Ciclo nascente



Quando a leitura se espalha 
o poeta canta e,
pela a alegria 
poemada no peito
nasce outro poeta!

Espalhemos leituras

Vanessa Vieira




Ventos de refúgio



Gostava do vento
Quando suave
Em mim rompia
Tinha cheiro de alimento.
E Minh ‘alma agradecia


Obrigada vento!


Ainda gosto do vento
Quando suave rompe-me a brisa
Assovio com a emoção
E Minh ’alma agradece


Obrigada vento!


Ainda muito hei de amar este vento
E o terei sempre como um abrigo-refúgio
Eis que tenho-o como tempo de vida
E Minh ‘alma agradecia sempre será


Obrigada vento
Por me assoviar
e alimentar
em suave cheiro
de brisa!

Por Vanessa Vieira


Orvalhos de opções






Ruas
duas
de escolhas
Uma
em tempo
de pleno voo

caminhos
pe(r)dem
decisões

Por Vanessa Vieira



Veia poética





O poeta é um “sentidor”!

Pulsa,
sangue nas veias.

Sente,
com o olhos nos livros.

Compõe-se
em versos do meio
Im/verso em si!

Por Vanessa Vieira

Mudanças

Olá!

Como vocês podem ver o blog está passando por algumas mudanças. É certo que perdi as contas das vezes que troquei o Layout daqui. Mas sou instável, então viro um camaleão e visto as várias cores possíveis que eu quero!

Acho que fui movida pelas ondas do novo ano que chegou.


Espero que tenham gostado da nova casa e espero também que seja uma mudança longa, mas cheia de mini-mudanças (rsrs). 



Mas não é somente desta mudança que quero falar com vocês. Mas sim, convidá-los a olhar os marcadores novos quer surgiram e que ainda surgirão aqui no blog! Alguns já estão ativos

SÉRIE POEMAS INFANTIS - Um marcador compartilhado com o blog Poemando com Pequenos e com o blog Vidráguas onde me dispus a criar uma série de poemas para os pequenos. Cliquem no link e confiram.
  >>> AQUI <<<

IMPULSO (DI)VERSO - Marcador onde registro os poemas que vêm de relâmpago se instalam e ficam. Geralmente vem no meio de alguma leitura, de algum fato presenciado e por ai vai!

  >>> AQUI <<<

CONTO CURTO - Uma pratica que vi no Facebook e em um blog que visitei. Adorei a ideia. Tentei e gostei do resultado. Conto curto são histórias curtinhas com sentido ou não que vou registrando aqui. Ainda recente mas espero que se multipliquem!

>>> AQUI<<<

CONVERSOS - Um cantinho criado para as conversas poéticas. versos inspirados em autores que leio ou em pessoa que com as quais convivo e pelas coisas que me cercam também. Versos começados em outrem e trabalhos em mim e quem sabe poderão continuar sendo escritos por outrem! 

>>> AQUI <<<

VERSOS IN VIDÁGUAS - Poemas e outros trabalhos publicados às quartas-feiras no site Vidráguas!

>>> AQUI <<<

***

Os próximos marcadores virão em breve. fique atento ao final das postagens! 
Um abraço a todos
Vanessa Vieria

CarRegando



Andei
Por caminhos que não eram meus

Bebi
Em fontes que não eram as minhas

Sentei
Nos bancos privados
De uma praça quer era pública

Não os tive como meus.

Então,

Pus-me no caminho da vida

Andei!
Andei...
Andei.

Agora tenho algo a oferecer
ao público que conquistei

Andei,
bebi e
e sentei!

E tudo isso se dá
Porque um dia
ao mundo eu me doei!

Por Vanessa Vieira
Imagem: Tumblr


Corpo-r-Ação



Eis o coração que clama
E o corpo que pede

A vida
Que a passagem
Tenta ( incessantemente)
Comprar do tempo

Eis a brisa do vento

A pele,

 os olhos...

Eis o Eu, 
o Nós
E o Todos!

.
.
.

Porque a vida é feita
De  Corpo e Ação

Vanessa Vieira
Imagem: Tumblr


Processo



Cultivo...

Ativo...

Esqueço...

"Memoreço..."

"Enterneço..."

Componho...

e...

Escrevo!!

Por Vanessa Vieira
Imagem: Tumblr



 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas