ODES DE RICARDO REIS

Sim. sei bem
Que nunca serei alguém.
Sei de sobra
que nunca serei uma obra.

Sei enfin,

Que nunca saberei de mim.
Sim, mas agora,
Enquanto dura esta hora,
Este luar, estes ramos,
Esra paz em que estamos,
Deixem-me crer
O que nunca poderei ser.


(Ricardo Reis/ Fernando Pessoa)

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas