Resenha: Os versos da minha Infância - Jurema Chaves

Hoje nossa dica de leitura é o livro Os versos da Minha Infância, escrito pela poeta gaúcha Jurema Chaves. Tive a oportunidade de conhecer o trabalho da autora no ano de 2018, quando a festa literária da escola onde trabalho tinha a proposta de estudar autores de regionalistas do nosso país. Foi uma experiência bem interessante! 

Poesia infantil, poesia gaúcha, poesias, blog literário, Jurema chaves, Pensamentos Valem Ouro
Foto: Vanessa Vieira


Nesta obra, "Os versos da Minha Infância", Jurema apresenta a cultura gaúcha partindo de versos totalmente voltados para os pequenos, principalmente aqueles desde pequenos já começam a declamar seus primeiros versos.

Em todos os versos o eu lírico é uma criança, variando entre as vozes feminina e masculina, mas independente disso a voz de uma criança que está entusiasmada para falar sobre seu amor pela sua terra, pelas tradições, pelas experiências contadas por seus ancestrais dos mais distantes aos mais chegados. 

"Minha vó tão amada
Que me ensina tanto de amor
Entre pontos e bordados
Desenha suas memórias"

 São 31 Poesias inéditas onde a autora no traz com imensa responsabilidade e sensibilidade as tradições e o folclore de sua terra, mostrando-nos seu amor pela história do seu estado. 


Bendito seja, Rio Grande
Na estampa em que fui forjado
Trago heranças do passado 
(...)


Vale ressaltar que mesmo sendo versos para o público Infantil os poemas não perdem em nenhum momento em qualidade, como muitas vezes presenciamos por aí. As estrofes são muito bem organizadas e a musicalidade dos versos nos envolve de maneira tão ímpar que fica difícil não querer ver uma criança recitando ou cantando aquelas linhas. Na verdade, creio que além de encantar as crianças os versos de Jurema sem dúvida encantam também os adultos dada sua singeleza e profundidade. 

É um livro que pode ser lido em poucas horas, ou mesmo em algumas semanas, dependendo apenas da sede do leitor de se aprofundar nos detalhes da cultura que o livro apresenta. Sua diagramação é simples e atinge perfeitamente o propósito para o qual foi escrito. Há valorização dos versos e as cenas ficam a cargo da imaginação leitor.

Vale muito a pena a leitura, a reflexão e o compartilhamento deste lindo trabalho. Por isso mesmo não hesitei em trazê-lo aqui para que mais pessoas conheçam o trabalho lindo da Jurema  e se familiarizem um pouco com as tradições gaúchas, que abrilhantam esse nosso lindo Brasil!
(...)
A tradição, minha gente
É uma estrela incandescente
Que brilha constantemente
Num gaúcho coração. 


Sobre o Livro:

Título: Os versos da minha infância
Autora: Jurema Chaves
Editora: Bastos Produções
Ano: 2018
Sinopse: (..) Este livro apresenta 31 poesias inéditas para a criançada que começa a declamar seus primeiros versinhos. 
É a doçura do mundo retratado na infância através da sensibilidade de quem entende e sabe transmitir o folclore e as tradições para as crianças. É a prendinha aprendendo com a vovó, o piazito orgulhando seu pai ou avô como tropeiro domador (...)  | Rogério Bastos|
Sobre a Autora:
Jurema Chaves, natural de Encantado - RS, é poetisa, declamadora premiada em inúmeros festivais dentro e fora do estado. É ativista cultural, membro de comissões avaliadoras em vários festivais como o Fegart, Enart, Rodeio de campeões. Participou em inúmeras antologias poéticas e tem músicas gravadas em CDs por diversos artistas. Em 2008 recebeu o troféu RS Mulher Farroupilha, oferecido pelo Governo do Estado do RS.



Muito interessante o trabalho realizado pela Jurema minha gente! E para aqueles que quiserem acompanhar as ações da autora deixarei aqui a página que ela mantém no Facebook. E não esqueçam de comentar as impressões que vocês tiveram da resenha hein!

Até breve!!!

Postar um comentário

22 Comentários

  1. Depois de ler esta abordagem da cultura de um povo expressa em versos para crianças, eu aplaudo!

    Sabemos como as crianças são esponjas de absorção de informação ,e sabemos também que a cultura de um povo é sempre um tema muito pouco abordado nesta facha etária, por isso ao declamarem recebem a informação.
    Bravo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Mz. Concordo com você sobre a importância do trabalho com a cultura! Vale muito a pena!

      Excluir
  2. A capa do livro é bastante fofo, os versos encantam muito, muito legal a autora apresentar a cultura gaúcha no livro, e principalmente voltado para os pequenos, o livro é uma boa dica para os pequenos aprender com os versos, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei apaixonada pela capa Lucimar! E não tem nada melhor do que aprender com os versos não é!

      Um grande beijo!

      Excluir
  3. Linda capa!
    Acho que os poemas não são apenas para criança, como você diz na resenha.
    Parabéns à autora e a você pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São poemas incríveis Ana! Muito bem escritos e inspiradores! *-*
      Muito grata por sua visita! Um prazer tê-la por aqui!

      Excluir
  4. Da capa até a descrição do livro tudo fala muito! Lindo e parece ótimo! beijos, sucesso à autora! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz que tenhas apreciado Chica! Um grande abraço!

      Excluir
  5. Um belo convite à leitura e um precioso semear da poesia no solo fecundo da infância. Muito bom.

    Te convido para ler: 😎 Ratoeira do egoísmo, cilada da indiferença.
    Um abraço. Tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo Antônio! Semear poesia é sempre bom não é verdade!? =D

      Excluir
  6. Sou gaúcha e já senti orgulho da autora .
    Os versos da Minha Infância é voltado principalmente aos nossos pequenos que desde cedo começam a declamar seus versos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma cultura muito rica e preciosa Márcia! Fico encantada quando visito. Ensinar as crianças a se expressar desde pequenas é um presente e tanto!

      Beijinhos!

      Excluir
  7. oi!
    Que dica maravilhosa :D eu amo poemas, não conhecia o trabalho da Jurema Chaves. Vou pesquisar mais sobre ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joana! Espero que goste! A Jurema tem um trabalho muito lindo!

      Excluir
  8. Sempre gostei muito de como os gaúchos conseguem escrever poemas tão lindos remetendo ao próprio estado deles. É um amor sem igual.
    Um livro gostoso para os pequenos sem dúvidas, apresentar poesia cedo é perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana! Partilho contigo desta admiração! Uma cultura que vale muito a pena conhecer e divulgar! =D

      Beijinhos!

      Excluir
  9. Olá Vanessa,

    Ainda não conhecia esse trabalho, mas já me vi encantada pelo o mesmo. Eu sou fissurada por poesias, mas não lembro de já ter lido algo voltado pata o público infantil. Com certeza é uma obra que quero muito ler e disseminar para a minha sobrinha. Amei seu post, está lindo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Amo poemas e adorei a dica, sem dúvida para qlquer idade quem saiba apreciar a beleza de uma poesia.

    ResponderExcluir
  11. As palavras são simples, mas a combinação delas se torna tão intensas que cativa muito. Só pelos trechos fiquei curiosa para ler o resto. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Que coisa mais linda! Poesia é atemporal, não é mesmo?
    Amei! <3

    Beijos,
    Isa Gomes

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro, mas achei bem interessante a resenha e gostei da dica. Eu particularmente gosto de versos e poesias, mas tem tempos que não leio.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Olá! Ai, eu adoro poemas, então já fiquei encantada com o livro. Achei uma ideia tão linda e delicada fazer uma obra remetendo a infância e para crianças. Fiquei muito curiosa para ler. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br