Pandemia: medo presente de um futuro incerto

crônica, crônica literária, Vanessa Vieira, Pandemia, reflexão, Pensamentos Valem Ouro, Literatura Nacional, blogs,


Todos aqui já se deitaram, arrumo as bagunças, apago as lâmpadas deixo apenas a luminária perto do sofá acesa. Essa meia iluminação me acalma do dia agitado que passei. Sento-me no sofá com minha xícara de chá e em seguida me ponho a pensar...

Você já imaginou como seria bom se a gente pudesse apertar aquele botãozinho de 'pular' e deixar tudo o que não nos agrada para trás? Será que a vida seria mais fácil? Me pergunto, mas tenho por cá as minhas dúvidas... A questão é que, independente disto, acredito que, neste momento, é o que a maioria de nós realmente desejaria! Ir para a próxima etapa e poder andar livremente pelas ruas. Sorrir, apertar, abraçar sem medo aquele querido vizinho. Andar ao lado de pessoas que não conhecemos sem qualquer receio...

Mas, infelizmente, não dá! O que temos para a hora de agora é a tensão, o medo, a apreensão por não saber o dia e nem a hora em que tudo isso vai passar. Andamos nos escondendo do inimigo... Um inimigo que sequer sabemos por onde anda e a que horas planeja atacar....

Assustados, nos trancamos em nossas casas, na intenção de retardar ou mesmo impedir que ele faça um estrago ainda maior em nossas vidas... Mas, será que dá pra viver bem rodeado de medo e de angústia? Sem saber o que nos reserva o tempo lá fora? E... Dá pra seguir vivendo sabendo que há pessoas por aí que nem ao menos se importam com o bem estar do outro? Que só buscam satisfazer seus próprios prazeres mesmo em um momento tão delicado como o de agora?

Não, não dá para pular esta etapa! E eu acredito que é neste tempo que estamos vivendo mundialmente que vamos enxergar o que há de melhor e o que há de pior em nossa humanidade! Generosidade e egoísmo andando lado a lado em uma corrida sem freios. Uma luta que chega a assustar de tão cruel!

E o que se há de fazer diante de tantas interrogações? Talvez, seguir nossos corações, correr para o que nos traz tranquilidade, olhar para os nossos lares e buscar neles a segurança que, diariamente, dizemos que eles trazem. Reinventar as paredes, os móveis, reencontrar nossos familiares. Reestruturar a vida!

Quando não dá para pular a etapa a gente precisa tirar dela alguma lição. Afinal, ela não está ali simplesmente por estar. Ainda busco respostas... Mas acredito que para cada um de nós terá algo a mais neste acontecimento, não nos mesmos termos, mas sei que há! E sei que a gente vai encontrar o melhor, mesmo estando no pior momento!

No fim, a gente sempre se reinventa! E desta vez, tenho fé, não será diferente!


Vanessa Vieira
02/05/2020


Postar um comentário

26 Comentários

  1. A Technos hátsó katalógusába való bevezetésem a „Big Crown” Sky Diver órák útján történt,replika órák amikor sok évvel ezelőtt először találkoztam velük, pusztán kedves vintage búvárokra gondoltam. Noha ezek az órák végül is voltak, azóta felnövekszem, hogy másképp értékelje a márkát, miután megtanulta a Technos folyamatos elkötelezettségét a fejlett merülési órák gyártása iránt. A dolgok ezen a héten történő összefoglalása érdekében szeretnék megosztani veled az egyik legkifinomultabb Technos búvárt,rolex replika hogy pontosan megmutassam, milyen finoman finomították a márka merülésével készített karóra.

    ResponderExcluir
  2. Tempos difíceis, eu não temo o presente - estou para o que der e vier. Mas sempre tive, desde muito pequena, um pavor enorme de passar fome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida! Coisa boa te ver por aqui. Saudade grande!
      Acredito que todos nós somos acometidos deste medo. Sem dúvida algo bem assustador! =(

      Excluir
  3. Todos vivemos esse tempo de pandemia. Uns sairão melhores, outros nada aprenderão. Tomara respeito e conscientização! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande verdade minha querida! Orando para que assim seja!

      Excluir
  4. Temos que nos readaptar, e quando tudo voltar nada será como antes muitas coisas que faz parte desta readaptação vai fazer parte da nossa realidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Infelizmente nao temos como fugir de mais esta realidade!

      Excluir
  5. Infelizmente, não dá para pular os incertos momentos; a vida não dá saltos nem tem um botão redentor. Mas, assim como sabemos que nada é por acaso, também temos a ciência de que, tudo passa. Isso também vai passar! Que fique uma lição humanizante que nos liberte dos grilhões dos nossos queridos desvalores e outros tantos defeitos de estimação.

    Obrigado por sua visita e comentário lá no blog.

    Um abraço. Tudo de bom.
    A ARTE DA VIDA. APON HP 💗 Textos para sentir e pensar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem dito poeta!!! Que nos fique a lição!!!

      Excluir
  6. oi!
    Infelizmente estamos vivendo tempos difíceis,não sabemos ao certo o que o futuro nos reserva..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Joana. Vivendo um fia de cada vez. Para dar conta da vida não é!?

      Excluir
  7. Verdade Vanessa ,dentro de casa e n maioria das assustada com tudo que nunca pensávamos viver,com essa intensidade.Mas, com confiança que passará e o mundo brevemente amanhecerá melhor e mais humano.
    Obrigada da visita e comentário gentil.
    Bom domingo,bons dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que assim seja minha querida! E que saiamos desta bem melhores do que entramos!!!

      Beijos!

      Excluir
  8. Nosso amanhã é uma incógnita,infelizmente os tempos são difíceis,é um pouco assustador mais vamos crer que tudo passará.

    ResponderExcluir
  9. Olá querida Vanessa, uma crônica bem tecida que relata nossos medos e desejos de um amanhã tendo a volta da merecida liberdade, enquanto isso não acontece vamos aprendendo algo com essa poda , vamos focar na fé e na esperança e a guardar, não adianta atropelar o tempo.
    Vc escreve lindamente querida.]Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Diná! Que alegria tê-la por aqui. Com certeza a fé é o melhor caminho a seguir! Grata por sua linda visita! Feliz que estejas gostando!

      Abraço!

      Excluir
  10. Oi, tudo bem? Bem interessante sua reflexão. Estamos vivendo um momento jamais imaginado por nós. É difícil manter a saúde mental em meio a tantas notícias, ainda mais não sabendo o que é verdade ou não. Mas é preciso manter a calma, ter paciência e acreditar que tudo dará certo. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erika! Manter a Calma!!!
      Acho que essa é a chave da questão! Disse tudo!!!

      Beijo!

      Excluir
  11. Sei que é um momento bem delicado para todos nós, não está sendo fácil lidar com tudo que está acontecendo desses últimos tempos, mais tudo vai passar e ficar tudo bem

    ResponderExcluir
  12. O que mais me preocupa, em tudo isso, é a insistência das pessoas em voltar ao "normal". O normal é que nos colocou nessa situação, temos sim de pensar em uma nova forma de proceder. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fábio! Eu estava pensando sobre isso esses dias! Que normal é esse se nós não seremos mais os mesmos!!! É uma boa reflexão!

      Excluir
  13. Tempos difíceis esses. Difícil ficar longe de quem se ama e ao mesmo tempo ficar mais perto das dificuldades do dia a dia, das contas, da incerteza que é lá fora. Mas o tempo tudo cura e o coletivo uma hora vence. Se tá todo mundo nessa, ninguém tá sozinho de verdade. Boa sorte, um abraço, boas energias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilho do mrsmo pensamento Mariana!

      Estamos juntos! É a única certeza que temos!

      Excluir
  14. Oi Vanessa,
    Nunca passei por uma pandemia, estou trancada dentro de casa, pois estou fragilizada com uma doença que não tem cura e se esse "bixinho" me picar eu morro, Mas sou teimosa e vou morrer quando eu quiser.kkk
    Escreve divinamente bem!
    Adorei sua visita
    Beijos no coração

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br