Café Poético: Michael Mendes


Olá pessoal! Semana passada fiquei devendo do Café Poético para vocês, mas foi por uma justa causa. Mas esta semana tem café e tem poesia! Conheceremos um pouquinho da escrita do Poeta Michael Mendes

Michael é professor, docente na mesma escola que eu. Além disso um querido colega de trabalho de quem tive a grata oportunidade de ler alguns versos. Sendo agora também um poetamigo

Fiquei encantada com a profundidade, leveza e o direcionamento poético com que ele nos traz a poesia. Já falei que precisa virar livro srsr. E por isso mesmo, não pensei duas vezes antes de convidá-lo para participar de nossa rodada poética. O resultado, você pode conferir aqui abaixo! 

Então, chega de papo e vamos de poesia?


Poema 

É meio estranho, na verdade diferente, a sensação
Aos poucos a penumbra vai se dissipando, o cinza vai se calando ...
É como se tudo se vestisse de mais cor
Como se não mais o tempo mandasse
É como se os porquês não mais importassem
É como se não houvesse mais dor
É como se o nosso céu estivesse sempre mais estrelado
Como se sempre fosse lua azul e o Sol sempre a se pôr
É como se não fizesse diferença as nossas diferenças
Como se tivesse passado dias o pouco sem tua presença
Como se tua pele fosse o melhor cobertor
É como se estivesse completo
Como sem medo pular de braços abertos
É como...se pela primeira vez...eu experimentasse o amor.



Sobre Michel Mendes:



Michael Mendes Silva. Nasceu no dia 28/3/1980, no Rio de Janeiro, onde foi criado até os 8 anos. Depois disso morou em Petrópolis,  Minas Gerais e atualmente, São Pedro da Aldeia. Se professor aos 16 anos. Sempre foi apaixonado por leitura de diversos gêneros. Escrever? Não sabe desde quando. Às vezes acha que nasceu com a caneta na mão. Filho do meio entre 3 irmãos, de pais cearenses, que pouco cursaram a escola. O que o inspira? A vida, o ser, o sentir. A longevidade de um momento, o instante de toda uma história! Só sabe que, assim como uma gota basta, fatos simples enchem seu copo de sentidos e sentimentos e se transborda em folha de papel.

 É isso pessoas! Espero que tenham gostado! Eu adorei! Michael, muito grata por ter aceito convite! Sinta-se em casa e que seus versos continuem a se espalhar! 

Resenha: Eu e o Silêncio do meu pai - Caio Riter


Título: Eu e o silêncio do meu pai
Autoria: Caio Riter
Ilustrações: Casa Rex
Ano: 2011
Páginas: 100
Idioma: Português
Editora: Biruta
ISBN: 9788578470820
Skoob
 
Sinopse: Transformar-se em gente não é tarefa fácil. O Menino muito sofreu, muito chorou. Olhava o Pai e não entendia por que seu pai não era como os outros tantos pais: homens de palavras, homens de carinhos, homens de festa. Não. Seu Pai era silencioso, triste. Seu olhar era distante,seu passo era trôpego, seu carinho era vago. Assim, o Menino teria que aprender a amar esse Pai. Teria que aprender a conversar com esse Pai. 

 
Uma vida em cem páginas? Foi a primeira pergunta que me fiz quando comecei a ler esta obra de Caio Riter. Mas ao longo da leitura minha ideia de que muito se pode dizer em poucas palavras foram só se confirmando. 

Eu e o Silêncio do meu Pai nos traz a história do Menino que ao longo de sua vida conviveu com  o silêncio do seu Pai e, para além disso, nos mostra o que este silêncio trouxe para sua vida enquanto criança, adolescente, jovem e adulto. 
 

Temas como alcoolismo, violência e automutilação são temas abordados durante a história fazendo com que sejamos levados à uma intensidade de reflexões, mas ao mesmo tempo de maneira muito suave somos mergulhados nesta vivência de forma suave por meio de duas vozes, a do narrador e a do próprio menino. Não temos muito detalhes, mas temos o suficiente para entender as angústias  que rodeiam a família em questão. 
 
O menino que nasceu na véspera de natal vive inquieto com o profundo silêncio do pai e anseia a todo tempo que algo aconteça para que ele mude e assim ele passe a ser um menino como os outros da rua. Mas a vida vai passando e o menino esperando...
 
"A tevê ligada, a sala mergulhada no silêncio de luzes e de vozes de gente-gente (só chegavam as dos de dentro da tevê), nós dois juntos e tão distantes. Os olhos dele nas imagens de algum programa de humor qualquer; os meus, no seu rosto vincado de rugas. éramos dois emudecidos. Um talvez, esperando que o outro proferisse palavra que fosse ponte."

Este menino que aprendeu a gostar de ler, passa também a fantasiar histórias e fantasia uma vida melhor para si e para sua futura família. Embora ainda não saiba a marca do silêncio de seu pai ficará por muito tempo em sua vida. 

Estamos falando de um livro bem curto, mas em minha opinião uma traz algo muito interessante de se refletir. principalmente porque às vezes a gente acha que problema de família só acontece em nossas casas. Ou ainda, que este ou aquele problema só acontece na casa do outro. A gama de reflexão a que somos mergulhados eu chamo de uma teia sem fim! 

Me encantei ainda mais quando fui observando as ilustrações. Pense em algo nada convencional, mas algo que atrai os olhos e que traz curiosidade! Pois bem, é bem esse nosso cenário. E por falar em cenário tenho que falar que só fui perceber que a capa tinha a ilustração de um sapato quando o livro chegou em minhas mãos. Eu via sempre uma pessoa ajoelhada, me surpreendo com a descoberta de um  sapato. e de todo o restante! 
 

Sem dúvida é uma leitura que recomendo. Não leva muito tempo para ler, mas para refletir sobre já não tenho tanta certeza. Mas creio que vale muito conhecer! 

__
Tive a oportunidade de ler este livro por meio da participação do Book Tour coordenado pela blogueira e amiga Monika Andreotti. O livro foi cedido para a roda de leitura pela Editora Biruta. Adorei a experiência! 

Beijos!!


Resenha KGI 01 - A Hora Sombria - Maya Banks

Olá pessoal! Sou a Marcelle nova colaboradora aqui do Pensamentos Valem Ouro. Hoje trago para vocês, a resenha do livro KGI 01 – A Hora Sombria. Esse livro ainda não foi publicado no Brasil, e o pdf foi traduzido pelo grupo TWKliek

Título: A Hora Sombria
Autoria: Maya Banks
Série: KGI/ Livro 1
Editora: Berkley
Idioma: inglês
Ano: 2010
Páginas: 304
ISBN-13: 9780425227947
ISBN-10: 0425227944 / 
Skoob

Sinopse: Já se passou um ano, desde que o ex SEAL Ethan Kelly, viu sua esposa Rachel, viva pela última vez. Dominado pela dor e pela culpa dos seus fracassos como marido, Ethan se afasta de tudo e de todos. Seus irmãos tentam trazer Ethan para a KGI, tentando penetrar as barreiras que ele construiu ao redor de si, mas Ethan se recusa a responder... Até que recebe uma informação anônima dizendo que Rachel está viva. Para salvá-la, Ethan vai ter que enfrentar balas, atravessar uma selva e se arriscar a ser preso por um perigoso cartel de drogas que o ameaça de morte. E mesmo que seja bem sucedido, ele terá que forçar Rachel a recuperar memórias que ela não quer reviver – cada minuto de terror de sua hora mais sombria – porque o amor e a vida deles pode depender disso.”


Nesta série de livros de Maya Banks (autora de livros como Fogo, Delírio, Submissão, entre outros) conheceremos a KGI. Organização composta pelos três irmãos mais velhos, que junto a Ethan e aos gêmeos caçulas compõem os irmãos Kelly.

É aniversário de um ano da morte de Rachel, esposa de Ethan, e ele está passando este dia, da mesma forma que passou o último ano: devastado! Não houve nada que seus irmãos, ou seus pais conseguissem fazer para tirá-lo do sofrimento. Até que ele receba em mãos informações de que Rachel está viva. E ele não tem outra coisa a fazer, a não ser pedir ajuda a KGI para resgatá-la. Só que ele não encontra exatamente a mesma mulher que ele achou que tivesse perdido há um ano. Rachel é uma mulher completamente devastada pelos horrores sofridos neste este ano perdido...

“Ele puxou-a em seus braços, e para sua surpresa, ele tremia contra ela. Estava à deriva tanto quanto ela? De certa forma tinha que ser ainda mais difícil para ele. Ele tinha as memórias que ela não tinha. Conseguia se lembrar de como era entre eles e lamentar o que perderam."

Agora Ethan precisa ajudar a sua esposa a se recuperar e eles precisam lutar diariamente para reconstruir seu casamento. Ele precisa encontrar uma forma de se perdoar pelos erros do passado e Rachel precisa se lembrar. Lembrar de tudo o que aconteceu, para que mantenha não só o seu casamento, como sua família a salvo.

“Deus, pareço tão patética! Ethan, estou cansada de soar tão lamentável. ‘O que sobrou da minha vida?’ Basta, basta! Eu tenho muita sorte, eu tive uma segunda chance...”

O livro (e a série toda) é repleto de ação, tiro, explosão, resgate, invasão, etc.... Mas nesse volume, em específico, o que toca realmente é a luta constante pelo amor. A reconstrução da confiança, a reafirmação dos laços. Um livro repleto de adrenalina, mas onde os sentimentos falam mais alto e onde descobrimos o grande valor das segundas chances.

Esta é uma leitura fácil e rápida. Com muitas cenas de tirar o fôlego! Daquelas que você vai só virando e virando as páginas, sem parar para respirar. Mas aí com tudo o que Rachel e Ethan viveram e vivem, você amolece o coração...

Bom avisar que nele contém algumas cenas mais quentes, mas que Maya soube escrever muito bem, fazendo com que elas se encaixem perfeitamente na história e quando lemos, vemos claramente que são apenas complemento de todo o amor que os une. Eu recomendo bastante a leitura!!! É uma série arrebatadora!

Até!

Lançamentos + Novidades: Editora Valentina


Olá pessoas! Hoje vamos ficar por dentro das novidades da Editora Valentina.  Uma das novas parcerias do blog e que já chegou com muitas novidades! Vejam:

Lançamentos de julho:

Sem olhar para trás










O novo romance da escritora Lycia Barros narra um drama super comum da sociedade ao longo dos séculos. Um mal que acomete, principalmente, as mulheres. Afinal, quando coagidas, agimos de forma equivocada e facilmente somos influenciadas por nossos medos. No entanto, muitas vezes o sofrimento é o melhor remédio para acordar o espírito. E sempre há tempo para refazermos a nossa trajetória, onde algo surpreendente pode estar nos esperando no fim da linha. Esse é o foco da história de Agatha: é preciso força para recomeçar. As cicatrizes ficam, mas a força de reação é maior.



Por Um Triz - Skoob


A escalada, incluídas todas as suas modalidades, é de longe o esporte que rendeu o maior número de livros em todo o mundo. Contam-se aos milhares os relatos publicados de viagens, expedições e escaladas avulsas, e há até prêmios específicos para este florescente gênero literário. No Brasil, a produção é ainda bem modesta, e quase toda centrada em expedições ao Everest ou a algumas poucas outras grandes montanhas geladas no exterior. Por um triz, no entanto, reúne uma impressionante coletânea de histórias vividas por um dos mais experientes escaladores do país nas suas montanhas domésticas, com belezas e dificuldades próprias que em nada ficam devendo, em termos de emoção, às vividas pelos escaladores de maciços rochosos mais famosos, embora sejam certamente diferentes em muitos aspectos. Assim, os relatos das famosas ascensões invernais aqui se veem substituídos por escaladas sob um calor debilitante, e a travessia de paredes instáveis de gelo e neve dá lugar a passagens igualmente precárias em vegetação. E há ainda, no caso do Rio de Janeiro, o maior centro de escaladas urbanas do mundo, situações tensas típicas (e, às vezes, bizarras) decorrentes de encontros na mata ou no acesso a elas com bandos de traficantes ou outros tipos portando uma arma em suas mãos. É um livro, portanto, que deve agradar tanto a praticantes dedicados, que se identificarão com as situações nele descritas, quanto a leigos, que terão a chance de conhecer as peculiaridades de um esporte fascinante, que cresceu muito no Brasil nas últimas duas décadas.



Delícia, Delícia - Skoob


Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!



Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi - Skoob



Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital psiquiátrico para crianças e jovens? Nosso pequeno herói não conhece outra realidade - e até gosta muito da que conhece. O pai dirige uma instituição com mais de 1.200 pacientes, ausenta-se dentro da própria casa quando se senta em sua poltrona para ler. A mãe organiza o dia a dia, mas se queixa de seu papel. Os irmãos se dedicam com afinco a seus hobbies, mas para ele só reservam maldades. E ele próprio tem dificuldade com as letras e sempre é tomado por uma grande ira. Sente-se feliz quando cavalga pelo terreno da instituição sobre os ombros de um interno gigantesco, tocador de sinos. Joachim Meyerhoff narra com afeto e graça a vida de uma família extraordinária em um lugar igualmente extraordinário. E a de um pai que, na teoria, é brilhante, mas falha na prática. Afinal, quem mais conseguiria, depois de se propor a intensificar a prática de exercícios físicos ao completar 40 anos, distender um ligamento e nunca mais tornar a calçar o caro par de tênis? Ou então, em meio à calmaria, ver-se em perigo no mar e ainda por cima derrubar o filho na água? O núcleo incandescente do romance é composto pela morte, pela perda do que já não pode ser recuperado, pela saudade que fica - e pela lembrança que, por sorte, produz histórias inconcebivelmente plenas, vivas e engraçadas.  



Ônix - Skoob



Estar conectada a ele é uma droga! Graças ao seu abracadabra alienígena, Daemon está determinado a provar que o que sente por mim é mais do que um efeito colateral da nossa bizarra conexão. Em vista disso, fui obrigada a dar um “chega pra lá” nele, ainda que ultimamente nossa relação esteja... esquentando. Algo pior do que os Arum ronda a cidade. O Departamento de Defesa está aqui. Se eles descobrirem o que o Daemon pode fazer e que nós estamos conectados, vou me ferrar. Ele também. Além disso, tem um garoto novo na escola que, tal como a gente, guarda um segredo. Ele sabe o que aconteceu comigo e pode ajudar, mas, para fazer isso, preciso mentir para o Daemon e ficar longe dele. Como se isso fosse possível! Até que, de repente, tudo muda. Vi alguém que não deveria estar vivo. E tenho que contar ao Daemon, mesmo sabendo que ele não vai parar de investigar até descobrir toda a verdade. Ninguém é o que parece ser. E nem todo mundo irá sobreviver às mentiras.

 E tem mais!!

Ainda este mês a editora lança o primeiro livro da Série Imortais: Desejo Insaciável


Um incansável guerreiro mítico. Nada o deterá até que possua a... Depois de suportar anos a fio torturas constantes comandadas pela Horda dos vampiros, Lachlain MacRieve, líder do clã dos Lykae, fica enfurecido ao descobrir que sua parceira, há tanto tempo profetizada e pela qual espera há mais de um milênio, é uma vampira, assim como seus captores. Na verdade, Emmaline Troy é metade Valquíria, metade vampira. Jovem delicada e etérea que, com seu jeito todo especial de ser, é a única que pode suavizar a fúria que incendeia o faminto Lykae. Uma vampira prisioneira de sua fantasia mais selvagem... A doce Emmaline decide sair pelo mundo em busca da verdade sobre seus pais desaparecidos. Em Paris, um poderoso espécime Lykae a encontra, determina que ela será a sua parceira por toda a eternidade e a leva para o castelo escocês dos seus ancestrais. Lá, o pavor que Emmaline sente do Lykae – e da sua insaciável fome de prazer – faz com que ele inicie um lento e envolvente jogo de sedução e ela liberte suas mais sombrias fantasias. 

Gostou desta capa? Então veja como ela foi criada neste Gif: http://gph.is/1tnh7yB


via GIPHY

E para quem gosta de Vídeos...

A editora está dando um UP no Canal do YouTube. Agora além dos BookTrailers a editora conta com dois programa semanais o BookTube Valentina e o Degustacine  e além destes toda a sexta-feira a editora traz um novo vídeo para alegrar nossos corações tem sorteio rolando por lá viu. O leitor escolhe quem o que vai ser votado e entre estes é feito um sorteio. Então se você quer participar clica no link aqui abaixo e se inscreva no canal!


É isso gente linda! Espero que tenham gostado das novidades eu gostei muito e este mês nossas resenhas serão dos livros Não Pare e Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi Quem fará a resenha será nossa colaboradora Milca Abreu! Aguardem que em breve teremos notícias! 

Abraços!

Pausa para um olá, um agradecimento e um recado



Olá pessoas lindas!

Hoje vim compartilhar coisas muito especiais! Para começar vamos falar de novidade. Eu acho que você já deve ter percebido que temos rostinhos novos por aqui. Pois é! hoje vim apresentá-los a vocês. Nossos rostinhos novos são Luciana Ravaglia, Marcio Silva e Marcelle Nader

Pois bem. A Luciana é professora aqui no Município onde moro e a conheci durante a Festa Literária que teve por aqui. Foi um encontro bem bacana e hoje tenho o prazer de tê-la aqui no Blog! Já temos resenha da Lu aqui no blog e logo teremos mais. Tenho certeza que vocês vão adorar! Eu estou amando! Bem vinda Lu! 

O Márcio conheci por meio do Facebook, nos grupos literários. Ele é dono do blog Um baixinho nos Livros do qual eu sou colaboradora. Estamos em uma parceria bem bacana e fico muito agradecida por ele ter aceito o convite. Valeu Marcio! Bem vindo!

A Marcelle, também conheci por meio dos grupos Literários do Face e para minha grata surpresa descobri que ela mora bem pertinho de mim. Deu pra sentir de longe o gosto dela pela leitura então, decidi fazer o convite e olha ela aí gente!!! Logo teremos resenha dela por aqui! Obrigada por estar entre nós Marcelle!

E a equipe está crescendo!!!

Sim! Mas a necessidade de aumentar a equipe vem do resultado de um trabalho bacana, concordam? Por isso hoje eu venho aqui agradecer publicamente a todos os colaboradores que estão me ajudando a dar ritmo, cor e vida a este cantinho aqui. 

Eles vocês veem passeando constatemente por aqui e dando um show de leitura, imaginação e dedicação. Não sei o que seria de mim sem estes lindos que me ajudam tanto! 



Vocês enchem meu coração de alegria! *-* 


Quer conferir o que estes lindos estão fazendo por aqui. Basta clicar no nome deles aqui acima e vocês serão redirecionados às postagens realizadas por eles. Mas, se você quiser conhecer o trabalho deles em outras redes ou nos seus blogs clique aqui, você será direcionado à nossa página de equipe. E ficará por dentro de todas as atividades que eles realizam. =)


Gostou!?
Quer fazer parte de nossa equipe também?

Estamos com 2 VAGAS para colaborador em aberto e quem sabe pode ser você a ocupar esta vaga.  Para se inscrever basta você responder o nosso formulário. São perguntas simples,mas necessárias para que possamos começar a nos entender. Depois é só aguardar que entraremos em contato!





Por hoje é isso pessoal!
Nos encontramos em breve por aqui! 
Fique de olho hein!

Resenha: Trono de Vidro - Sarah J. Maas

Título: Trono de vidro
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Número de páginas: 392

Resumo:"Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, um jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo." (Fonte: Livraria Cultura)





Celeane é a mais renomada assassina de Adarlan, com apenas dezoito anos de idade. Apesar de fazer jus à sua fama, a garota é vítima de uma cilada e acaba sendo capturada e levada para uma mina, onde passa um ano realizando trabalhos forçados. Certo dia, ninguém menos que o príncipe herdeiro aparece no campo de concentração e oferece a Celaena uma oportunidade única: se ela for sua campeã, numa competição organizada pelo rei, a coroa concederá à jovem sua liberdade. Não tinha como negar tal oferta, né? Recomeçam, assim, as aventuras da mais famosa assassina do reino.

Embora o livro não seja o mais perfeito possível, havendo, por exemplo, alguns clichês (como a vilã que deseja casar com o príncipe e um triângulo amoroso), Throne of Glass é uma leitura interessante. Há bastante ação e uma boa dose de mistério - o qual, é forçoso admitir, é fácil de se decifrar, mas mesmo assim concede uma atmosfera interessante à trama. 

A personagem principal é, na minha opinião, o ponto forte do livro. Celaena é complexa e, muitas vezes, quase contraditória, mas as várias camadas de sua personalidade demonstram o quanto a psiquê humana pode ser complicada. O fato dela ser uma matadora profissional não a incapacitou de ser carinhosa com os animais, tampouco de se interessar por vestidos e livros. Celaena, aliás, demonstra o quanto é possível ser badass sem desvalorizar coisas e ideias socialmente aceitas como femininas. Não, não há nada de mal ou demeritório em gostar de vestidos, gente. É a sociedade patriarcal que nos faz menosprezar o "universo feminino", para melhor comandar as mulheres. Celaena parece perceber essa ideia e, através de sua personalidade multifacetada, nos mostra uma grande dose de girl (ou até girly) power.

Em contrapartida, vemos no livro uma sociedade machista e patriarcal, em que, por exemplo, cargos de poder são ocupados somente por homens e a maioria das mulheres é vista como frívola e superficial. Não me entendam mal, acho muito válido retratar a luta de uma mulher para vencer e ser bem-sucedida em meio a uma sociedade sexista. Isso, na verdade, até ressona com a história vivenciada por nós, aqui do outro lado das páginas do livro. Mas creio que, se uma história tem fadas, portais para outras dimensões e símbolos mágicos de poder, poderia também possuir uma boa dose de igualdade de gênero. Caso um dia eu venha a escrever uma obra de fantasia, irei criar uma sociedade igualitária e, assim, sonhar com um mundo não apenas mais mágico, mas também mais justo. Acredito, no entanto, que nos livros seguintes, Celaena vai tentar mudar a realidade na qual vive e lutar por várias formas de justiça. Assim espero. 


Lançamentos Editoras Gente e Única - Julho


Oi pessoal!

Hoje é dia de ficarmos por dentro das novidades das Editoras Gente e Única. E as novidades estão bem interessantes viu! Vem conferir:

Casa organizada

Título: Casa organizada: a arte da organização para transformar a casa e a rotina de quem não tem tempo
Autoria:  Thais Godinho
Editora: Gente
Gênero: Felicidade/Qualidade de vida /Vida prática /Autoajuda
Formato: 13,5 X 20,5 CM
Número de Páginas: 224
ISBN: 9788545200567
Ano: 2016
Sinopse: Este livro veio para desmitificar a ideia de que é preciso investir muito tempo na casa para deixá-la organizada. Thais Godinho defende que a organização da casa não precisa – nem deve – ser uma tarefa desgastante. Você também se sente frustrado por ver seu tempo perdido em arrumações que logo serão perdidas? Sua casa vira uma bagunça pouco tempo depois de você colocar tudo no lugar? Aqui você verá que organizar a casa é fazer dela um lugar que funcione para você. É transformar o lugar no qual você mora em um refúgio para aproveitar os dias e que faça você ter vontade de voltar. Aqui você verá que é possível ajustar as expectativas em relação à casa de acordo com o seu estilo de vida sem deixar de lado a satisfação de ter um lugar com a sua cara.


Fique com alguém que não tenha Dúvidas

Título: Fique com alguém que não tenha Dúvidas
Autoria: Mariana Barbieri
Editora: Única
Gênero: /Não-ficção
Formato: 13,5 C 20,5 CM
Número de Páginas: 192
ISBN: 9788567028866
Ano: 2016
Sinopse: Desnecessário dizer que todo mundo já teve uma história amorosa que deu errado. E se ainda não teve, um dia vai ter. Mas por que isso acontece com tanta gente e com tanta frequência? Falta de sorte? Dificuldade em dialogar? Falta de leitura do outro? Nada disso. A verdade é uma só: quando desejamos muito uma pessoa, ignoramos todos os sinais, os aprendizados e a experiência que temos e insistimos cegamente, mesmo que as chances estejam contra nós. Sim, a paixão nos faz crer nas desculpas mais esfarrapadas e a descrer nos avisos mais óbvios, e então nos boicotamos tentando acreditar na ilusão de que dessa vez vai ser diferente. Nunca é. Marina Barbieri está há anos tentando impedir suas leitoras de se enganarem. Autora do Deu Ruim, um dos blogs sobre relacionamentos de maior sucesso no Brasil, Marina Barbieri fala neste livro sobre tudo aquilo que no fundo você já sabe, mas se recusa a assumir. Você vai conhecer personagens que provavelmente já deve ter encontrado, como o sr. Feito-Para-Casar, o sr. Distância e o sr. Problema, entre tantas outras figurinhas que estão perambulando por aí e vez ou outra atravessam a sua vida. Prepare-se para alternar entre rir alto e chorar baixinho com crônicas da vida de todos nós quando se trata de amor (ou da falta dele).  Marina Barbieri compartilha com seus leitores as roubadas amorosas da própria vida, mostrando que amar pode ser mais simples do que nós fazemos parecer.



Relacionamento, influência e negócios

Título: Relacionamento, influência e negócios: Um guia prático, inspirador e estratégico para ajudar você a dominar o mundo das vendas
Autoria: Marcio Giacobelli
Editora: Gente
Gênero: Sucesso/Negócios /Marketing e vendas
Formato: 16 X 23 CM
Número de Páginas: 144
ISBN: 9788545200574
Ano: 2016
Sinopse: Muitas pessoas vivem como se estivessem esperando a grande oportunidade para finalmente conseguir realizar o sonho de ter o próprio negócio. No entanto, quase sempre as oportunidades estão batendo à porta há bastante tempo, sem ser percebidas. A área de vendas por relacionamento (ou vendas diretas) tem sido a grande chance de muita gente, e pode ser a sua também. Neste livro, você aprenderá tudo o que é necessário para realizar seu sonho e atingir seus objetivos. Você é o responsável pela sua vida, e aqui saberá como fazer acontecer! Márcio Giacobelli não tem fórmulas mágicas, mas tem algo igualmente valioso: conhecimento de especialista. Ele apresenta inúmeras possibilidades. Caberá a você decidir qual caminho seguir.


.
.
.

E tem mais!!!!


Aproveitando este clima de inverno e férias o grupo preparou uma super promoção com os títulos das editoras. Com o título Férias Congelantes a ação traz títulos com 50% de desconto até o dia 31/07. E ara participar você pode acessar o site da editora ou visitar as Fanpages no Facebook e ficar por dentro dos títulos disponíveis:


 Boas leituras!
 

8 on 8 - Meu lugar


Olá pessoal!


Vamos a mais uma postagem do Projeto Fotográfico 8 on 8? Pois é, eu sei que está um pouco atrasado, mas não poderia deixar de postar. Principalmente porque este é um tema muito especial! 

O tema da vez é meu lugar e por isso, separei algumas fotos aqui da minha cidade para mostrar a vocês. Alguns são pontos turísticos outros não, mas todos muito especiais para mim! Vamos!!

Praia Brava, Praia do forno
Praia dos Ossos - Vista Igreja de Sant'ana
Orla
Cais do Centro
Cais de Manguinhos - Porto da Barra
Praça dos Ossos - Esculturas de crianças brincando e lendo
Ilha Branca - Vista de João Fernandes
Estátuas - Os três pescadores

Eis um pouquinho dos lugares que mais curo visitar e fotografar aqui em Búzios! Vocês já conhecem? Tem vontade de conhecer? Fica aí minha dica! =)

Espero que tenham gostado! Beijinhos!


Resenha: Azeitona, um romance - Bruno Miranda

Oi gente! Logo que vi os lançamentos da editora parceira Planeta, "Azeitona" me encantou de cara. A sinopse me chamou mais atenção ainda e, eu que achava que era uma obra um pouco clichê me surpreendi.


Título:  Azeitona - Um Romance
Autor: Bruno Miranda
Páginas: 350
I.S.B.N: 9788542207088

Ian e Emília não trocaram mais que duas palavras desde que começaram a estudar juntos, mas é o nome dela que vem à mente dele quando precisa de uma parceira para um plano mirabolante: participar de um reality show sobre casais adolescentes que vão ser pais. Isso em troca de um cachê capaz de resolver todos os seus problemas. Ian tem dezesseis anos e foi criado pela irmã, Iris, que precisou abrir mão de oportunidades na vida para cuidar dele. Agora, quando ela finalmente vai conseguir se formar na faculdade, ele se sente na obrigação de retribuir de alguma maneira. Emília, aos dezessete anos, não quer retribuir nada a ninguém – pelo contrário, seu sonho é sair de casa o quanto antes para não discutir mais com a mãe, com quem sempre teve uma relação conturbada. O fato de que eles não são um casal nem têm planos de ter um bebê de verdade parece apenas um detalhe. Mas a vida reserva surpresas, nem sempre boas, para quem acredita que é fácil inventar a própria história. O romance de estreia de Bruno Miranda, criador do canal Bubarim, no Youtube, é uma história divertida e tocante sobre relacionamentos familiares.

Resenha: O que eu nunca disse antes - Federico de Rosa

 O que eu nunca disse antes: Eu, meu autismo e no que acredito




Título: O que eu nunca disse antes: Eu, meu autismo e no que acredito
Autor(a): Federico de Rosa
Editora
Paulinas
Coleção:
Superação
Páginas:
184
ISNB:
9788535641301


Sinopse: Lançado em maio de 2016 por Paulinas Editora, o livro autobiográfico “O que eu nunca disse antes”, escrito por Federico de Rosa, um rapaz autista com profundas dificuldades de comunicação, impressiona pela profundidade e lucidez.  Federico descobriu que conseguiria expressar-se por meio do computador aos 8 anos de idade; aos 20, não só concluiu o Liceu Científico (equivalente ao Ensino Médio brasileiro), mas também tem amigos e frequenta a paróquia de seu bairro. Nasceu em uma típica família italiana, numerosa e feliz. Era um bebê lindo, loiro e de olhos azuis. Com 1 ano de idade, porém, os pais perceberam que ele começou a fechar-se em si mesmo, sem demonstrar interesse pelo que acontecia ao seu redor e sem reagir às tentativas de interação. Crescia incapaz de compreender o mundo, de responder às pessoas, de estabelecer relacionamentos.  O autismo foi diagnosticado bem cedo, e sua família o acompanhou de perto desde o começo, com o apoio de terapeutas, educadores preparados e muito amor – o que, segundo ele, sempre foi o mais importante para o seu desenvolvimento. Seu objetivo, ao publicar o livro, é ajudar as pessoas autistas que sofrem por não conseguirem ser compreendidas e construir uma ponte que as ligue à “sociedade neurotípica” (como nomeia os “não autistas”), demonstrando que o fato de estarem “presas” dentro do autismo não as torna loucas, burras ou perdidas em outro mundo. Ao contrário, têm medos, esperanças e muitas frustrações por não conseguirem fazer tudo o que os outros fazem. Uma obra muito interessante para quem quer saber o que existe “do outro lado”, dentro do coração e da mente do autista, especialmente em casos como o dele, em que a comunicação é tão difícil. Pode ser de muita ajuda, especialmente para os familiares e para as pessoas que mais convivem com autistas, como educadores e colegas de escola.


A comunicação é o ponto chave para a vida em sociedade. Por muitas vezes enfrentamos algumas dificuldades no convívio social e na própria forma que  realizamos uma boa comunicação o que evidencia o quanto, o que parece simples, torna-se complicado.

Todavia, somos indivíduos que não apresentamos distúrbios significativos no funcionamento psíquico, sendo considerados neurotípicos.

Para os autistas a comunicação não é uma tarefa simples: "Nós, autistas, que carecemos da visão imediata do todo, estamos, ao contrário, ocupados em processar mentalmente um grande número de detalhes para entender alguma coisa e, muitas vezes, sentimentos ansiedade de fazê-lo rapidamente, antes de precisar agir sem ter entendido as situações da vida neurotípica que, frequentemente, são obscuras misturas de cascatas de palavras, de comunicações não verbais e de significados implícitos não ditos." (Federico de Rosa, p.85)

Em seu livro autobiográfico, o escritor italiano Federico de Rosa, vinte anos de idade, nos apresenta o seu universo particular. O autor possui transtorno do espectro do autismo (TEA) em uma das formas mais graves. Teve seu diagnóstico na infância.
“Ouço muitas histórias tristes de autistas encostados na escola durante cinco anos, até mesmo sendo objeto de escárnio ou bullying. Quem sabe quantos deles teriam tido sucesso se tivessem sido ajudados como eu fui?” (p.101)
Ele nos participa um pouco da sua trajetória de vida, fala do amor incondicional de seus pais e irmãos, do seu convívio social, da gratidão aos médicos e professores que o assistem até hoje, de seus sonhos e a obstinação em buscar a comunicação com a sociedade neurotípica.
"Entre mim e vocês as etapas da vida e as tendências de cada idade são diferentes, mas isso não é um problema; a diversidade em si é um valor, é riqueza e variedade da nosso humanidade comum." (p.22)
Federico encontrou no meio tecnológico o caminho eficaz para realizar seus estudos e se comunicar com as pessoas. Utiliza seu computador para expressar seus sentimentos e conversar com os amigos próximos e está realizando um de seus sonhos ao publicar esse livro e poder ser “ouvido” por mais pessoas além do seu convívio.
"Compreendo  a linguagem, mas preciso de mais tempo do que o disponível num diálogo verbal, ou talvez seja melhor dizer, de mais calma, de uma condição menos premente e ansiogênica, muitas vezes bloqueadora." (p.68)
Com relação a obra física, o livro apresenta excelente diagramação, folhas brancas, com fonte em tamanho regular tornando a leitura rápida e agradável. A arte gráfica da capa e o design do livro, na minha opinião, valorizam satisfatoriamente o conjunto da obra.


A história de superação de Federico é exemplo de vida que vale a pena ser contemplada e que nos sirva de reflexão constante, recomendo a todos que tenham a oportunidade que não deixem de ler. Por fim deixo-lhes está última citação: “Se você assenta um tijolo, depois outro e não para mais, um dia perceberá que construiu uma imensa e maravilhosa catedral onde antes não havia nada.” (p.28)

Federico de Rosa estou imensamente feliz ao me comunicar com você, quando li a sinopse e a capa do livro senti, imediatamente, a vontade de conhecer a sua história. Havia uma certeza em mim que não seria apenas mais uma leitura ou uma simples biografia, mas uma verdadeira lição de vida e humanidade.

Satisfeito e extremamente feliz fiquei ao concluir essa emocionante história onde o amor, a fé e a perseverança venceram os obstáculos que por muitos são tidos como intransponíveis. Saber que não há limites, que podemos vencer é uma lição que devemos aplicar diariamente. Parabéns a editora por tornar acessível aos brasileiros e leitores de língua portuguesa obra tão essencial.

Uma boa leitura a todos!

Momento Inspirativo #7


Pixabay

Não te acuso, não te excluo, apenas escuso. O amor vive em uma continua travessia com a dor. E hoje, dói. O que era o mundo, afinal? Abandonado. E talvez, este tenha sido o pecado: doar-me. Eu joguei-me ao mais fundo que podia nessa história toda, mesmo pressentindo o erro. Que culpa tem de ser humano? Que culpa tem do corpo requerer um outro alguém? Que culpa tens, afinal, de meu amor ser possessivo demais? Não cede. Não te empresta por uma noite atoa. Amores são assim, creio eu. Mas ei de lhe ser generosa, assim como dizem que o amor deve ser. Não te acuso por ceder ao que seu corpo e coração queria. Não por ter sido quem queria ser. Por não ter amado como eu amei, por não ter se prendido como eu me prendi. Por se importar tão menos quanto eu me importava. Não te excluo como se deleta a uma lixeira e posterior, definitivamente. O quão possível seria, pois? Escuso o inescusável. Amo o não amável. Me lanço de uma ponte, decretando o fim, me acusando, me excluindo, não me escusando.

Vanessa Ribeiro
Leia outros textos de Momento Inspirativo 
 

Lançamentos Editora Paulinas - Junho/julho


Vamos às novidades da Editora Paulinas!? Como sempre a editora nos trouxe títulos infantis, temas gerais, Educação e Religião. Meu like vai para os títulos infantis que em todos os meses tocam meu coração, mas que este em especial me balanceou demais. Adorei os títulos! 

Vejam:

INFANTIS



TEM OBA-OBA NO BAOBÁ

Título: Tem oba-oba no baobá  
Autor(a): Claudia Lins 
Ilustrador(a): Mauricio Negro 
Editora: Paulinas Livros
Coleção: Árvore falante 
Páginas: 32
Sinopse “Tem oba-oba no baobá – Histórias com perfume de África”, de Claudia Lins, com ilustrações de Mauricio Negro, é o mais novo lançamento infantil de Paulinas Editora.  O livro apresenta às crianças histórias sobre pessoas e lugares especiais, como os Quilombos brasileiros, repletos de mistérios da mãe África.  Na montanha do Quilombo, a sábia tartaruga Nina Zina conta histórias para alegrar a árvore gigante que tem saudades da África, terra que nunca conheceu. Uma engenhosa aranha africana enfrenta desafios em busca das histórias que vivem na arca mágica de Nyame. Na floresta, tambores ecoam para a festa de casamento de Omoba, o filho do rei.  A obra aproxima as crianças do universo dos africanos que ajudaram a povoar o Nordeste brasileiro, de maneira leve, descontraída e curiosa.


VÔVÓ

Título: Vôvó  
Autor(a): Cacau Vilardo 
Ilustrador(a): Alexandre Rampazo 
Editora: Paulinas
Coleção: Esconde-esconde 
Páginas: 24 
Sinopse: Nascimentos, perdas, relacionamento — o mundo é pura poesia aos olhos de uma menina de sete anos Só volto na hora do lanche para comer o pão do vô — ele corta o pão em rodelinhas e passa manteiga. A minha irmã come o pão da vó — ela corta o bico do pão e põe chocolate e açúcar.  A vida é simples quando narrada por Nana, ou Maria Madalena, que ganhou este nome em homenagem à sua avó materna e agradece a Deus por não ter nascido menino, já que levaria o nome de seu avô paterno Ermetino. Neste lançamento da Paulinas voltado para o público de 10 a 12 anos, Cacau Vilardo traz os acontecimentos da vida de uma menina de 7 anos narrado em primeira pessoa. Através do relacionamento com seus avós, Madá e Zezinho, ela expressa os aprendizados típicos da infância: receio, amor, ciúme, companheirismo, alegria, decepção.  Com muita sensibilidade, humor, leveza e imaginação, a personagem narra fatos como o nascimento da irmã caçula, a escolha dos bichos de estimação e o medo das perdas. A cada página do livro, uma delicada e divertida ilustração de Alexandre Rampazo, o que ajuda a compor o cenário lúdico da obra. De maneira poética, a autora nos faz lembrar das delícias da convivência entre netos e avós. 


GERAIS



OBSESIDADE

Título: Obesidade  
Autor(a): Catherine Francis 
Editora: Paulinas
Coleção: Saúde e bem estar 
Páginas: 120  
Sinopse: Jornalista britânica especializada em temas ligados à saúde publica compilado de informações práticas para quem deseja perder peso e manter o corpo saudável. O livro “Obesidade – Dicas e estratégias para emagrecer e manter o peso” é lançado por Paulinas Editora neste mês de junho. Escrita pela jornalista britânica Catherine Francis, a obra é um guia com dicas práticas para quem luta para emagrecer. O livro ajuda o leitor a identificar se precisa perder peso, o quanto precisa perder e os motivos pelos quais tem excesso de peso. Seguindo o estilo da coleção “Saúde e bem-estar”, a autora aconselha o leitor a preparar-se antes de dar início ao plano de emagrecimento, tomando notas dos motivos pelos quais deseja perder peso, traçando metas e consultando um médico. A autora explica como funciona o metabolismo durante a dieta e oferece algumas alternativas para que o leitor escolha o tipo de programa que melhor lhe convém, com seus prós e contras. Catherine Francis apresenta ainda algumas sugestões de atividades físicas, que não só ajudam na perda de peso, mas também melhoram o bem-estar, além de dicas e estratégias para manter a motivação em longo prazo e livrar-se de vez do efeito sanfona. Um livro simples, positivo e encorajador, repleto de conselhos e dicas fundamentadas na vida real, que pode ser consultado sempre que se precisar de incentivos.


NEM TODAS AS MÃES AMAM OS FILHOS

Título: Nem todas as mães amam os filhos  
Autor(a): Rose Ferreira 
Editora: Paulinas
Coleção: Superação 
Páginas: 216
Sinopse:“Nem todas as mães amam os filhos” narra a história de Rose, que passou a vida tentando conquistar o amor de sua mãe – uma mulher com sérios distúrbios de personalidade, finalmente identificados pela filha como traços de psicopatia. Na infância, Rose sofreu maus tratos físicos e psicológicos, foi espancada, humilhada e difamada pela própria mãe, que repetia constantemente o quanto seu nascimento a fizera infeliz e trouxera dissabores para sua vida. Apesar do ambiente adverso e sem perspectivas, a autora conseguiu estudar e trabalhar, o que lhe concedeu um pouco de liberdade, até que, com a morte do pai, teve de se dedicar aos cuidados da mãe agressora. Mesmo sem entender o motivo de tanta crueldade e desprezo, convivendo com a culpa de não se sentir merecedora do afeto maternal, Rose conseguiu manter certo equilíbrio que a conduziu a uma carreira profissional bem-sucedida e a um casamento feliz.  Somente então, quando por acaso leu um livro sobre psicopatia, conseguiu vislumbrar uma personalidade tão singular. Ao compreender que não haveria como despertar-lhe amor ou qualquer tipo de emoção, embora se sentindo frustrada por não ser capaz de influenciá-la com bons exemplos e dedicação, fez um grande esforço para aceitar a realidade e escolher o perdão como forma de libertar-se das amarras do desamor e de qualquer desejo de vingança. “Deus nos deu o livre-arbítrio para que possamos escolher os nossos caminhos. Eu escolhi o amor e o perdão.” Um livro muito bem escrito, apesar do tema difícil e pesado. Mais que uma catarse, oferece pistas para o reconhecimento desse transtorno e de como lidar com ele.


OS SETE PRINCÍPIOS DO BEM-ESTAR


Título: Os sete princípios do bem-estar   
Autor(a): Luigi Jodice,Maria Cristina Strocchi 
Editora: Paulinas
Coleção: Cuidando da saúde 
Páginas: 120 
Sinopse: Médicos, os autores desta obra apresentam dicas para ajudar o leitor a alcançar o bem-estar físico e psíquico. “O bem-estar deve incluir a redescoberta dos valores morais e interiores do ser humano que, infelizmente, são muitas vezes substituídos por aqueles da aparência, da superficialidade e do egoísmo.” Com a finalidade de ajudar as pessoas a encontrar equilíbrio na base da serenidade e da saúde psicofísica, os médicos e autores, Luigi Jodice e Maria Cristina Strocchi lançam “Os 7 princípios do bem-estar – para manter-se jovem e saudável”.  Dividido em duas partes – “Bem-estar físico” e “Bem-estar psíquico” –, o livro aborda temas relacionados à busca pela qualidade de vida: a alimentação e sua influência sobre a saúde física e mental, os exercícios físicos, o estresse do mundo atual e a importância da serenidade e do relaxamento. Além disso, os autores apresentam os sete princípios da serenidade interior: o contato com a natureza, a calma, o não julgamento, a lei da causa e efeito, a aceitação, o desapego e a confiança. O texto, que possui uma abordagem simples, vem acompanhado de dicas, técnicas e, regras nutricionais para se alcançar o bem-estar psicofísico.  


RELIGIOSOS



A PRESENÇA DE DEUS NO TRABALHO

Título: A Presença de Deus no trabalho
Autor(a): Luciano Montenegro Jr. 
Editora: Paulinas
Coleção: Diálogo 
Páginas: 86
Sinopse:“Temos de ter a ousadia calcada na confiança em Deus para enfrentarmos e buscarmos aquilo que, por muitas vezes, só conseguimos com dificuldade.” Vale tudo pela carreira? Pelo dinheiro? Quais os seus sonhos e planos? Está preparado para novos desafios? Esses e outros questionamentos são provocados, sob um olhar cristão, por Luciano Montenegro Jr. em “A presença de Deus no trabalho”, que traz um conjunto de reflexões sobre o mundo corporativo. O autor traz situações reais para mostrar o quanto é imprescindível gostar da profissão que se exerce e que, no ambiente do trabalho, é possível sempre discernir a vontade de Deus para determinadas situações. Cada capítulo vem acompanhado de um exemplo comum no ambiente profissional e de um texto bíblico, levando, assim, o leitor a refletir sob um olhar cristão.  O objetivo é ajudar as pessoas em sua vida profissional, contribuindo para tornar o ambiente de trabalho mais salutar e contagiando aos demais por meio de uma convivência marcada pela boa vontade, empenho em fazer o melhor, humildade, sinceridade, confiança, serenidade, bons propósitos, assertividade, reconhecimento do trabalho alheio, simplicidade, espírito de equipe e ética.


FÉ, JUTIÇA E PAZ: O TESTEMUNHO DE DOROTHY DAY

Título: Fé, justiça e paz: o testemunho de Dorothy Day  
Organizadores: Maria Clara Lucchetti Bingemer e Paulo Fernando Carneiro de Andrade 
Editora: Paulinas
Páginas: 136
Coleção: AVULSO
Sinopse: “A publicação deste livro é um acontecimento de imensa importância. Deve ser incluído em toda bibliografia que trata da voz da Igreja em questões sociais de hoje” (Peter Casarella, professor associado do Departamento de Teologia de Notre Dame University, Estados Unidos) Doroty Day (1897-1980), jornalista americana, que após sua conversão ao cristianismo, dedicou-se a defesa da vida e da dignidade do ser humano. Seu processo de beatificação encontra-se na fase inicial, ela é considerada Serva de Deus e exemplo de vida dedicada à evangelização e à defesa dos pobres e indigentes. Esta obra, resultado de um seminário sobre a importância de Doroty Day, reúne artigos de vários teólogos e tem como objetivo evidenciar a importância desta figura ainda bastante desconhecida em nosso meio.  Publicada em parceria com a PUC-Rio, está obra é uma crítica à distribuição injusta da riqueza; os pobres são o centro desta publicação, tal como o foi da vida e da atividade de Doroty. A intuição de Dorothy Day em toda essa concepção de serviço aos pobres antecipa de muitos anos a da Teologia da Libertação. - que começou na América Latina no final dos anos 60 - quando concebeu o Deus da revelação judaico-cristã como um Deus que cuida, com especial carinho, dos pobres.  O leitor encontrará, nesta obra, uma apresentação, simples e profunda, das múltiplas facetas de Doroty Day. Ela tem muito a nós ensinar com sua vida e com seus gestos corajosos e proféticos.


EDUCAÇÃO





EDUCOMUNICAÇÃO

Título: Educomunicação  
Autor(a): Helena Corazza 
Editora: Paulinas
Coleção: Educomunicação 
Páginas: 168
Sinopse: Esta obra pretende contribuir com a Educação para a Comunicação, Educomunicação, voltada à pastoral e ao ambiente educativo. A Educomunicação reúne os conceitos de educação e de comunicação embasados nos valores humanos e cidadãos, sendo o comprometimento social e de transformação partes integrantes do conceito, em toda as linguagens da comunicação, também na cultura digital. Em sua base teórica, recupera os valores da comunicação com base no diálogo e na participação das pessoas e sua ação no mundo. As reflexões abordadas pela autora, bem como sua experiência de trabalhar a formação para a comunicação com lideranças pastorais e educativas, possibilitam-lhe afirmar que a Educomunicação é ou deveria ser um estilo de vida. A partir do momento em que a pessoa assume a comunicação como mediação cultural na reflexão, nas práticas e na convivência, ela se torna um modo de ser, de pensar e de atuar em seu cotidiano, na postura pessoal, nos ambientes ou na atuação junto à mídia. O objetivo é compartilhar um caminho de formação para que a comunicação seja considerada e vivenciada como eixo articulador nas pastorais e no processo educativo, em que as diferentes linguagens que fazem parte do cotidiano possam ser assumidas pelas lideranças. A metodologia que integra o pensar, o produzir e o conviver é componente fundamental para a experiência educomunicativa, em que teoria e prática são partes de uma mesma realidade que leva à mudança do modo de pensar e atuar em favor de práticas evangelizadoras e educativas. 
Eis então os lançamentos da Editora Paulinas
Escolhemos para leitura o livro Vôvó. 
Até logo, com resenha! =)

Para mais informações acesse:

 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas