Enem 2015 - Sobre atitudes: ações e reações

Olá, que bom ter você por aqui! 

ações, reações, diversidade, opiniões, enem2015
Foto: Luiz Rodigues - Pesquisa Web
Se você é ligado nas redes ou fez a prova do Enem que ocorreu neste fim de semana deve ter visto a grande movimentação sobre a abordagem do feminismo em algumas questões e também sobre o tema da redação que falava da violência contra a mulher. Certo?

Durante estes dias li algumas postagens sobre assunto, algumas muito interessantes da tal o assunto, mas algo muito triste me chamou atenção e por isso resolvi registrar minha opinião aqui no blog e compartilhá-la com vocês. 

Mas antes, gostaria de dizer que não estou aqui para falar de conceitos. Embora eu os tenha estudado, esta não é minha área de pesquisa e não é o que me traz aqui. Hoje me propus a falar de atitudes e consequentemente de valores. 

Se você acompanha o blog já deve saber que não sou muito a favor de extremismos. Principalmente quando a coisa vai pro lado da generalização. Essa palavra me dá alergia. Decidir que algo é assim ou assado por analisando por um ponto de vista amostral nem sempre nos dá um valor exato e por isso mesmo os estudiosos nos falam das exceções. 

Bem, a questão é que percebi muitas pessoas colocando postagens de louvor ao fato da prova abordar sobre a questão da mulher, fotos e mais fotos das com corações e aplausos. Até aí beleza, mas nestas mesmas postagens, nos comentários, eu comecei a me chocar. Pessoas que defendiam ideias e liberdades de expressão, criticando, xingando, desprezando outras pessoas que de alguma forma pensavam diferente. Sobre a questão do feminismo e também sobre a questão de gênero que de alguma forma acabou sendo o assunto principal de algumas postagens. O fato é que as pessoas discutiam sem qualquer respeito dos dois lados.

ações, reações, enem2015,
Web Imagem
Minhas perguntas para estas pessoas e para você que está lendo este post é: no que você acredita? E, que postura você tem tido para sustentar suas ideias? Vamos pensar no paraquedista... Se você percebe ele está com medo da altura, confiaria tê-lo como instrutor em um salto?  Tenho quase certeza que não. Agora, como defender igualdade, diversidade e individualidade se nós mesmos não as respeitamos? Pelo contrário, quando estamos diante delas fazemos questão de mostrar que somos intolerantes e agressivos... 

Algumas pessoas chegaram a dizer que podiam ver claramente a redação zerada dos 'esquerdistas'... Dissertação é argumento positivo ou negativo, se feito com decência, respeito... Por que zerar? Acaso estamos punindo o outro por não pensar igual? O governo deveria fazer isso? 

Meu receio sobre esta afirmativa é que muitas pessoas entusiasmadas com o boom do tema despercebidamente tenham exagerado na dose da 'defesa', ultrapassado os limites dos argumentos decentes e, quem sabe,tenham se tornado donos de um zero parecido com aqueles dos que denominam esquerdistas. 

Mas a questão ainda pior é ver pessoas pensando que estão defendendo alguma coisa, quando na verdade se percebe claramente que são apenas volume. Alguém já me disse que você confirma e reafirma aquilo que você acredita por meio de suas reações. Será que nossas reações tem afirmado aquilo que declaramos como ideal, como modelo de vida? Poucos são os que realmente sabem o que estão defendendo. Estes agem com decência, respeito. Têm atitudes e realmente demonstram saberem quais são os seus valores. 

Como disse, não vou generalizar. Mas a questão é séria e deixar de falar seria entrar em uma multidão. Ser volume ao invés de opinião... E falando nisso, você sabe em que parte dessa exceção você está? É Maria, dona de suas decisões, ou vai com as outras? 

Penso que vale a pena tirar um tempo para refletir sobre o assunto. Porque durante muito tempo fomos escravos de uma opinião massiva que nos era enfiada pela garganta e hoje, que temos voz, caímos no engodo de não saber utilizá-la. 





Comentários
1 Comentários

1 Comentários:

  1. Eu acho assim, é ótimo defender seu ponto e vista e expressar suas opiniões,mas tudo tem um limite,muitos viram o feminismo numa simples redação cuja tema era violência,tudo bem que era a violência contra mulher,mas foi por causa da aprovação de uma lei contra a violência contra mulheres.Então,acho que não devemos ser extremistas, é claro que eu defendo ideais de igualdade dos gêneros,mas daí a dizer que todos os homens são machistas e que vão zerar na redação é um passo enorme,estão confundindo ideias e,no final,os argumentos vão se perdendo na própria rede que esses extremistas criaram.
    Gostei do seu texto,faz refletir muito e aponta os lados do assunto :)
    Essa é minha singela opinião :)
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas