“Lembrar para não esquecer”


À Dona Vilma
e a todas a mães, filhas e filhos que conheço.




Eu poderia escrever um poema e dizer nele que tu és, de todas, a mais bela. Também poderia dizer que te amo, que tu és a razão de minha vida e que tudo que aprendi até hoje, muito devo e agradeço a ti. Poderia entrar na poesia da mágica possibilidade de nossa existência que é a maternidade.

Mas preferi lembrar que existes, que estás comigo, que me amas. E que existimos juntas! Temos diferenças sim, até por que, se tudo fosse flor a vida não teria a graça que tem. E eu e você não teríamos vivido as grandes emoções que vivemos.


Não vou me alongar, porque este não é um poema, nem uma crônica, é uma lembrança de que estamos aqui, que vivemos e que acima de tudo nos amamos e somos amadas. 

Vanessa Vieira

0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas