Vicioso ciclo





Era noite, ele distraído retornava para casa. Estava triste. Tomou o ônibus, sentou-se do lado da janela. E pôs-se a olhar a linhas que a água da chuva criavam nos vidros dos transportes. Via tudo e não enxergava nada. Queria um amor e não tinha, queria um amigo para falar do seu querer e não tinha, queria ter forças para fazer uma vida melhor, mas a única coisa que tinha era a coragem de tomar um ônibus e voltar para casa, tomar um lanche, assistir televisão dormir, acordar ir ao trabalho, tomar um ônibus voltar pra casa, tomar um lanche, assistir televisão, dormir, acordar, ir ao trabalho...

Vanessa Vieira

Comentários
5 Comentários

5 Comentários:

  1. Enquanto estamos na intensidade de nossas vidas, rodeados de nossa rotina distrativa, estamos um pouco mais distantes das lembranças como a de não ter alguém. Então nas simples coisas que acontecem no silêncio do nosso dia, como a chuva na janela, estamos sujeitos quase que plenamente a esse tipo de pensamentos. Nossos desejos são mais claros. E doem no silêncio.

    Lindo, Vanessa.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. E fica aqui uma bela reflexão sobre a rotina acomodada que muitas vezes acometem algumas pessoas que se distraem e ficam um pouco mais distantes na roda da vida, apenas sonhando e desejando o algo a mais que não lutaram, ainda não lutaram, para conseguir...

    Bom, já sabes o que penso da tua forma de escrever e teu conhecimento de vida. Não seria diferente afinal te amo demais, entretanto reafirmo como leitor que sempre fui das tuas palavras, que a cada dia estas desvendando novos horizontes rumo a um lugar privilegiado para contemplar a beleza do por do sol.

    Beijos meu amor

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vanessa, um estado de completa prostração e tristeza você narrou em poucas linhas. São os dramas, os sofrimentos que muitos passam num silêncio recolhido. Solitários na multidão , muito triste.

    Beijos, Vanessa!

    ResponderExcluir
  4. Embora triste, melacólico, o texto é lindo! Parabéns! Você capturou a alma de momentos pelos quais todos nós já passamos. Amei, de verdade!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas