A casa da imaginação


 Jacek Yerka


Eu queria uma casa que tivesse um quarto enorme, onde eu pudesse colocar todos os livros que por algum motivo me interessaram... Romance, Filosofia, Poesia, Educação, Conto, Sociologia e outros tantos quem nem sei mais... Mas que fossem todos, até aqueles que os nomes me fossem interessantes... “A volta dos que não foram”, por exemplo.... 

Neste quarto teria uma escrivaninha, um computador, várias estantes para comportar todos os livros... Um sofá cama... Sim, um sofá cama. Leitura tem que ser agradável até mesmo a posição... Ora essas!
 As cores dele seriam laranja, azul, verde e amarelo, porque assim seria um quarto alegre e prazeroso... Seu nome seria Biblioteca de Vanes

Do lado da Biblioteca teria outro quarto, mas este teria uma televisão enorme. Não, televisão não... Teria um telão bem grande! Enorme... E um projetor com um notebook conectado. Teria também um sofá bem confortável e grande onde várias pessoas pudessem sentar e deitar se quisessem. 

Perto do sofá teriam algumas estantes, de vidro, bem cheias... De que? De DVDs... Filmes de todos os gostos. Os meus gostos, é claro! Seria essa minha videoteca, lugar onde eu assistiria vídeos antigos, bem antigos, que por conta da idade não pude assistir quando foram lançados... Seria uma maravilha...

Ali bem pertinho teria outro quarto, esse seria forrado de madeira até o teto e teria espalhados por seu espaço um teclado, um violão, talvez um piano, uma flauta, um pandeiro um rádio, Ops... Um toca CDs... Ou melhor... Um aparelho de USB conectado à uma caixinha de som bem potente. Assim, eu poderia ouvir e tocar as musicas que tocam sempre meu coração e aprender músicas novas também...  Uma bela sala de músicas não?

Bem, um pouco depois deste eu teria um quarto pintado de preto, com algumas cadeiras e um palco de 50cm, mais ou menos e, separando as cadeiras do palco, uma cortina vermelha bem grande... Isso mesmo uma sala de teatro... Lá, eu poderia declamar as poesias que trago na memória, decorar outras, fazer algumas apresentações familiares e tantas outras coisas possíveis em um tablado...

Além desses quartos, em minha casa teria uma cozinha, um, ou uns, banheiros, eu preciso só de um mesmo... Um quarto, uma sala de estar, que na verdade nem sei bem para o que serve, mas em fim... Teria uma lá... Também,  uma sala de jantar com uma mesa e quatro cadeiras... Sim, quatro! Porque eu quero e ponto.

Mas por enquanto, essa casa não vem e penso que vai demorar um pouquinho, embora não seja impossível. Eu acredito na realização de um sonho bem sonhado... 

Mas enquanto ela não vem eu fico com este quartinho de 3 por 2, que divido com a minha irmã... E sabe de uma coisa, pensei agora, talvez eu não precise de tantas salas... Eu consigo guardar tudo aqui neste quartinho.... 

A biblioteca, a videoteca, a sala de música, o meu palco... Tudo funciona aqui... De outro jeito e de outra forma, mas funciona. Então., talvez eu precise apenas deixar que minha imaginação brinque um pouco mais... Sem falar que com tantos quartos e tantas coisas dentro dos quartos eu estaria ajudando a destruir mais um pouquinho o meio ambiente e eu me sentiria em péssimo estado quando eu me desse conta disso estando com tudo montado... 

Pensando bem, é melhor eu ficar com este quartinho mesmo. Será melhor, para mim e para os outros que eu nem ainda conheço.

Ixi... Estou entrando em um circulo vicioso... Acho melhor eu sair daqui... Se bem que seria legal ter uma sala com malabares, trapézios.... Ops... Tá vendo... Essa imaginação me pega de jeito... 

Ei... Eu seu que circulo vicioso é diferente de circo... Mas e daí? As palavras são minhas eu penso do jeito que eu quiser não é verde?

Ohh... Deixa eu ir embora porque a realidade está me chamando. Até já estou conseguindo ver os carros e as pessoas na rua por onde o ônibus está passando...
Isso é um verdadeiro sinal de volta ao real...
Pode ser ruim ou não... Mas vou lá ver como é que será viver esta realidade. Tudo bem? Depois eu volto para contar como foi...  Ih calma...
 Acabo de ler ali na entrada daquela casa:
- Lava-se roupas....
Oh Não! Vai começar tudo de novo...

Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas