POESIA


Ela é o tudo e o nada
O que serve e o que não serve
O prazer e a tristeza
A vida e a  morte

Em tudo se revela
E em nada se detém...
Simplesmente é!

Está além das indagações humanas
Pois é fruto das mesmas.
Não, não é para ser entendida
É para ser sentida

Viver de poesia é tudo
E por ser tudo não requer mais nada
Além da sensibilidade da vida.


Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas