Inspiração





Vejo um  papel em branco
Observo a caneta que dele se aproxima
Queima-me o peito e,
Sopra-me a consciência:
- É o verso querendo voz!!
Então,
Abro meu coração de poeta
Faço soar minha ”almaCanção”
Deixo brincar minhas mãos
Sou criança...
E no fim ou no início, não sei
Recebe o papel um ofício
A caneta um espaço
E o verso...
.
.
.
Sopro de vida!!!!!

Vanessa Vieira
Imagem: Tumblr


Poema escrito em homenagem ao 1º Sarau de poesia da Biblioteca Maurício de Souza - trabalho realizado pela Escola M. Nicomedes Theotônio Vieira ( veja aqui)

Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas