que é feliz, talvez infeliz, mas não sabe realmente o que quer dizer nenhuma das duas coisas...

"Maca, porém, jamais disse frases, em primeiro lugar por ser de parca palavra. E acontece que não tinha consciência de si e não reclamava nada, até pensava que era feliz. Não se tratava de uma idiota mas tinha a felicidade pura dos idiotas. E também não prestava atenção em si mesma: ela não sabia."

Venha ler sobre o relacionamento de Macabéa com Olímpio. Esse que dela, nunca quis nada, mas que ainda assim, se envolveu. Venha conhecer Glória, aquilo que mais próximo podemos chamar de amiga, de Macabéa. Venha rir e chorar com Macabéa. Se entregue e se delicie com a escrita de Clarice. Eu posso garantir que será incrível!!




Conheça o Aplicativo AMINO

 Nova Rede de Comunidades que tem chamado a atenção de muitos leitores e blogueiros 

Olá pessoal!

Há umas duas semanas que eu queria trazer este post para vocês, mas decidi me inteirar mais do assunto para não falar pela metade e trazer informações que fosse interessantes para vocês que, assim como eu, gostam de estar antenados nas novidades.
Foto Divulgação

Nosso tema hoje é o App AMINO. Uma espaço que tem unido leitores, músicos, poetas, escritores de todos os cantos do mundo nos smartphones com Android e IOS. 

Isso mesmo o Aplicativo é uma Rede Social que eu, peço licença para chamar aqui de "rede social móbile", porque por enquanto só podemos acessá-la por meio do celular. 

OK? Mas por que falar deste app aqui?? Simples, porque ele tem uma interface muito interessante e permite que seus usuário se reúnam a partir de seus próprios interesses. Sério! Dentro do aplicativo existem várias comunidades, criadas pelos próprios usuários, com temas diferentes e você pode participar daquelas que mais te chamam a atenção basta estar logado no aplicativo.

Agradeço muito à Nuccia do Blog 1001 Núccias que 
compartilhou sobre o app lá no Instagram. =D
Valeu Nu!

Uma coisa que você precisa saber antes de baixar o Aplicativo

Algumas comunidades já estão avançadas, então é possível que no Play store você consiga baixar direto o acesso para ela sem precisar saber da existência de outras comunidades. É o caso da Comunidade "LeitoresBR" Uma das maiores (e lindas) comunidades que existem por lá. (Parabéns aos organizadores) Porém, se você só baixar o App  Livros Amino para Leitores você terá acesso somente a esta comunidade. 

Amino, amini app, blog pensamentos valem ouro, comunidades, como usar o amino
Minha primeira experiência com o App foi por meio da Comunidade Leitores BR - Baixei neste link

Mas... 
Se você procurar um pouco mais e acessar o aplicativo principal 👉 Amino 👈Você vai ter acesso livre a todas as comunidades da rede, umas nacionais outras não. Mas vai poder entrar e sair de uma para outra como se estivesse trocando de páginas no Facebook. E, aos poucos, montando seu perfil ali dentro.

É bem simples depois que você pega o jeito. 

Amino, amini app, blog pensamentos valem ouro, comunidades, como usar o amino
Amino oficial - onde você terá acesso a todas as outras comunidades
Link para baixar aqui

Amino, amini app, blog pensamentos valem ouro, comunidades, como usar o amino, comunidades,
Algumas comunidades que participo
O interessante é que em cada comunidade você vai criando amigos, fazendo seus posts (blogs) e seu desenvolvimento (reputação)  vai se contabilizando pelo seu nível de interação em cada comunidade. 

Novo interativo e muito prático!

As comunidades têm uma área de post onde você pode: Blogar (criar um post sobre algo, Compartilhar um Link, blog site, facebook, youtube, Criar um favoritos, nesta opção você pode falar um pouco sobre seu autor, livro, editora para cada favorito você cria uma aba e assim vai montando o seu perfil.

Você também pode fazer enquetes, perguntas e claro, participar de alguns chats que rolam nas comunidades. 


Amino, amini app, blog pensamentos valem ouro, comunidades, como usar o amino

Diferente!? Sim e Nem tanto. Mas um espaço novo e interessante para continuarmos divulgando nossos trabalhos e conhecendo pessoas novas.  Ahh e você loguinho vai descobrir que há como sua própria comunidade. 

Só não vou explicar aqui porque vai estender o post, ( Fica pra uma outra oportunidade) mas você que é blogueiro atento, logo pega o jeito. 

Confesso que estava muito ansiosa para compartilhar essa descoberta com vocês, sei que para alguns não é mais novidade, mas enfim... Dicas, são sempre dicas. 

E por falar em comunidade... 

Amino, amini app, blog pensamentos valem ouro, comunidades, como usar o amino, comunidades
Foto: Vanessa Vieira

Criei por lá uma comunidade de interação entre blogueiros, um lugar para trocarmos ideias, tirar dúvidas sobre a blogosfera e continuar nos ajudando. Se você já tiver o aplicativo e se interessar basta procurar por Interação: Blogs Literários. 
E você que passou a conhecer o app agora e se animou com a ideia de conhecê-lo pode baixar o app neste Amino link e conhecer a comunidade neste link aqui

Espero que tenham gostado da dica. E que aproveitem o aplicativo! 
Eu estou adorando! 💙💚💖💜

Deixe nos comentários suas impressões sobre o App 
vou adorar saber o que acharam!


Até Breve!

Momento Inspirativo #10


E então, como é que faz? Como é que a gente segue em frente, quando não tem a menor força? Quando o chão é frio, os dias cansativos, as amizades perturbam e você é um mero peso no mundo. Ou, ao menos, se sente assim. É... Aqueles dias em que a onda traz todos os entulhos possíveis que estagnam em você. E você segura tudo com o coração aberto. Mas tão aberto, que ele afoga. Ele engasga. Chega a beirar o cessar das batidas. Ou, pretendia isto. Não, não é um relato suicida. Não é nada referente a uma morte real, prescrita juridicamente, como extinção da pessoa natural. Não é como se você fosse pular de um prédio. É como quando você quer deitar na cama, quietinha, por um dia todo, evitando o mundo. Uma vez li um trabalho sobre Jean-Jacques Rousseau, que resolvi interpretar do jeito que bem entendi, como sempre costumo fazer. Velha mania de plantar flores onde não há resquícios de jardim. Mas dizia que o homem se corrompia pelo contato social, que comicamente, é uma necessidade nata desse mesmo homem. Mais cômico? Quem é a sociedade se não nós mesmos? E quer saber o que isso soa? Loucamente, filosofando na filosofia, e plantando um jardim inteiro por meio das pedras. Tirando o que não há e reconstruindo todo um sentido: me corrompi comigo mesma. E que os doutores da filosofia não levem a mal toda a minha ironia.

Momento Pipoca: Você de Novo

E aí pessoal! Tudo bem com vocês? Demorei mas estou aqui de novo... Como diz aí no título, hoje vim indicar mais um filme. O qual, volta e meia, passa na Rede Globo de Televisão. Quem aí já ouviu falar de "Você de Novo"?






A família de Marni (Kristen Bell) tem muitas novidades pela frente. Depois que ela comunica a todos que foi promovida no trabalho, acaba descobrindo que a futura cunhada (Odette Yustman) era a inimiga nº 1 que infernizou sua vida na escola. Agora ela só pensa em fazer alguma coisa para impedir este casamento, apesar de sua mãe (Jamie Lee Curtis) insistir que ela deveria deixar tudo de lado. Até o momento em que as duas descobrem que a mãe (Sigourney Weaver) da futura nora também era um osso duro de roer. E agora? Esse casamento sai ou não?


Neste filme conhecemos a história de quatro mulheres, ou melhor, duas famílias que disputavam entre si quem que era a melhor. Com foco direto em Marni uma mulher que foi infernizada no ensino médio pela Joanna que deixou sua vida um caos com tanto bullying que teve.

O tempo passou e Marni acaba descobrindo que seu irmão irá se casar com sua maior inimiga. Não esquecendo de seu passado, Marni resolve desmascarar Joanna expondo toda a verdade para seu irmão, mas o que Marni não esperava é que tudo havia mudado.


Esse é aquele tipo de filme que você se diverte muito assistindo. Confesso que já vi passar umas quantas vezes na Globo e quando passou pela última vez me surgiu a ideia de vir indicar aqui para vocês.



Os personagens são tão cativantes que não tem como não nos identificarmos com eles e além de acompanharmos o desfecho dos acontecimentos, vemos que esses fatos transcendem as gerações de ambas as famílias.

Como de costume não vou falar muito, pois sempre é acredito que é bom assistirmos sem termos muito detalhes dos acontecimentos e assim quem sabe adoramos...

Se eu fosse avaliar esse filme sem sombra de dúvidas seria cinco estrelas, favoritado. Espero que gostem de minha indicação.


Em geral é isso! Em breve voltarei para indicar mais filmes ou quem sabe trazer mais uma resenha para vocês. Não esqueçam de comentar e acompanhar o Pensamentos Valem Ouro... Até a próxima. 

Tchaau

Que livro você indicaria sem medo?

Esta semana, fiz uma pergunta para os colaboradores aqui do Blog. Fiquei super feliz com as respostas. Por isso, resolvi fazer uma surpresa para eles.


A pergunta era justamente esta que está no Título do post. Solicitei que eles mencionassem um livro que indicariam de olhos fechados. Eu sei e vocês também sabem que os gostos variam né? Mas sempre tem aqueles livros que acertam em cheio nossos corações. E sugestões, dicas, sempre são bem vindas. Ainda mais em tempos de Black Friday não e mesmo? hehe 

Então, Vamos conferir as respostas?

 Juliana Rovere

  👉 EU TE DAREI O SOL 👈
 Jandy Nelson



Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia. Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.







Vanessa Ribeiro

  👉 HISTÓRIA SECRETA 👈
 Donna Tartt



Donna Tartt surpreende pelo talento com que combina a densidade psicológica e o vigor poético de um texto clássico com a trama complexa e o ritmo alucinado dos melhores romances policiais contemporâneos. Quem conta a história é Richard Papen, garotão da ensolarada Califórnia que consegue ser admitido na seleta Hampden, uma universidade em Vermont freqüentada pela elite norte-americana. Richard imagina ter atingido o Olimpo ao entrar para o círculo mais privilegiado daquela universidade. Cinco alunos, sofisticados e originais, selecionados por um mestre erudito e carismático, dedicam-se ao estudo da Grécia antiga. A eles junta-se o narrador, para participar da busca da verdade e da beleza, entre festas orgiásticas e finais de semana numa antiga casa de campo, regados a muito álcool e discussões filosóficas. A loucura desmedida certa vez termina numa orgia cujo ponto culminante é um ato de violência inominável e o suposto aparecimento do próprio Dioniso, numa de suas diversas manifestações. Quando descobre a terrível verdade, Richard envolve-se numa cadeia de segredos e cumplicidades, num encadeamento de medos e inseguranças que leva o grupo a cometer um ato ainda mais terrível. Melancólico e irônico, este é um romance feito de terror e prazer, remorso e decepção. Com ele, Donna Tartt revelou-se uma grande escritora já em seu livro de estreia.



MARCELLE NADER

  👉 FUGITIVOS 👈
Carlos Barros



De onde vem a amizade? O que é necessário para se ter uma vida melhor? Caio, um carioca de 15 anos, perdeu os pais em uma tragédia e foi morar com a avó em Belo Horizonte. Cheio de traumas, causados pelo incidente que vitimou sua família, ele não tem mais desejo de retomar sua vida. Fernanda, de 15 anos, protege seu irmão Jonas, de 11 anos, do temperamento violento do pai. Ela se apaixona por Caio, e este por ela. O sentimento que nutrem, será o catalizador de uma briga que colocará em risco a segurança dos dois. Gabriel, de 17 anos, e Bianca, sua irmã de 5 anos, perderam a mãe, por ela ser viciada e ter sofrido uma overdose, e o pai está preso. Ficam sob a tutela da Justiça e do irmão mais velho, de 20 anos, que apoia o pai em planos escusos para melhorarem de vida. Em Fugitivos, acompanhamos o amor nascer entre Caio e Fernanda, e a força da amizade que surge entre os cinco jovens, de forma tão intensa, que o drama de cada um deixa de ser individual e passa a ser de todos. No momento em que suas histórias se misturam, eles precisam fugir para salvarem suas vidas. Nessa corrida emocionante, que atravessa os estados de Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco, mais de dois mil quilômetros, iremos descobrir seus sonhos, seus medos, suas tristezas e suas alegrias, tudo envolto por muito suspense, perigo, romance e reviravoltas surpreendentes.


Eu também deixei minha resposta né!😉


VANESSA VIEIRA

  👉 EU SEM VOCÊ 👈
Kelly Rimmer
Skoob | Resenha no blog Um baixinho nos livros



Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco. Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah. Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la.Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer. Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida. Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história. |||| Lilah - 7 de setembro Há uma coisa – e somente uma – que preciso lembrar: a maneira como me sinto esta noite. Caí de paraquedas nessa relação com Callum. Tenho me deixado levar, permitindo que a química entre nós nos guie, pensando que podemos fazer bem um ao outro. Quando nos encontramos por acaso na George Street, pensei que se eu acreditasse em “é para ser”, então era isso que era para ser. Eu me imaginei contando à minha mãe sobre como eu tinha tentado fazer a coisa certa e poupá-lo das complexidades da minha vida e que, então, ele simplesmente apareceu do nada bem na minha frente, logo no dia seguinte. Ela faria aquela cara de velha sábia que gosta de exibir para seus alunos e alegaria que o Universo estava tentando me dizer alguma coisa. Eu riria dela, mas, secretamente, adoraria, porque era naquilo que eu queria acreditar também. Mas, apesar dos protestos de Callum de que era um solteiro convicto, tudo o que eu via quando olhava para ele era alguém que queria amar e ser amado. Estamos nos apaixonando. A relação ainda está engatinhando, mas toda vez que nos vemos as palavras fluem e os sentimentos as seguem. Cada dia que eu prolongo isso apenas torna tudo mais difícil.
 

E ai? Já leram ou têm vontade de ler alguns dos livros indicados? 
E você que livro você indicaria sem medo. Conte para nós!

Até mais!!


Café Poético - Andréa Rezende


Vamos de Café Poético? 

A poesia de hoje está por conta da Poetisa Andréa Rezende. Autora do Livro Lira Minha, lançado em julho desde ano. Infelizmente não pude estar presente, mas tive notícias de que foi um evento singular. 

Fique bem feliz quando a Andrea aceitou o convite para a coluna e tenho certeza que vocês vão gostar do trabalho dela. Mas vamos deixar de papo e conferir o poema escolhido? 


A Andréa me enviou alguns poemas para selecionar e trazer pra vocês. Gostei de todos, mas e este, Mar e lua, em especial tocou meu coração. Decidi trazê-lo sozinho e em outra oportunidade posto os outros para compartilhar com vocês. 😏

Mas lembram que eu falei do livro lançando este ano? Então, segue abaixo algumas informações sobre ele e sobre a autora:


SOBRE O LIVRO

 
 



Lira Minha é um livro com 71 poemas que versam sobre os mais diferentes temas, ainda que, tantas vezes, harmônicos entre si. O livro vem acompanhado de um áudio em que 40 dos poemas são declamados num trabalhoso primoroso entre piano e locução, estendendo a beleza poética da obra e nos possibilitando resgatar a arte da poesia declamada que tanto sensibiliza e emociona.





 SOBRE A AUTORA


 Andréa Rezende nasceu em São Gonçalo, Rio de Janeiro, em 31 de agosto de 1975 e reside há três anos em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. Formada em Letras pela  Uerj e especializada em Literaturas contemporâneas, é professora, escritora e  poetisa, tendo poemas publicados em antologias e premiações como o 3° lugar no Festival de Poesia em Lisboa, no presente  ano. Além disso,  é  uma das fundadoras do grupo literário Flores Literárias, na cidade de Cabo Frio.
Atua como agente de leitura numa Escola  Estadual , em São Pedro da Aldeia e como professora formadora em cursos de formação continuada na Secretária Municipal de Educação de Cabo Frio, onde ministra vários cursos, palestras e oficinas na área de Linguagens, Literatura e Comunicação , além da participação em várias mesas redondas, seminários e debates.
A Literatura existiu desde sempre na sua vida, a partir dela, uma vontade grande de também fazê-la, de ser  Literatura. Dentro dessa arte, a poesia foi o gênero que capturou completamente o seu coração. Sempre  escreveu  e leu muito também  outros gêneros, mas a poesia, desde o início, foi onde se viu, se espelhou, uma espécie de reencontro consigo mesma.  É esse  lirismo a  própria expressão e também a extensão do seu universo.
💝💝💝

 Este foi o nosso Café Poético de hoje minha gente! Espero que tenham gostado. 
Muito obrigada por sua Participação Andréa! 


 ____________________
E você quer ver seu trabalho aqui no Café Poético?

Envie um E-mail para pensamentosouro@gmail.com com seu poema e uma minibiografia. Logo que possível retornaremos sua mensagem! Vem!

Resenha: Selvagens - Don Winslow


Título: Selvagens
Autor: Don Winslow
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 288
ISBN: 9788580572292

Skoob 
Sinopse: Ambientalista e filantropo nas horas vagas, Ben comanda um negócio de venda de maconha em Laguna Beach. Ao lado de seu parceiro, o ex-mercenário Chon, ele fatura lucros consideráveis e mantém uma clientela fiel. No passado, quando seu território foi invadido, Chon tratou de eliminar a ameaça. Agora, porém, eles parecem estar diante de uma força da qual não podem dar conta: o Cartel de Baja, do México quer tomar a região e avisa que não irá aceitar uma negativa como resposta. Quando os dois amigos se recusam a recuar, o cartel reforça a advertência sequestrando Ophelia, companheira e confidente dos rapazes. O sequestro deflagra uma gama alucinante de negociações habilidosas e reviravoltas inacreditáveis, que deixarão os leitores ansiosos para descobrir o custo da liberdade e o preço de um grande barato. Uma engenhosa combinação entre o suspense carregado de adrenalina e a reportagem policial, Selvagens é um thriller alucinante, escrito por um mestre do gênero no auge de sua carreira. 

Selvagens não é um romance. Não é agradável de ler. É uma verdade. Nua... Crua... Mas nem por isso, menos interessante. Foi para mim uma leitura extremamente fascinante, de uma realidade dura, que não conheço, mas que adorei ler. 

O livro é pesado. Drogas, sexo, sequestro, violência, cartel de drogas, tortura, morte... Sangue. Muito, muito sangue! Não é uma leitura para qualquer um. Sem dúvida uma Leitura não indicada para menores!!! E o livro começa assim, de um jeito bem doce....

A trama vai contar a história de Ben, Chon e O. Os três vivem uma relação muito liberal, muito aberta. Mais ainda assim, de muito amor. Os meninos têm um negócio de drogas. Eles vendem a melhor maconha do mundo. Ela... Bem, O. gasta o dinheiro que eles ganham. E eles não ganham pouco. E ela gastava na mesma proporção.

"Então, um dia eles estão sentados na areia e começam a  especular sobre o futuro.... Eles não querem atuar em filmes pornôs nem produzi-los. Meta: produzir a melhor maconha do mundo."

Meio sem querer, eles se veem envolvidos com um poderoso cartel de drogas mexicano, que quer que vender a maconha produzida pelos meninos. Obviamente, nos termos deles. A partir dai, seguem-se muitos tiros, extrema violência e é tanto sangue, que parece que vai escorrer pelas páginas do livro.

Mas o livro ainda tem muita coisa legal de ler. Não é só sangue não. As cenas de sexo são bem quentes. Existem muitas partes divertidas no livro, principalmente no sarcasmo de Chon. E o contraditório coração mole de Ben, o grande traficante de drogas, é de enternecer o nosso coração. 

Ben, que ganha tanto dinheiro, fabricando e vendendo maconha de 1ª qualidade, some no mundo pra participar de missões humanitárias. Ele ajuda os mais necessitados, em qualquer parte do mundo em que eles estejam.

"o garoto tem mesmo uma tendência a cuidar dos problemas das outras pessoas em vez de cuidar dos seus. Ben tem o que eles chamam de consciência social.... A cada poucos meses, salva algum grupo de pessoas de alguma coisa.... Ben distribui sua riqueza."

Não dá pra falar muita coisa, sem dar spoiler. Mas é certo de que ao ler, você vai se horrorizar, surpreender, entristecer, rir, amar... Ainda que uma certa passagem do livro (que diz respeito as lojas em que O. faz compras - leiam e me contem!), tenha me deixado com raiva, pela completa desnecessidade, eu recomendo e muito a leitura. 

Um livro pra ser lido rapidamente. É sempre interessante conhecer todas as facetas da vida... Não só as bonitas... Ah... E tem filme também, mas sobre ele não posso opinar, porque não vi. Pra quem viu, me conte como é!! 

Até a próxima! Beijos pra vocês!



[Illuminare] Seletiva dos Melhores Contos - PARTICIPE

Olá Pessoal! Hoje vim compartilhar com vocês mais uma novidade da Editora Illuminare! Isso, isso, isso! A editora está com novas seletivas abertas e você pode ser um autor publicado em uma destas coletâneas. Já imaginou?


Vejam os temas que a editora propôs para as antologias:


LIVRO 1
Reis e Rainhas: Contos Medievais
 

Princesas, historias de amor, aventuras, dramas, espadas e templarios.
Adentre na Idade Média e AVENTURE-SE.


LIVRO 2
Anjos e Demônios: Contos Fanstásticos



Fadas, bruxas, vampiros, poderes, magia, anjos bons e maus, demônios românticos ou avassaladores. Entre no mundo da FANTASIA e escreva seu conto.


LIVRO 3
  Hauting e Poltergeist: Contos de Fantasmas e Assombrações


Manifestações paranormais, espíritos mal resolvidos, assombrações, casas mal assombradas, paracinesia, psicografia...

Seja CORAJOSO e escreva um conto para ASSOMBRAR o leitor.

Os melhores contos de cada antologia poderão ser escolhidos para "Prêmio Melhor Contista/2016" recebendo a publicação de um livro de sua autoria com lucro na venda dos exemplares.

Saiba como Participar
veja os editais no link abaixo


Editora Illuminare
Brasil/Argentina
Destacando grandes livros, divulgando novos autores

💖💖💖

Resenha: Por que fazemos o que fazemos? - Mario Sergio Cortella

Olá gente linda! Vamos de resenha!? A dica de hoje é de um livro muito especial, tenho dito nos últimos dias que não fui eu quem o escolhi, mas sim ele que me escolheu. Quer saber mais? Vem!

Resenha, leituras, livros, Mario Sergio Cortella, Blog pensamentos Valem Ouro, Vanessa Vieira, Editora Planeta de livros,
Título: Porque Fazemos o que fazemos: aflições vitais sobre trabalho carreira e realização
Autor: Mário Sergio Cortella
Editora:Planeta
Ano: 2016
Páginas: 176

ISBN: 9788542207415
Sinopse: Bateu aquela preguiça de ir para o escritório na segunda-feira? A falta de tempo virou uma constante? A rotina está tirando o prazer no dia a dia? Anda em dúvida sobre qual é o real objetivo de sua vida? O filósofo e escritor Mario Sergio Cortella desvenda em Por que fazemos o que fazemos? as principais preocupações com relação ao trabalho. Dividido em vinte capítulos, ele aborda questões como a importância de ter uma vida com propósito, a motivação em tempos difíceis, os valores e a lealdade – a si e ao seu emprego.
O livro é um verdadeiro manual para todo mundo que tem uma carreira mas vive se questionando sobre o presente e o futuro. Recheado de ensinamentos como “Paciência na turbulência, sabedoria na travessia”, é uma obra fundamental para quem sonha com realização profissional sem abrir mão da vida pessoal.

"Estresse você só consegue evitar 
se compreender o motivo para fazer  que está fazendo."
(p.8)

Pois é já comecei com citação. E explico o motivo. Neste livro Mario Cortella nos traz várias reflexões sobre os sentidos da vida. O foco está voltado para a questão do trabalho, quem sou, o que faço e por que faço dentro do meu local de trabalho. Porém todas as perguntas e questões tratadas pelo autor se estendem para a vida de uma forma geral. Porque no fundo fala de uma identidade que querendo ou não estamos sempre buscando. 

Ao longo dos capítulos são propostas questões sobre motivação e sua origem, valores, propósitos, ética, rotina, tempo e sobre o próprio trabalho. Cortella vai nos conduzindo de forma prática a pensar sobre questões que vivenciamos diariamente e que às vezes não nos damos conta e sobre este aspecto nos alerta. 

"Ou construímos o nosso mundo 
ou não há como existir" 

Somos alertados sobre o cuidado para não deixar que a vida se torne algo mecânico. O autor aborda sobre a importância da Rotina, mas desvincula completamente sua relação com a monotonia que por sua própria característica acaba gerando uma certa alienação. 

"A monotonia é a morte da motivação"

Outro ponto que o autor aborda e que considero muito importante é a necessidade que o ser humano possui do reconhecimento e do desafio. Quando nos propomos a realizar algo por mais que não esteja claro para nós há um desejo de ser notado. afinal ser só mais um no meio da multidão não é o ideal de ninguém. Há a necessidade de um retorno. Precisamos dar sentido ao que fazemos. 

Já o desfio por si mesmo se explica. Ele é  encanto que ressignifica os sentidos. A falta de propósito ou metas leva diretamente à desistência e à desmotivação. 

"Quando alguém perde o encanto, que não é o encanto da novidade, 
mas o da vitalidade, começa a desistir."

Há ainda vários pontos que eu destacaria aqui, mas acho que já deu pra ter uma ideia sobre a obra. Sou suspeita para falar do autor, pois gosto muito da forma como ele escreve e traz leveza há alguns temas por vezes tão maçantes. 

Gostei da organização da obra, as informações no texto vão somando e vamos construindo ideias e reflexões sobre o que é abordado. 

Resenha, leituras, livros, Mario Sergio Cortella, Blog pensamentos Valem Ouro, Vanessa Vieira, Editora Planeta de livros,

A capa foi uma incógnita pra mim no início, mas logo captei a mensagem e curti bastante diga-se por sinal. A leitura flui, não é algo que te prenda por muitos dias a menos que você queira levar para o lado do estudo e ler os capítulos de forma pausada. Não encontrei nenhum erro de revisão e gostei do papel e da fonte utilizada. Nota dez para a editora e para o autor. 

E já que iniciei falando sobre a importância do livro pra mim acho que posso terminar dizendo que realmente foi uma leitura produtiva, no meu caso um encanto pela novidade e pela vitalidade.Foi bacana pensar e refletir com o autor sobre os sentidos de existir. 

Favoritando aqui em baixo, porque este livro merece!

Mario Sergio Cortella
Sobre o autor 
Mario Sergio Cortella possui graduação em Filosofia pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira (1975), Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989), sob a orientação do Prof. Dr. Moacir Gadotti, e Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1997), sob a orientação do Prof. Dr. Paulo Freire. Atualmente é professor-titular do Departamento de Fundamentos da Educação e da Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, na qual está desde 1977, tendo nela atuado por 32 anos no Departamento de Teologia e Ciências da Religião; é membro-conselheiro do Conselho Técnico Científico Educação Básica da CAPES/MEC (2008/2010). Foi Secretário Municipal de Educação de São Paulo (1991/1992) e tem experiência na área de Educação, com ênfase em Currículos Específicos para Níveis e Tipos de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação libertadora, ética, multiculturalidade, antropologia filosófica, epistemologia e currículo.

Editoras parceiras, Blog Pensamentos Valem Ouro, blog literário

8 on 8 - Magia


E hoje é dia de fotografia! No dia certo! hehe Acho que poucas vezes consegui postar no dia, mas estamos aí! Mês passado eu não tive como trazer o 8 on 8, porém como dizem por aí o bom filho à casa torna. Logo, eis-me aqui! 

O tema escolhido para Novembro foi Magia. Eu achei muito interessante, mas confesso que demorei para escolher as fotos. Diante da dúvida fui lá olhar o significado da palavra e olha o que eu encontrei:

Magia
substantivo feminino
1.
arte, ciência ou prática baseada na crença de ser possível influenciar o curso dos acontecimentos e produzir efeitos não naturais, valendo-se da intervenção de seres fantásticos e da manipulação de algum princípio oculto supostamente presente na natureza, seja por meio de fórmulas rituais ou de ações simbólicas.
2.
p.ext. qualquer procedimento mágico, fantástico.
Diante deste esclarecimento resolvi ir para o lado subjetivo da coisa, ou do substantivo. (hehe) E então, selecionei algumas fotos da natureza, algo que para mim é simplesmente fantástico e que, por mais que a gente tente, nunca vaamos conseguir explicar as reações que ela nos provoca. Acertei? 

Bem chega de papo e vamos às fotos!? 

photovanes, gatos, 8on8, natureza, bichinhos, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia

photovanes, gatos, 8on8, natureza, bichinhos, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia

photovanes, folhas, 8on8, natureza, galhos, árvores, céu, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia

photovanes, flores, folhas,  8on8, natureza, galhos, árvores, céu, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia


photovanes, folhas, 8on8, natureza, galhos, árvores, animais, insetos, joaninha, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia

photovanes, folhas, 8on8, natureza, galhos, árvores, céu, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia


photovanes, flores, folhas,  8on8, natureza, galhos, árvores, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia

photovanes, paisagem, folhas,  8on8, natureza, galhos, árvores, céu, vida, vanessa vieira, fotografia, vanessa vieira fotografia

É isso pessoal! Como vocês viram peguei a natureza no aspecto geral, espero que tenham gostado. Dessa vez eu curti bastante (hehe) Me digam aí qual a foto que mais gostaram e se gotaram da seleção. 

Ah, se você pesquisar por Projeto 8 on 8 - magia vocês vão encontrar várias fotos bacanas das outras participantes. vou deixar os links dos blogs delas aqui abaixo Passa lá para conferir! 😊 💜💜💜

Carol Pedrozo | Carol Machado | Carol Rocha | Day | Laura  | Lari | Mari | 


Até!!

 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas