Há festa no jardim















Sento-me no jardim
a tarde está suave
o vento sobre o vestido
da mesa a minha frente

E faz com que meus pés
desejem ao mesmo ritmo danças.

mas meu corpo está parado
imóvel...

ouço os pássaros
parece que sentem
e cantam junto co o vento

um orquestra natural
um tempo simples
com compassos simples
e uma música magistral.

sou espectadora
do espetáculo

sou a porta de entrada
e a tranca da saída.

Pois continuo imóvel
a observar a passagem
do tempo da vida!


___________________________
Por Vanessa Vieira, 
a imagem é de  Jeffrey t larson


Comentários
5 Comentários

5 Comentários:

  1. Um poema que nos diz muito ao coração.O poeta tem poder para nos dizer tudo que quiser.....Belo poema.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. feliz que tenhas gostado Marli.
      grata pela tua visita1

      Excluir
  2. Vanessa, acho incrível a forma como seus poemas dançam sem preocupação, a leveza com que eles passam e tocam quem os leem! São ótimos.

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas