Basta

Sebastião Salgado


Estou farta de uma vida comedida
De um sorriso forçado
De uma tarefa bem cumprida
Estou farta dos não dizeres
E dos dizeres que a sociedade impõe
Sim. Estou farta
E de basta em basta
Crio meu próprio ciclo
Vejo e revejo o que  sou
Minha consciência é o centro
E sim... Dane-se o mundo!
Afinal, ele é do jeito que vejo!
Ahhh,
Meu basta é em função de mim
Um adeus à quem fui  porque
Atehh que enfim já não sou.
Basta então para mim, pois já sou
O que não era e rumo em busca
Do que ainda não fui!

Ass.: Vanessa Vieira

Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas