Quando me descobri...


Olá! Que bom que você está aqui! Vamos tomar um café? Tenho uma coisas a dizer e talvez você possa ouvi-la. 

Sabe, é que de repente percebi que estava indo pelo caminho errado. descobri que fazer as coisas como todo mundo faz não me levaria a ugar algum... Pelo contrário, só me faria ser mais um no meio da multidão.

Minhas noites foram bem longas nos últimos tempos, e meu pensamento eram só os de agradar, mas lá no fundo minha alma gritava -Para quê....... Por quê...!?  E eu que estava perdido no meio dos pensamentos não sabia responder. A palavra de ordem era:  -Seja agradável! 

Muitas noites foram passando e eu vi  que este "trem não dava pé!" E com a razão fui buscando os porquês da minha, um tanto quanto, ingênua atitude de agradar... E estava claro como a água de uma piscina bem cuidada. Eu que era quem não enxergava...  Agradar faz bem, mas não é regra! Para ser diferente também preciso ter exceções. Foi então que comecei a correr atrás delas. 

Porém agora, não quero ser extremista, estou correndo atrás do prejuízo sim, mas medindo a força da tábua sobre o rolo. Como aquele circense que quando se equilibra nos faz encantar com sua tamanha habilidade. Pois bem, resolvi testar minhas capacidades e acreditar que é possível ser diferente e mesmo assim agradar ou não... Mas ciente de que faço o que quero e porque gosto...  E àqueles a quem não agradar deixarei um adeus, um até breve ou mesmo um Au revoir!!!!

Nossa, acho que me excedi... Mas não foi minha intensão. Só estava confabulando... Obrigada por me visitar. Espero te ver mais vezes hein! Até breve!


6 Comentários:

  1. Nossa, Van... Eu poderia ter escrito isso! Tô nesse mesmo caminho, sabia? :) É difícil, mas é maravilhoso também!

    Felicidades pra gente, então, né?

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que sintonia hein Malu! =D Concordo com você passar por essas mudanças é algo maravilhoso mesmo sendo difícil! Obrigada pela visita linda!

      Beijocas!!!!

      Excluir
  2. O que eu mais curto nos seus textos é esse ar descontraído. Você escreve sem muitas formalidades, mas de uma maneira tocante. É como se a gente estivesse mesmo batendo um papo no dia-a-dia, mas não deixando de ser uma conversa reflexiva. E é verdade, não iremos agradar sempre. Mas o importante é fazermos aquilo que acreditamos e não buscar aprovação. Adorei o post, Vanessa! Parabéns :)

    Bjão!

    http://sonhos-empoeirados.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *--* Fiquei sem palavras agora Adrizy rsrs. Obrogada pelo carinho viu! #FazerOqueAcreditamos essa é a palavra de ordem! (=

      Beijinhos flor!
      Obrigada mais uma vez!

      Excluir
  3. Oi! Me identifiquei bastante com o teu texto. Sempre fiz de tudo pra agradar os outros, até que já nem sabia direito aquilo que eu queria. Mudei meus planos e os ajustei depois disso.
    Não é porque todo mundo faz e dá certo que seja o certo. As coisas funcionam de maneira diferente pra cada um, por isso não dá pra ir só por aquilo que os outros falam.
    Gostei muito, beijinhos!

    A Canção do Silêncio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou Bia! É bacana quando começamos a nos descobrir e entendemos os nossos gostos né! =D

      Obrigada pela linda visita! :*

      Excluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas