Resenha: O silêncio dos amantes - Lya Luft

Eu sou muito apaixonada por contos. Acredito que é uma ótima saída para aqueles momentos em que não é possível ler um livro completo, ainda mais para todos aqueles que, assim como eu, não saem sem um livro na bolsa.


Título: O silêncio dos amantes
Autor (a): Lya Luft 
Editora: Record
Ano: 2008
ISBN: 9788501071934
Páginas: 159

Em O SILÊNCIO DOS AMANTES, seu retorno à ficção, Lya Luft mais uma vez nos surpreende com histórias ligadas por alguns de seus temas prediletos desde os primeiros livros: a incomunicabilidade e o silêncio entre pessoas que se amam ou deviam se amar, os conflitos familiares, a busca de um sentido da vida, rancores, incompreensão, mas também magia e amor nos relacionamentos.Um casal supera as dores do passado e encontra um novo caminho bastante singular; a rotina não permite enxergar o drama de quem está ao nosso lado; a mágoa e a revolta explodem numa libertação violenta; o preconceito em relação ao diferente pode ser mortal; a superficialidade impede de viver um verdadeiro amor; a morte revela o valor da vida: todos somos tocados pelo mistério. Com coragem e delicadeza, Lya Luft nos provoca a vermos sob um novo prisma o nosso cotidiano, pressentindo a imprevisibilidade, que o torna mais rico. "Ser humano, com toda a miséria e grandeza que isso significa, não é apenas precisar de amparo e consolo, mas também enxergar, abaixo da superfície e atrás das paredes, novas possibilidades de viver e se relacionar." - completa a autora. 

O silêncio dos amantes é um livro que trata basicamente do silêncio entre as pessoas. A falta de comunicação é algo sério, que existe e atrapalha muito relacionamentos, sejam eles entre um casal ou entre pais e filhos. Um livro de 2008 e que traduz muito bem os dias de hoje, que aliás, estão a cada dia pior devido a grande importância que se dá às redes sociais.

A Lya Luft trouxe esse assunto de uma forma diferente, mas que nos leva a uma grande reflexão, já que cada relacionamento é quebrado, quase sempre, de forma brutal. Ela usa a ficção para nos mostrar como estamos nos relacionando com quem está ao nosso redor. 

No conto Fruto do meu Ventre mostra um pouco sobre como as diferenças físicas fazem com que exista uma separação de pessoas. A garota, que não recebe nome, sempre foi a feia do grupo. Aquela que nunca se casaria. Ela cresce conformada com sua situação e, além de tudo, sozinha. Tenho para mim que a criatura que sai dela nada mais é do que seus medos, preconceitos pessoais e tudo de ruim nela, materializados. 

O livro é bem melancólico e pode ser que não agrade a todos, mas o que acho mais legal nele é que coisas mágicas acontecem e às vezes não. Quando falo de mágica e mágica mesmo, por exemplo no meu conto preferido.

O conto Encontros é muito divertido e triste. No meio de toda uma vida organizada, a mulher percebe que algo está mudando em seu corpo e acredita que duas marcas que aparecem em suas costas são sinais de câncer. Com o passar dos dias essas marcas começam a se abrir e algo maravilhoso acontece. Algo que ela logo se sente confortável, porém triste por não poder compartilhar com a família. Como diz, algo assim ninguém compreenderia e a colocariam como um monstro. 

Apesar desse clima obscuro que o livro pode aparentar ter grande parte do tempo, O silêncio dos amantes conta com 20 ótimas histórias que te distraem de uma forma tão gostosa que você nem vê o tempo passar. Como é um livro curto, você, sem dúvida, vai querer reler várias vezes. Eu mesma já fiz isso. A escritora conseguiu me entreter de uma forma tão incrível que esse livro se tornou um dos meus queridinhos. Vira e mexe ele vem parar na minha cabeceira, sabe, antes de dormir. Leitura super recomendada.



Comentários
22 Comentários

22 Comentários:

  1. Olá Milca!
    Lembro de sempre ver esse livro a venda a alguns anos, ficar na curiosidade e nunca ter comprado. Gostei da sua resenha e infelismente acredito que ele seria uma leitura que não me agradaria :(
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! NOS SIGA E PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na próxima vez que o vir, compre hahaha

      Excluir
  2. Nossa....apesar do livro me parecer bem bacana... Acho que no momento que estou passando se eu o ler esse livro vou cair em um rio de lágrimas.
    Assim como você também acho bacana livros de contos.
    Um abraço
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, é bem melancólico mesmo, mas não deixa a gente depressivo. Pode ler sem medo

      Excluir
  3. Olá, pela capa, título e sinopse, eu não me interessaria pelo livro, comecei a ler a resenha pensando que iria detestar mas foi bem o contrário, não conheço o livro mas fiquei curiosa com ele, a princípio assusta um pouquinho mas acho que esse tipo de leitura pode ser bem proveitosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não julgue o livro pela capa e nem pelo título hahahah

      Excluir
  4. Olá, Milca!
    Não conhecia este livro. Achei bem interessante o fato de ser composto por contos! Isso é realmente ótimo para quem está sem tempo ou quem desviar um pouco de alguma eventual leitura que está parada há muito tempo. O tema é mais impressionante ainda: o silêncio entre as pessoas - como você mesma disse, principalmente hoje com essas redes sociais que destroem inúmeros relacionamentos. É algo bem atual!
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim e olha que na época em que foi escrito as redes sociais não predominavam tanto quanto hoje e olha só...

      Excluir
  5. Ola Milca eu adoro a escrita da Lya já li um livro dela e me apaixonei, faz tempo que não leio nada da autora, e adorei essa sua dica de contos, como sempre sua escrita vem carrega de emoção e muitas verdades. Fiquei bem curiosa com esse conto que destacou. Dica mais que anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Oii,

    Eu sou suspeita porque adoro tudo o que a Lya Luft escreve. Acho que ela tem o dom da sabedoria. Realmente vivemos na época do silêncio e este livro me deixou curiosa para saber como ela vê esta nossa realidade. Espero ler este livro em breve.

    Paz e Beijos
    Juci Pauda
    jusemfrescura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu também adoro contos, são super rápidos de ler quando está um pouco sem tempo, fiquei com vontade de ler o Encontros, apesar de parecer triste, eu gosto, pra refletir sabe.

    Beijos
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Milca.
    Diferente de você, raramente leio contos. Prefiro histórias grandes hehe. Mas me interessei por esse por causa do tema abordado. Realmente as pessoas tem tanta facilidade de se comunicar hoje em dia e se comunicam menso ainda. Já cansei de ver pessoas na mesma sala e cada um com um celular na mãe e ignorando o outro ao lado. Se der eu vou ler ele.

    ResponderExcluir
  9. Conheci Lya Luft quando ela era colonista da revista época, (ela ainda é?) e adorava seus textos. este foi o primeiro livro dela que eu li e me apaixonei pelas histórias e pela artimanha com as palavras. Muito orgulho dela ser gaúcha (tb sou) e do talento sem fim!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Já ouvi falar da autora, mas ainda não li nada dela. Não sou fã de livros de contos, então pensaria duas vezes antes de ler esse livro, mas você falou tão bem dele que eu até fiquei curiosa. Gosto de histórias melancólicas...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Além de tudo que tu falou na resenha, Lya Luft é uma escritora sensacional né???? Adoro ela...
    mas não conhecia esse livro não!!!

    Adorei a tua resenha, e que verdade vejo lá bem no começo quando se trata da falta de comunicação, e parece que só piora né??? Um livro super atual, mesmo sendo lá de 2008!

    Mais uma leitura que vou procurar!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oie Milca
    Conheço a escrita da Lya Luft, mas ainda nao conhecia essa obra. Não sou muito fã de contos, leio muito pouco. Mas se tratando da autora, até acho q seria uma boa leitura sim. Mas, tenho que confessar que uma coisa me desanimou... quando você comenta que pode ser um pouco melancólico, já vi a leitura com outros olhos...
    O enredo é bem interessante. O silêncio que se revela entre as pessoas acaba com muitos relacionamentos, principalmente hoje em dia que temos o celular nas maos o tempo todo, onde fica mais fácil interagir virtualmente do que pessoalmente. Difícil isso!
    Bjo

    ResponderExcluir
  13. Oi, Milca
    Também não sei de casa sem um livro na bolsa.
    Infelizmente tem razão em relação a comunicação entre as pessoas e as vezes parece que não sabem o como quebrar esta barreira, mesmo sendo um conto serve para refletir.

    Abraços Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  14. Amiga eu já ouvi falar muito desse livro, mas nunca tive muito interesse em ler viu?
    Eu acho que não faz muito meu gênero não, mas gostaria de conhecer alguma coisa claro, até porque odeio julgar o livro sem antes dar uma espiada. Provavelmente pegarei em ebook que fica mais fácil e ai se eu gostar quero ainda ler as outras obras, até porque eu sei que tem outras. Mas por agora, acho que não leria não. Agora quero é descanso pra minha cabeça isso sim! hehehehe

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-guerra-dos-fae-as-criancas.html

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Nunca ouvi falar neste conto. E é bem verdade que não gosto de ler contos, sempre fico esperando por algo mais quando eles terminam, então eu evito a leitura. Contudo, gostei da premissa e do tema abordado, espero ter a oportunidade de lê-lo em algum momento próximo, é um tema muito importante, principalmente nos dias atuais.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi, flor. Acredita que ainda não li nada dessa autora? Mas pretendo. Talvez devesse começar por esse livro, porque gosto de contos e esse quê mórbido me envolve nas leituras… Sempre acho que a tristeza é um dos sentimentos mais humanos que temos. Enfim, acho que o tema comunicação rende, certamente, ótimas histórias e fiquei curiosa para conhecê-las.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Sabe que eu também não sou muito chegada a contos, mas sempre procuro pra esfriar um pouco a cabeça? Quando os problemas pessoais estão graves demais ou simplesmente saí de um drama muiiito pesado (adoro dramas hehe). Adorei sua dica! Eu já comprei dois três livros de contos esse mês, fiquei com vontade desse também. Vou anotar a dica!

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia essa autora e não tenho nenhum livro dela também, mas tenho a impressão de que vou gostar. Gosto de livros que tratam desse tema, pessoas que se amam mas não se comunicam, conflitos familiares... Acho que é porque talvez esses temas são mais reais. Mas agora não seria o momento rs Ultimamente estou pulando melancolia da minha vida hahaha Adorei a resenha do conto, gostei dele também.
    -Mari

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas