Resenha: Pensei que fosse Verdade - Huntley Fitzpatrick

Título: Pensei que fosse Verdade
Autoria: Huntley Fitzpatrick
Editora: Valentina
Páginas: 336
Ano: 2016
Idioma: português
ISBN-13: 9788558890069
Skoob
Sinopse: Um passado a ser esquecido. Um presente nada promissor. Um futuro a ser conquistado.
“O PARAÍSO À BEIRA-MAR.”
“O SEGREDO MAIS BEM GUARDADO DA NOVA INGLATERRA.”
A ilha de Seashell, onde passei minha vida inteira, é tudo isso e muito mais. No entanto, a única coisa que eu quero é ir embora daqui. Gwen Castle nunca quis tanto dizer adeus à sua ilha natal quanto agora: o verão em que o Maior Erro da Sua Vida, Cassidy Somers, aceita um emprego lá como faz-tudo. Ele é um garoto rico da cidade grande, e ela é filha de uma faxineira que trabalha para os veranistas da ilha. Gwen tem medo de que esse também venha a ser o seu destino, mas, justamente quando parece que ela nunca vai conseguir escapar do que aconteceu – ou da ilha –, o passado explode no presente, redefinindo os limites de sua vida. Emoções correm soltas e histórias secretas se desenrolam, enquanto Gwen passa um lindo e agitado verão lutando para conciliar o que pensou que fosse verdade – sobre o lugar onde vive, as pessoas que ama, e até ela mesma – com o que de fato é.


Pensei que Fosse Verdade é o segundo livro de Huntley Fitzpatrick, que teve estreia e grande aceitação dos leitores com o Young Adult Minha vida Mora ao lado. Também voltando para a juventude esta segunda obra vem nos contar um pouco sobra a vida de Gewn Castle.

A jovem mora na ilha de Seashell, com seu primo Nic, seu irmão mais novo Em, sua mãe e seu avô. Seu pai também reside ali, mas é separado da mãe. Nic namora desde pequeno com Vivien que é a  melhor amiga de  Gewn.

Na ocasião em que somos apresentados à história todos na ilha se preparam para mais uma temporada de verão, temporada esta que será decisiva para muitos dos jovens que moram por ali.

Sempre que Nic e eu cismamos que o copo está meio vazio, ela consegue, com seu jeitinho, fazer com que a gente veja que está meio cheio, e que o garçom vai aparecer a qualquer momento para enchê-lo até a borda

Nic, o primo, deseja a vaga de capitão da equipe de natação, pois acredita que esta será sua maior chance para posteriormente entrar para a guarda costeira. Acontece que ele terá que disputar esta vaga com Spense e  Cass, que por sua vez, foi mal na escola é forçado pelo pai a aceitar o emprego de faz tudo da ilha e precisa estudar para recuperar as notas; Spense quer curtir a vida; Viven, está às voltas com as decisões do namorado e com o rume que pretende dar para sua vida.

Gwen, nossa mocinha, aceita um novo emprego, precisa cuidar do seu irmão, entender a melhor amiga e seu primo e no meio disso tudo,  reencontra Cass relembra situações complicadas do seu passado e isso a faz repensar muitas de suas atitudes. Não bastasse isso ainda precisa pensar no seu futuro após a escola.

Leituras 2017, pensamentos valem ouro, blog literário, foto vanessa vieira, livros, editora valentina, books, Hunntley Fitzpatrick


Gwen, Nic e Vivien são filhos dos trabalhadores da ilha enquanto Spence e Cass, são filhos dos veranistas. A tensão entre favorecidos e não favorecidos, oportunidades versos facilidades,  deixa a tensão ainda maior entre o grupo de jovens. 

Pois é minha gente! O circo está armado e quem  nos leva para passear nesta ilha e conhecer a história de cada um desses personagens é a jovem Gwen.

Quando li que esta era uma história cheia de emoções e decisões, achei que fosse mais uma daquelas onde uma mocinha indecisa precisa decidir sua vida e fica naquele vai e vem, mas a autora nos presenteia com uma história fantástica, com personagens muito bem construídos e que têm história para contar.

Deixem que as histórias dos outros sejam contadas por eles mesmos

Diferente da minha impressão inicial, Gwen, se revela uma menina equilibrada, embora confusa com a quantidade de situações conflituosas pelas quais precisa passar. Não dá pra pensar só em si mesmo quando uma pequena atitude pode gerar grandes mudanças na vida de quem convive com você. E diante desta reflexão a jovem nos ensina muitas coisas interessantes.

São 300 páginas de muita surpresa e, parece que, a autora percebe quando é a hora de trocar o assunto e fazer a leitura dar uma virada para chamar novamente a atenção dos leitores. Me senti numa montanha russa em cada curva uma surpresa e uma nova curiosidade aparecia.

Você gosta de história recheadas e de segredos? Então está no livro certo!

A gente não pode enfrentar a verdade se ninguém contar, não é?

Eu poderia contar mais sobre a trama, mas gostei tanto que fico com medo de revelar mais do que o necessário, então deixo com vocês a curiosidade e a expectativa.

Fiquei triste quando a "temporada" terminou, porque a leitura fluiu bem e eu não queria me despedir do livro, mas tenho certeza que ele me fez refletir sobre muitas coisas e vai estar guardado em minhas memórias.

Então, se você gosta de livros leves, que te façam sorrir, chorar, refletir, este é uma boa pedida. Sem falar que a escrita da autora é sensacional! Me apaixonei gente, de verdade!


Parabéns para a Valentina, a edição está muito linda, de capa a capa.Ache fantástico os detalhes nas primeiras palavras no início de cada capítulo e também o diferencial nas páginas, ficou sutil e bem charmoso. As letras são médias, mas não atrapalham o desenvolvimento da leitura. gostei bastante!



Sobre a autora:

Huntley Fitzpatrick cresceu sonhadora e distraída na costa de Connecticut. Ela nasceu em uma família de leitores ávidos, onde todos sempre tiveram seu nariz em um livro. Ela manteve um diário exaustivamente aprofundado que assustou seus namorados, mas revelou-se muito útil em sua carreira como escritora. Seu romance contemporâneo de estréia, My Life Next Door ( Minha vida mora ao lado), foi publicado em Junho de 2012 pela Penguin-Dial para jovens leitores. Agora, ela ri, e escuta seus seis filhos quando querem fornecê-la perspectiva e material. Ela é representada pela incrível Christina Hogrebe da Agência Jane Rotrosen. No Brasil, seus livros serão publicados pela Editora Valentina. 



Livro cedido pela Editora para leitura e resenha



Comentários
10 Comentários

10 Comentários:

  1. Oi Van,
    Eu li esse livro ano passado e adorei a leitura!! A escrita da autora é muito gostosa, e o lugar é lindo, da até vontade de ir morar em Seashell.
    Adorei a resenha, fez jus ao livro!!
    Beijos ♥
    http://www.pequenosvicios.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Eu não conhecia a obra, mas fiquei bastante curiosa. Quando pego um livro de YA para ler sempre imagino que o livro irá ficar na mesmice, sem apresentar surpresas ao leitor. Mas saber que esse livro te colocou em uma montanha-russa e soube explorar diversos temas em momentos oportunos já me deixa ansiosa para lê-lo.
    Particularmente, não gostei da capa. Mas, depois da sua resenha, com toda certeza, leria a obra!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá Vanessa,
    Já conhecia essa obra e estou louca para ler.
    Nem preciso dizer que fiquei mega feliz por saber que você gostou tanto assim do livro, né? É muito legal quando não queremos que uma obra termine, mas é melhor ainda saber que sempre guardaremos ela no coração.
    Adorei suas impressões e espero ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá, Nessa.
    Eu não conhecia o livro, e confesso que a sua resenha me deixou com MUITA vontade de lê-lo.
    É o tipo de livro que eu gosto, ainda mais quando se envolve muito mistério.
    Com certeza já está na minha lista de desejados. Espero lê-lo o quanto antes!

    ResponderExcluir
  5. Oi Van,
    Eu gosto muito de ler romances, é um dos meus gêneros favoritos..
    Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de ler ^^
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ei, Vanessa!
    Eu n tenho tanto amor assim por romances, mas acabei gostando da premissa desse livro devido à maturidade da personagem em enfrentar decisões q pensar antes de tomá-las. Gosto quando personagens que parecem clichês simplesmente mostram pra gente que são tudo , menos comuns. Vou dar uma olhadinha no livro! ;)

    ResponderExcluir
  7. Oii..
    Eu já ouvi falar sobre esse livro, muito bem por sinal. Mas ainda não tive aquele interesse de ler, sabe. Estou com outros projetos de leitura atualmente e sem ânimo para outros gêneros.
    Espero que um dia eu possa lê-lo e ver se é tão bom quanto dizem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Gosto bastante do gênero YA, é um dos meus gêneros favoritos só não ultrapassando o gênero terror, mas essa história me chamou atenção e me lembrou um livro que li, por contar dos segredos que você disse que estava presente na historia. Adorei a premissa e pretendo colocar na minha lista.

    ResponderExcluir
  9. Eu fiquei meio confusa kkkkk muitos personagens pra pouca história não? Kkkk não conhecia o livro e a capa é bem bacana, por saber que é um YA já me despertou curiosidade, preciso pegar com calma e entender.

    Beijokas

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas