Café Poético - Elke Lubitz

Adicionar legenda
Olá gente linda!

Vem chegando nosso primeiro Café Poético do ano de 2020. E para este momento especial, escolhi também uma pessoa bem especial para homenagear. 

Nossa poesia de hoje está nas veias artísticas da queria poetisa Elke Lubitz, uma pessoa amada que conheci há alguns anos no grupo poético Vidráguas! Desde lá tenho tido o prazer de ler suas poesias encantadoras pelas timelines da vida 'facebookiana'. A Elke tem uma sensibilidade incrível, uma doçura que transborda em palavras! 

Recentemente lançou seu primeiro livro solo, Um quase agora, pela editora Penalux. Motivo de alegria para todos nós que acompanhamos e admiramos seu belo trabalho! 

Mas vamos de poesia!? Espero que curtam e que a poesia abrace a cada um de vocês! 



❤❤❤❤❤

O universo era um
menino encantado
pulso de Poesia

Estrelas tremeluzentes

nos primórdios cântaros da saudade
no paraíso esquecido .
***
Elke Lubitz


❤❤❤❤❤

Lençóis brancos ao vento

E as macieiras em flor

Refulgem qual lâminas de prata

Molduras de um tempo cintilante

Feito partículas luminosas que desprendem

A vida numa viagem acelerada

Sem ida e sem volta

Apenas um ciclo luzente

Sem sonho, sem rima

Apenas um facho distante

Simulacro de sonho

Ou nem tanto ...

**
Elke Lubitz  


Salve, salve poesia!!!! 
E vamos ficando por aqui gente linda! Se você gostou e quiser conhecer mais de perto o trabalho da Elke faça uma visitinha em sua página lá no Facebook. Está recheada de pétalas poéticas!


Até breve!!

Postar um comentário

9 Comentários

  1. Olá, Vanessa!

    Aceito seu café poético, tal como as poesias, as excelentes poesias de sua querida amiga, a poetisa Elke Lubitz. Não tenho Face, por opção (eu ainda vivo sem face-rs rs rs), daí não poder lá deixar minhas impressões.
    Agora, convido você a vir tomar um chá comigo no meu blog. Obrigada!

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  2. Oi Vanessa
    Encantada e saborizada com este delicioso e aromático café poético
    A poetisa é impar e nos envolve com seus belos versos
    Parabéns a ela e a você por nos propiciar este delicioso café
    Beijinhos e uma linda semana

    ResponderExcluir
  3. Olá, Vanessa!
    Café e poesia, uma combinação perfeita.
    Nunca tinha lido nada dessa poetisa.
    Assim como a Céu eu também não tenho face, por opção mesmo.
    Mas gostei de conhecer um pouquinho da poesia dela por aqui.
    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
  4. Olá, Vanessa.
    Adorei os poemas, justa homenagem!

    ResponderExcluir
  5. Que fofa! Amei o quadro aqui no blog! Acredito que os poetas precisam ser mais lembrados. Vou clicar e conhecer mais da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Só agora eu vi ... muito obrigada, querida Vanessa !
    Alegria infinita .

    ResponderExcluir

  7. Boa Noite!

    Depois de uma temporada afastada dos bloggers e sem o poetizando, o coração apertou com saudade e aqui estou com o convite para iniciarmos a segunda edição- nº 01.
    Ficarei feliz com sua participação neste projeto, pois você com poesias, pensamentos ou mensagens, enobrecerá a BC. Nos visite, e saibas mais sobe a BC, uma brincadeira sem competição.
    Nesta edição, postarei de 15 em 15 dias, ou seja duas vezes ao mês, para que haja tempo para todos participarem e visitar os amigos e amigas participantes .
    Espero, sugestões, pois este projeto já não é só do meu blogger e nosso!

    Com o pensamento do grande Vinicius de Moraes, fortaleço o convite, que é do fundo do meu coração.

    ”Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia”.


    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    https://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br