Resenha: O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase

Como vocês podem ver, aos pouquinhos estou voltando com as leituras e algumas resenhas começarão a aparecer por aqui. E para retornar bem comecei a leitura por aqueles gêneros que tenho mais afinidade. Tenho alguns, muitos, livros na lista de leitura, mas por agora minha intenção é apenas ler e compartilhar com vocês minhas impressões. Ler com calma, sem pressa e aproveitando o máximo este meu novo momento! 

Mas deixemos de papo e vamos para a resenha? 

Resenha, literatura estrangira, Livro O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase, blog pensamentos Valem Ouro
O príncipe dos Canalhas - Loretta Chase/ Foto: Vanessa Vieira

O Príncipe dos Canalhas foi o primeiro livro publicado no Brasil da autora Loretta Chase. A obra é escrita em terceira pessoa e nos conta a história de Jessica Trent e Sebastian Ballister. Ele, o Marquês de Dain, mais conhecido por todos como belzebu, por causa de sua aparência. Ela, uma dama à frente do seu tempo que busca salvar seu irmão das ruínas que este novo amigo tem, aos poucos, lhe proporcionado. 

Sebastian sofre com as durezas da vida. E aprendeu a ser forte na marra, após vencer as rejeições que sofera do seu pai, seu amigos na escola e das damas que, pela sua aparência preferiam manter distância. Desacreditado do amor ele vivia para os negócios e para as farras que a vida lhe podia proporcionar. 

Jéssica, cresceu ajudando a criar seus primos, então estava muito acostumada aos autoritarismos masculinos e sabia muito bem como lidar com eles. Sem falar que, com sua inteligência e sabedoria, poucas vezes se deixava abater pelos "escândalos" e disse me disse comuns à sua época.

Ao fazer o encontro desses dois personagens ímpares, Loretta nos mergulha em uma história de muitas emoções. Recheada de personalidades fortes, situações inusitadas com desfechos bem interessantes e intrigantes. 

Por ser escrito em terceira pessoa o livro nos dá a possibilidade de observar os dois lados da história e a escritora conseguiu fazer isto tão bem que, pelo menos no meu caso, foi impossível escolher um lado para defender. Os dois personagens me cativaram de uma forma singular e confesso que quando terminei a leitura fiquei querendo mais detalhes, mais desdobramentos, mais história.

De uma forma geral eu diria que é um romance simples porém muito bem construído! A autora é direta e não faz muitos rodeios. Sem contar que a mocinha, mesmo vivendo em uma época complicada para as mulheres, nos mostrou que é sempre possível dar a volta por cima do machismo que impera na sociedade! Característica marcante da Loretta para suas mocinhas! Digo porque já li e estou lendo outros livros da autora.

Não vou revelar muitos detalhes da história porque posso acabar dando informações preciosas aos que ficarem curiosos. E confesse que neste enredo eu me deliciei por não saber nadinha da história!

Fica então me dica para vocês que amam romances de época e para vocês que estão buscando uma boa história de amor para alegrar a vida.

A leitura é rápida, concluí em dois dias. Fui curada de uma ressaca de dois anos em tempo recorde!! Então, muitos pontos para a querida Loretta Chase!


Vou ficando por aqui queridos! 
Abraço grande!


INFORMAÇÕES DA OBRA


Título: O Príncipe dos canalhas
Autora: Loretta Chase
Ano: 2015
Páginas: 288
Sinopse: Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...
Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.
Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.
Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.



Postar um comentário

22 Comentários

  1. Eu gosto muito de romance de época, história de amor me encanta, e esse livro tem uma história emocionante, a leitura é fluída, a autora Loretta Chase trouxe emoções na história, gostei da sua indicação de livro, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucimar! Que bom que gostou! Este livro foi uma surpresa pra mim! :)

      Excluir
  2. Personagem que bate de frente com o machismo em livro de romances eu já amo kkk ainda não conhecia esse, mas já fiquei extremamente curiosa para lê-lo.
    Parece ser um bom livro... adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaela! Também amo personagens assim! Acho que você vai adorar a mocinha deste livro! Hehe

      Excluir
  3. Na verdade eu não tenho tanto tempo para ler romances assim como antes pois a maiori do meu tempo dedico aos técnicos.Mas este livro pretendo conferi-lo em breve..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei bem como é Robson! Espero que consigas um tempinho para ler. É uma história bem bacana!

      Excluir
  4. Eu gosto de histórias de época, e o recurso da narrativa em terceira pessoa sempre me permitem um maior envolvimento com os personagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também curto muito livros em terceira pessoa Andrea!! 🙂

      Excluir
  5. oi
    Adorei a resenha e o livro! A história é muito boa, amei são bem fortes.. Super indico o livro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber Joana! Estou anestesiada até agora com eata leitura!! Rsrs

      Excluir
  6. Oi Vanessa,

    Sou louca para conhecer a escrita da Loretta e me animei bastante com a sua resenha, talvez eu deva começar por esse livro. Gostei bastante de saber que a mocinha vai dar a volta por cima em uma sociedade que era tão machista e que foi uma leitura fluida. Amei o post, arrasou!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice! Comece!! A Loretta tem uma escrita muito leve! Você não vai conseguir parar de ler!! =)

      Excluir
  7. O príncipe dos patifes: Um homem com quem nenhuma dama respeitável deve ter um relacionamento ou compromisso. É dos livros com muitos prêmios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão Lenny! E premios merecidos não é!? srsr

      Excluir
  8. Loretta Chase já início a sua escrita no Brasil com chave de ouro , este livro tem uma história bem realista , o príncipe e aquele homem que nenhuma mulher merece sem envolver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Uma dualidade incrível que a autora conseguiu nos apresentar Márcia!

      Um beijinho!

      Excluir
  9. Olá, tudo bem Vanessa?

    Eu particularmente não curto muito romances, mas sei que o gênero fazer um grande sucesso aqui no Brasil e tem grandes autoras na Arqueiro e outras editoras, inclusive algumas costumam vir na Bienal e isso é ótimo. A sua resenha ficou excelente, está de parabéns e fico contente que gostou da leitura.

    ResponderExcluir
  10. Faz tempo que não leio um romance, mas super me interesso por esses que se passam em épocas passadas. Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São uma bela viagem no tempo! Sempre que posso leio um desses, me despertam muitas curiosidades! srsr

      Excluir
  11. Gosto muito desses livros que falam de amor e nos fazem acreditar no amor de novo, e mais uma vez, tem uns que nos dão esperança até. Gostei da forma que tu escreve. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Nati! E é sempre bom ter esperança não é!?
      feliz que tenha gostado da escrita!

      Um grande abraço!

      Excluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br