Renovação de Parceria com autores


Coisa boa falar de novidades né minha gente! Pois então, o ano de 2016 foi muito bacana e produtivo para o blog Pensamentos. Muuuitas mudanças ocorreram por aqui e junto com elas o desafio de buscar sempre o melhor, 

Desafios geram, ações e ações geram resultados e por isso hoje estamos aqui para mostrar apresentar a vocês algumas renovações de parcerias que teremos em 2017. Novos desafios vêm por aí. Simbora esquentar as turbinas!? 




AMANDA BONATTI

Passe o mouse sobre a imagem para ler sobre a autora
 
Gente a Amanda é uma fofa. Ela é autora dos livros "SOS Mãe de primeira viagem", "Lágrimas de Outono" "Ah! MAr Itajai". As duas primeiras, são obras lindíssimas e já têm resenhas prontinhas que serão publicadas na próxima semana aqui no blog. (fiquem ligados)



Ficamos muito felizes com as conquistas da autora no ano de 2016. Entre elas destacamos a seleção dupla das obras da autora no Prêmio Brasil entre Palavras, realizado pelo pessoal do CuraLeitura. (Vejam). E já estamos ansiosíssimos pelas novidades neste ano que se inicia! E temos certeza que virão muitas coisas boas por aí! Né Amanda? 

Enquanto isso você pode ficar por dentro das novidades da autora acessando os links abaixo



 ❤❤❤


 NUCCIA DE CICCO

Passe o mouse sobre a imagem para ler sobre a autora

 A Nuccia é a blogueira mais incrível que já conheci na vida, e não é novidade para ninguém que seu livro Pétalas da minha surdez é um dos favoritos da minha estante. srsr Então, renovar com a Nu pra mim é um presente muito especial.

Além Nuccia  do livro mencionado anteriormente Nuccia tem participação em diversas antologias e conta também com vários contos publicados na Amazon. Loguinho teremos resenhas deles por aqui. Nuccia também foi selecionada no Prêmio Brasil entre Palavras e atualmente está organizando a Antologia Fantásticos que será lançada ainda este ano pela Editora Illuminare.



Que tal acompanhas as novidades da autora pelas redes Sociais?


Por hoje é isso minha gente, loguinho teremos mais novidades de nossos autores parceiros e também sobre a renovação/parcerias com as editoras. Sempre as terças. Fique de olho, fique por dentro. 

Boas leituras!

Resenha: Raio de Sol - Kim Holden

E aí pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje irei indicar mais uma leitura, espero que gostem do livro que irei citar nessa resenha.

Título: Raio de Sol
Autoria: Kim Holden
Editora: Planeta
Selo: Outro Planeta
Gênero: Ficção
Ano: 2016
Páginas: 448
ISBN: 9788542207453

Segredos.
Todo mundo tem um.
Alguns são maiores que os outros.
Alguns, quando revelados,
Podem curar você...
E outros podem acabar com você.
Faça épico, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.
E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.

Narrada em primeira pessoa do singular em dois pontos de vista, conta a história de Kate que se muda para Minnesota para estudar a faculdade que tanto queria. Nesse lugar ela acaba conhecendo Keller e por ele se apaixona mesmo tentando evitar esse amor que a consome por completo.

Kate também conhece algumas pessoas que em alguns instantes viram seus amigos, além de manter contato com Gus que é seu amigo íntimo desde que ela era criança "Digo amigo íntimo: pois ela contava tudo que lhe afligia para ele e o mesmo contava tudo para ela".

- Odeio dizer isso, mas você acabou de conseguir. Eu teria perdido alguns dos melhores momentos da minha vida se não fosse espontânea. Sinceramente, tento não pensar demais no futuro. Sou uma grande fã do presente.

Como Kate era uma garota sonhadora Gus a apelidou de RAIO DE SOL e sempre que telefonavam um para o outro ele falava "Bom dia Raio de Sol" e ela ficava toda feliz com essas palavras. Mas antes de se mudar para Minnesota Kate fica uma semana com sua tia Maddie " meia-irmã de sua mãe" que se acha a ricaça do momento vivendo de acordo com sua profissão.

Kate é vegetariana e qualquer coisa que ela come que não seja verdura é posto para fora. O que aconteceu é que Maddie convida Kate para ir em um restaurante caro onde só tem coisa que ela não come e faz com que ela passe mal. Mas isso não é tudo, pois Maddie faz com que Kate paga a conta de tudo o que elas haviam consumido.

- Eu desisti da vida. Ou a vida desistiu de mim. Seja como for, é meu fim. - Então, a voz dele treme e fala baixinho comigo: - Acabe comigo.

Kate descobre um segredo de sua tia que faz com ela fique preocupada, mas Maddie não aceita o que ela fala e pede que a deixe em paz. Após aquela semana Kate enfim vai para o seu destino e lá consegue um emprego em uma floricultura "além de conhecer Keller é claro".

Kate é uma pessoa espontânea e comunicativa, faz com que todos que estejam mal se animem logo em seguida. Uma de suas coisas favoritas é o café preto e todo dia toma pelo menos uma xícara. Em um certo momento da história começamos a ver Kate na visão de Keller que fala o que achou dela entre um capítulo e outro... Chega uma hora da história que Kate para de narrar e passa a ser Keller até o final da obra.


Esse livro é uma mistura de sentimentos, faz com que as palavras entrem direto em nossos corações e se espelhem em um vale de lágrimas. Esqueci de falar que Gus é um cantor de rock e entrou em turnê com sua banda. Sobre isso tenho apenas uma reclamação! Cadê a letra das músicas Kim? Mesmo não sabendo como é o ritmo, seria legal ter colocado para que pudéssemos ir acompanhando na narrativa.

Kate e Keller têm um segredo que não contam para ninguém, mas aos poucos vamos descobrindo quais são e nos deixa de boca aberta. Confesso para vocês que nunca tinha lido um livro que me emocionou tanto quanto esse me emocionou e sei que isso será engraçado para vocês, mas não vou esconder. Acabei chorando em um determinado ponto da história, isso me apertou tanto o coração que não aguentei e as lágrimas saíram.

Ao ler essa história me lembrei de três obras "sim esse livro se encaixa perfeitamente com outros títulos". O primeiro é Um dia do David Nicholls, pois Raio de Sol é narrado por dias que vão desde vinte e dois (22) de agosto à vinte e sete (27) de janeiro e já Um dia é narrado todo ano no mesmo dia.

O segundo livro é O primeiro dia do resto da nossa vida da Kate Eberlen que li ano passado, narra a história em dois pontos de vista como é o caso desse livro que estamos falando agora. Já o terceiro e último livro é A Culpa é das Estrelas do John Green que não vou falar a comparação por que se não vai estragar a sensação da leitura de vocês, mas acho que já perceberam o sentido da história nessas poucas palavras.


Kate é aquela garota batalhadora que lutou para sobreviver com sua irmã Grace que tinha síndrome de down e morreu algum tempo antes dela ir para Minnesota e um tempo antes de sua irmã partir, perdeu sua mãe que suicidou por causa da bebida. Mas isso não a desanimou e fez com que ela seguisse em frente e realiza-se seus sonhos.

Enfim! Esse livro é aquele tipo de obra que você não quer mais parar de ler, fazendo com que ao começar a ler pode-se terminar em poucas semanas, dias ou horas.

O livro em si é muito bonito, a fonte é ótima, o título e a data daquele momento, sempre antes de iniciar a narrativa mostra entre parênteses quem que está narrando, assim faz com que a leitura seja mais rápida sem nos perdermos. As folhas são amareladas, mas já vou avisando que passaram despercebidos alguns erros de revisão que não me incomodou, mas talvez pode lhe incomodar.

A cor da arte é muito show e tenho mais uma critica para citar "me desculpem falar, mas tenho que abordar se não vocês perceberam com o tempo". Estava eu navegando em um site de imagens sem direitos autorais e me deparei com a foto dessa obra é a primeira imagem que citei depois da capa desse livro.

Não conheço o designer que foi encarregado por essa obra, mas isso mostrou "no meu ponto de vista" que o livro não é tão importante assim, pois se tivessem consideração com o autor não teriam procurado uma imagem liberada e sim teriam feito a sua própria seção fotográfica ou procurado um fotografo particular que não liberasse a imagem para que todos possam ver/usar... Quanto a fonte da capa é muito bonita e quero muito achar ela.

"Ah! Mas Marcio se você achou tantos defeitos assim por que você favoritou?"

Levei em consideração muitas coisas e fez com que eu me esquecesse desses detalhes. Gostei tanto da história que não via a hora de vim falar dela aqui para vocês. Sei que muitos não se importam que a capa seja feita de imagens sem direitos autorais, mas a autora poderia ter sido muito bem valorizada e isso mostrou que não se importaram e fizeram de qualquer jeito... Me desculpe Planeta! Suas obras são ótimas, mas na minha opinião, se dessem uma atenção nesse quesito que ficaria demais a obra.

Sobre a Autora
Algumas de suas coisas favoritas é ler, escrever, os dois caras mais legais do planeta (é o marido e o filho dela), a bicicleta (o marido construiu para ela), Facebook (está bastante certo de que é um vício neste ponto) Café gelado (avelã) e música (LOVE Sunset Sons, 1975, Dredg, xx, Balance e Composture, Teenage Bottlerocket e 30 Seconds to Mars). Ela também adora sonhar, o que a leva ao próximo ponto. Tem um pouco de conselho para quem ler isto ... siga os seus sonhos. Nunca é tarde demais. Começar hoje ... heck começar começado AGORA! Ela queria escrever um livro há 20 anos. Em vez disso ela esperou. E esperou. Ela devia estar escrevendo. Mas ela não. Ela não lamenta, porque o passado é apenas isso, o passado. Mas deixe ela dizer-lhe que não há nada no mundo como alcançar algo que você sonhou durante anos e anos. Então, comece. Faça seus sonhos realidade.

Obs: Bio do perfil do Goodreads de Kin/traduzido no Google Tradutor.

Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa resenha, comentem aí em baixo se me sai bem e se for a sua primeira vez aqui no PVO sigam, além de acompanhar tudo que estamos postando aqui para vocês. No mais é isso, muito obrigado pela sua atenção e até a próxima.

Tchaau

Resenha: Armamentista - Joe de Lima

Começo este post com a ressalvando, desde o princípio, a nostalgia que tive ao saber que então leria o Segundo Volume da Trilogia Vera Cruz

O Primeiro Volume, Arcanista (resenha aqui), havia me cativado de um jeito surpreende. Nele, encontrávamos um jovem Marcel Seedar, que em meio à sua carreira na Arcanum, envolvera-se no terrível assalto ao Trem Regencial, onde arriscara-se em uma aventura eletrizante para proteger Camilla Noble, filha do Regente e salvar a si mesmo. 

A obra evidenciava a disputa de poderes entre a Arcanum, a Voz Verde e a Guarda Nacional, deixando claro que com a conspiração contra o governo, haveria então próxima a chegada de uma possível guerra civil... Pois é, ela chegou!



Título: Armamentista
Autoria: Joe de Lima
Série: Vera Cruz
Editora: Independente
Idioma: Português
Ano: 2016
Páginas: 378
ISBN: B01M0Z7X0E

Sinopse: A conspiração era só o começo. Com a sombra da guerra civil pairando sobre Vera Cruz, Arcanum, Guarda Nacional e Voz Verde mostram suas armas.
Meses após o Assalto ao Trem Regencial, Marcel se vê longe de Camilla enquanto busca compreender qual é seu papel no confronto que se aproxima. Ao perceber que já não pode confiar no diretor Cecil, ele decide voltar-se contra a Arcanum, mergulhando num cenário cheio de segredos, onde é difícil saber quem é amigo e quem é inimigo. Encurralado por todos os lados, Marcel irá se lançar numa corrida contra o tempo para proteger aqueles que ama.
Segundo volume da Trilogia Vera Cruz, Armamentista traz de volta o mix de narrativa cinematográfica, aventura, conspiração e romance, numa trama que fala sobre família, confiança e amor.


Em Armamentista a disputa chega aos extremos, onde o embate de forças ganha seu limite, efetivamente chegando a então temida guerra interna em Vera Cruz. Imerso a vários segredos, jogos de poder e muita aventura, Marcel terá, mais uma vez, de lutar por aqueles que ama e também por sua própria sobrevivência, agora ainda mais posta em risco.
Eu criei uma grande paixão pela trilogia, diante do primeiro volume e a alegria toma-se em poder contar que Armamentista é tão bom quanto o anterior. O autor consegue fazer um enredo onde precisamos parar e "tomar um ar" diante de tanto acontecimentos e que, acima de tudo, são impecavelmente lógicos, bem construídos, trazendo um grande sentimento de real (me perdi pelas páginas, sério!)
Eu sou apaixonada pelo protagonista, Marcel Seedar. Um personagem muito bem caracterizado e posto na obra de uma forma que conseguimos trazê-lo para um real de nos afeiçoar e apegar-nos a ele. Nessa obra, ele aparece muito mais "maduro" que na anterior (diante de tudo vivido, evidentemente). Um digno "herói" em que não só sua personalidade transformou-se, como seu poder.

Como dito em um trecho da própria obra, o patinho feio finalmente vira cisne. As proporções aumentam explicitamente quanto ao poder deste, que para quem leu o primeiro, sabe que ele via-se até como um tanto atrasado que os demais.
O acontecimento principal, evidentemente, é a então guerra civil. Tentando conter muitos spoilers, tenho que dizer que há mil e uma surpresas no decorrer desta. Confiança é uma palavra que fica impossível de ser definida, sendo impossível saber quem é ou não inimigo. As verdades e as mentiras se misturam e a aventura é garantida. As surpresas caem em "chuva", de forma que toda hora é uma expressão boquiaberta. E cá entre nós, um segredinho para deixá-los mais curiosos, é que se descobrirá uma grande novidade sobre o Seeder...
"Valerius cerrou os olhos e apertou os lábios sem dizer uma só palavra. A plateia aguardava,na expectativa dos combates retornarem. Nesse instante, as luzes da área piscaram uma trinca de vezes na cor vermelha, cada oscilação acompanhada de uma sirene. Durou apenas alguns segundos, o bastante para causar uma comoção generalizada.
- Estamos sendo atacados? - Raito Saltou.
- Calma, pawn Kun - disse Tomáz - Estude os protocolos. Em caso de ataque o alarme é contínuo. Três sirenes significam que a Arcanum entrou em estado de guerra - o oficial assumiu uma postura grave. - A guerra civil começou."
Eu acho inenarrável a inteligência do autor que em meio a seu eletrizante enredo consegue emergir temas chamativos da atualidade, que obtém destaque, como quanto à questões governamentais e corrupção (o ápice é sobre isso, afinal), problemas ambientais e a temática LGBT, inserindo relações homo afetivas na trama. Contrastando ainda com questões de amizade, amor, confiança, em situações as quais, o leitor atento, "pega" certas lições postas.

Acredito que o que mais me tocou, no geral, foi quanto a força de convicções para alguns, possibilitando traições inesperadas. E além: o poder de perdoar, do sentir, do amar. Em meio a muita aventura, eu fiquei encantada, como dito, com o modo do autor de imergir um misto de sentimentos e questões mais íntimas e sentimentalistas (acredito eu que é o que mais traz verdade aos personagens).

Mais uma vez, como na resenha do livro anterior, deixo a recomendação: Leia! É uma obra nacional a qual caracterizo como uma das melhores do gênero que li e que me deixaram tão encantada. Por isso, pela milésima vez: Leia!



Conhecendo o autor: 




Nascido em 1981, Joe de Lima sempre gostou de inventar histórias. Após um início trabalhando com fanzines em quadrinhos, passou a se dedicar à literatura. Publicou contos em antologias das editoras Infinitum, Literata e Buriti, na revista digital Nupo e no podcast Desleituras. Atualmente, está trabalhando na Trilogia Vera Cruz, uma série young adult que já conta com o primeiro volume, Arcanista. Outros Livros: Armamentista, volume 2 da trilogia

_____________________
Esta obra foi cedida pelo autor, em parceria com o blog para leitura e resenha 
Saiba mais informações sobre o autor Blog
Blog | Facebook | Twitter | Amazon | Skoob | Clube de Autores


Resenha: O Tutor - Sue Hecker




Título: O Tutor
Autora: Sue Hecker
Série: Mosaico
Editora: Happer Collins Brasil
Páginas: 387
Ano: 2016
Skoob
Sinopse: Tutor Pedro Salvatore, um homem submerso a sua virtude e honroso de sua palavra. Será capaz de emergir de um juramento onde foi capaz de colocar toda sua vida em segundo plano? Convicto que o poder do NÃO pode ser o bastante para ir contra seu coração. Um homem marcante, com olhar penetrante. O que esperar de uma história, quando os desejos são substituídos pela autoflagelação?


Normalmente quando lemos uma sinopse ou uma resenha logo imaginamos o que poderá acontecer no desenrolar da historia não é mesmo? Bom, isso não vai acontecer aqui e acredito que por mais que você seja muito bom com a leitura não conseguirá imaginar as informações contidas nesse livro.

Isso mesmo! Sue Hecker se superou e me deixou completamente apaixonada pelos personagens.Estão tão bem escritos que pude vivenciá-los em vários momentos e acredito que isso também acontecerá com você. Não pense que tudo será flores às vezes precisamos conviver com os espinhos que a vida nos apresenta.

Uma noite de Réveillon daquelas, será que o homem de olhar penetrante terá seus desejos realizados!?

Pedro Salvatore, 29 anos um solteirão convicto, arquiteto e muito bem reconhecido por seu trabalho vê sua vida tomar um rumo totalmente diferente quando se depara com um Juramento. Um homem com fantasmas que encontra na autoflagelação um meio de substituir sua dor emocional por anos.

Fotografia - Cristiane Vieira

Beatriz Eva uma jovem de 17 anos que lutará bravamente por sua vida demonstrando mesmo que involuntariamente uma vontade de viver imensa e isso poderá convencer a única pessoa que lhe resta a ceder a voz do coração.

Corajosamente Bia terá que decidir: ficar presa na falta de memória ou seguir em frente e descobrir com o tempo o que sua mente ou coração tem medo de revelar e talvez essa descoberta consiga realizar a superação que a vida lhe deu com as perdas.

O desejo entre eles é tão grande que chega fica refletido como num espelho o que cada um sente. Ele lutará bravamente com as suas convicções pois, acredita que o fato de NÃO poder tocá-la será o suficiente para ir contra seu coração.

“Estudei por anos para dominar as formas, distribuir espações, mas confesso que ao lado dela me sinto fora de esquadro, perdido em linhas paralelas, praticamente numa escala indefinida.”

Bia convicta do que quer não tem medo de revelar o que sente por Pedro, suas tentativas e investidas para conquistá-lo irá nos mostrar o desabrochar de uma jovem menina para uma mulher forte e determinada.

“Sim, quero que ele seja meu amante, meu homem, meu macho ou seja lá qual rótulo ele possa querer me dar. Menos ser sua pupila.”

Isso irá desencadear um desafio de sedução incrível entre os dois. Os instintos de proteção do Tutor estará em alta pela pupila despretensiosa.

Venha aprender mais um pouco com essa linda história onde a autora Sue Hecker nos ajuda a esclarecer algumas informações sobre todos os desafios que estes dois enfrentaram juntos, tenho certeza que você não vai se arrepender.

 

Autores Parceiros: Mar'Junior

Hoje é terça -feira, dia de novidades sobre nossos autores parceiros. E vamos começar apresentando pra vocês nosso novo autor parceiro Mar'Junior.  Vem comigo pois tenho certeza que vocês vão curtir a novidade sobre ele e sua obra!



Sobre o Autor
 
Mar' Junior é autor, diretor, compositor e produtor do espetáculo "Bullying", que já está em cartaz há 14 temporadas com mais de 500 mil espectadores pela Cia Atores de Mar'.

"Pepita - passei a minha infância e adolescência sendo perseguida, sofrendo bullying", escrito em agosto de 2015, foi uma adaptação do espetáculo teatral de mesmo nome e é inspirado em uma das alunas de teatro de Mar'. 

O objetivo do autor sempre foi levar esta discussão com mais profundidade, saindo do campo das salas de aulas, tendo a ficção juvenil como aliada e expondo a veracidade dos fatos.

Mar' Junior também é autor do livro "BULLYING - EU sofri. EU pratiquei. EU hoje conscientizo" e mantém um blog com atualizações diárias sobre o tema Bullying.


Sobre a obra

Como dito anteriormente o livro Pepita  é a adaptação de uma peça, de mesmo título escrita pelo autor e atualmente está disponível em formato Digital na Amazon. Mas além do livro digital o autor está com um projeto superbacana para publicação do formato físico da obra e para isso criou uma  ação no catarse para arrecadar fundos para a publicação da obra. Neste site vocês poderão encontrar mais detalhes sobre o livro e sobre os trabalhos realizados pelo autor e o grupo Cia atores de mar. 




Segue abaixo a capa e a sinopse do livro
Conheça apoie!





Sinopse A história de PEPITA acontece no último dia de aula do ensino médio, no dia de sua formatura. Ela, deitada num sofá na biblioteca, onde sempre gostou de estar, relembra o seu passado, como chegou naquela escola aos 2, 3 anos de idade e que foi perseguida esses anos todos, sofrendo bullying. PEPITA nasceu num lar tão rico, que as suas próximas dez gerações não precisarão trabalhar. Menina bonita, magra, com dentes perfeitos, inteligente - lê muito -, desportista - ganhou tudo pela escola -, participativa nas atividades diárias normalmente, como Grêmio estudantil e aluna de notas excelentes. PEPITA tinha tudo para não sofrer bullying, mas o inverso aconteceu e ela não sabe até hoje porque Canina e sua turma a tratam tão mal e aprontaram com ela nesses últimos 15 anos, que ela espera nunca mais revê-las. PEPITA teve algumas perdas importantes na sua vida neste período, mas também teve encontros extraordinários. Sua relação com seus pais é a melhor, dentro do planejado com eles, só se comunicando por intermédio de bilhetes que são colocados num quadro no segundo andar da sua casa, onde ficam os quartos. PEPITA mostra que não precisa ser negro, pobre ou favelado para ser mau-caráter, basta ter uma família desestruturada para que isso venha à tona.


Gostou! Então fique ligado porque loguinho teremos resenha da obra aqui em nosso blog! 

Enquanto isso acesse 


Resenha: O óbvio que ignoramos - Jacob Pétry

Título: O óbvio que ignoramos
Autoria: Jacob Pétry
Editora: Planeta
Gênero: Autoajuda, Bem estar e lazer
Ano: 2016
Páginas: 240
ISBN: 9788542208832
Skoob


Usando exemplos concretos de pessoas como Gisele Bündchen, Sylvester Stallone, John Kennedy, entre muitos outros, o autor nos mostra o que diferencia as pessoas com resultados extraordinários das demais: princípios simples e óbvios, mas geralmente ignorados pela maioria. Pessoas de sucesso seguem uma lógica óbvia e simples, mas muito poderosa. Ao colocar luz sobre essa lógica, Jacob Petry oferece um fascinante padrão de atitudes que facilmente pode ser aplicado por qualquer um que queira explorar ao máximo seu potencial.


Você deve estar pensando: mais um livro de autoajuda que não vai me ajudar em nada. A verdade é que eu não sou muito fã de livros do gênero, mas depois que li um breve resumo do que este tratava fiquei bastante curiosa para saber qual o segredo de muitas pessoas para terem chegado ao topo do sucesso.

De uma forma bastante sucinta, Jacob nos mostra como a vida pode ser fácil e complicada ao mesmo tempo. Digo isso, pois ele fala que cada pessoa precisa descobrir o seu próprio talento, mas isso requer um grande esforço, visto que nem sempre somos guiados para descobrir esse talento. A vida toda nós somos treinados para garantir uma profissão muito bem remunerada e muitas vezes não é apenas o financeiro que importa. Acontece também de fazermos aquilo que amamos e que ainda assim a parte financeira vai ser suficiente.
 "Se você negligenciar o seu talento, omite seu potencial e, como consequência, está impedindo a expansão da vida. Por isso, ela se tornará, inevitavelmente, um fardo."
 "... existe uma vontade natural em cada um de nós. Essa vontade faz com que toda pessoa queira, naturalmente, ser tudo que ela é capaz de se tornar. Esse desejo é inerente a natureza humana. Não podemos evitar querer ser tudo que podemos ser. Onde quer que exista um talento suprimido, ou uma habilidade não desenvolvida, existe uma pessoa insatisfeita e desmotivada”
Tomando por exemplo várias celebridades, Jacob Pétry apresenta uma série de histórias que nos envolve de forma bastante natural. Gosto muito de conhecer a realidade por trás de um grande sucesso, já que na maioria das vezes ocorreram diversas quedas que poderiam ter impedido determinada pessoa de seguir com seus sonhos.

Lembro-me quando o livro Comer, Amar e Rezar virou febre aqui no Brasil. Fui correndo comprar, mas mesmo depois de várias tentativas não consegui acompanhar o ritmo da história e larguei pelo menos três vezes, até desistir por completo. Bom, Elizabeth Gilbert teve um trabalhão nesse livro e em 'O óbvio que ignoramos' pude conhecer esse trabalhão dela. Realmente não imaginava que ela tinha passado por maus bocados até chegar a lista dos melhores segundo o The New York Times, foi algo que me surpreendeu de tal forma que decidi dar mais uma chance ao livro dela.

São vários exemplos incríveis, de pessoas com histórias impressionantes e que é realmente inspirador. Encontrar nosso talento pode não ser uma coisa fácil, mas depois de uma leitura gostosa assim, você presta mais atenção no seu cotidiano e, bem, comigo tem funcionado assim: eu sei no que sou boa e, por mais que meu dia-a-dia exija de mim outras atividades, sempre tiro um tempo para me aperfeiçoar naquilo que sei fazer bem. Depois da leitura, pode parecer meio clichê, mas realmente estou inclinada a mudar muitas coisas por aqui. Eu estava precisando de um 'pouco de autoajuda' então esse livro caiu como uma luva.

JACOB J. PÉTRY é jornalista brasileiro radicado nos Estados Unidos. É autor dos livros O céu é de pedra, Ilusões Rebeldes, As Gêmeas, e O enigma da mudança, (este em coautoria com o sociólogo Valdir Bündchen). Especializou-se em filosofia, com enfoque em Karl Popper. Atualmente vive em Nova Jersey.

Blogosfera Cartinhas: FlipBook

Oi gente!

Vocês gostam de receber cartinhas? Eu curto demais e por isso sempre participo de interações entre blogueiros que tem esta finalidade. Pois bem, este ano vocês vão ver muitas coisinhas por aqui, pois ingressei no grupo Amigas e Leitoras, criado pela fofa da Paty. Algumas pessoas eu já conhecia, outras estou conhecendo ainda e já vou dizendo que é muito bacana essa interação. Indico pra todo mundo! 

A primeira rodada deste ano, foi uma cartinha em forma de Flipbook. Minha dupla foi a Nathanaele, (Gente que pessoas mais linda!!! Nath, adorei conhecer você! ). Nós trocamos as cartinhas e hoje vim mostrar para vocês todo o carinho da Nath, ao fazer o Fipbook pra mim. Vamos lá? 

💜💜💜

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Flipbook, cartinhas, pensamentos valem ouro, Leituras, mimos, presente, papelaria, Vanessa Vieira

Falou em música já me agradou né? hehe E a Nath ainda colou a essência um sachê muito cheirosinho que eu adorei. *-* Achei de uma delicadeza incrível a cartinha dela. 

Obrigada Nath, pelo carinho. E já estou torcendo aqui para que você goste do seu Flipbook também!
Mil beijinhos pra ti! 

E vocês, gostaram do Flipbook? Já conheciam? Conta pra gente =) 

💖💖💖

Desafio Pensando em Livros #2

Olá pessoal!

Hoje venho divulgar para vocês os temas da segunda edição do Desafio Pensando em Livros e também disso contar uma novidade. 


Como eu disse, no post de divulgação das fotos mais curtidas, fiquei muito feliz com a participação de vocês no projeto e o resultado foi belíssimo! Por isso decidi torná-lo fíxo aqui no blog. Para que todos os meses possamos nos divertir com as fotografias de nossas estantes. 

Como vai funcionar?

Vai funcionar do mesmo jeitinho vejam:

🙇 Período 12 a 26  🙇 15 temas 
🙇 #DfPensandoEmLivros 🙇Fotos no Instagram
🙇 Resultado das mais curtidas aqui no blog


Bem, agora que já contei a novidade, vamos aos temas do mês de Fevereiro?


Agora sem mais delongas, simbora preparas estas fotos? 
Lembrem-se o desafio começa no próximo dia 12/02


 Boas fotos!

Meu verso: Resgate

Estamos começando o ano de 2017 com algumas novidades e também com  muitas organizações. Vamos descobrir qual a novidades da vez? 

Bem vocês já devem conhecer a coluna Café Poético que vai ao ar todos os sábados aqui no blog. Pois bem, minha proposta é  a partir de agora intercalar o café poético com a coluna Meus versos onde vou trazer para você algumas de minhas poesias. 

Há algum tempo que não compartilho meu poemas por aqui e sinto muito falta deste espaço. Então que seja poético para todos nós! 

MEU VERSO

Vanessa vieira, vanessa vieira poetisa, versos, poemas, poesia, pensamentos valem ouro, blog, poetisa, poemando, versos,


Resgate

Vai coração
Apluma-te
em poesia

Atua!

Risca
Na veia
o verso

Resgata
da alma
O grafite

Assiste
a ‘cria’
poemia!

Vanessa Vieira

 💜💜💜

Até mais!

 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas