Resenha [ O extraordinário]

Oi gente!

Estou atrasadíssima com esta resenha. A maratona #EuSouDoideira já acabou, as aulas já voltaram e eu, na correria de sempre, não consegui parar para me dedicar e, confesso, não queria fazer de qualquer maneira. Não mesmo! Principalmente porque este livro, de todos que li na maratona, foi o que mais me emocionou. 

Título: O extraordinário
Autora: R.J. Palacio
Editora: intrínseca
Tradução: Rachel Agavino - 317p
Foto: Vanessa Vieira
Bem, o livro conta a história de Auggie, um menino com necessidades especiais que, embora muito inteligente, ainda não tinha frequentado a escola. Então, por conta de sua idade seus pais decidem que já é hora de enfrentar o "mundo" lá fora. 

As experiências vivenciadas por Auggie são bem parecidas com a que maioria de nós enfrenta quando está indo para a escola pela primeira vez ou mesmo quando está mudando de escola ou de nível de Ensino. Mas acrescentando-se o fato de que ele é uma criança especial ( em todos os sentidos!!!!) a história fica ainda mais emocionante. 

Fiquei encantada com o livro porque a autora conta a mesma história de vários pontos de vista, assim, podemos conhecer um pouco do que cada um dos personagens pensa sobre Auggie e também sobre como ele mesmo se vê. 

Adorei os preceitos estudados com o Sr Browne, tanto que já estou usando a ideia com a minha turminha de 2º ano. Cabeça de professor, já viu né! rsrs Aprendizagens que a gente leva para o resto da vida!

Com Auggie aprendi que a gente pode ser do jeito que for e sempre nos veremos diferente do que os outros nos veem e este fato é um dos mais maravilhosos que nos podem acontecer. A única coisa que temos que fazer é aproveitar estes vários lados de nós e fazer com que sejamos, nós e os outros, sempre melhores, sempre extraordinários! Sempre surpresas.

E mais, descobri que o nome disso chama-se respeito tanto a nós como aos que convivem conosco. 

Ah, estou fascinada com a autora. Em seu primeiro livro já nos traz uma obra tão rica e "extraórdinária" Vale muito a pena ler. De verdade!

***

A música que escolho para ilustrar este livro chama-se "Máscara" cantada pela Pitty. Escolhi esta música, pois penso que "o importante é sermos quem somos". E esta letra reflete muito sobre o tema!

Vamos a ela:



Espero que tenham gostado!
Vanessa Vieira

Atos de escrever

Imagem: Google Edição: Vanessa Vieira

Escrever,
um ato que findo,
que se ornamenta
Na linha chama do  infinito.

Um estado...
Movimento!
Que quando afinando estica
para sustentar o compasso
da vida na alma.

Construção,
que dá vida à rima,
que faz  mundos,
que faz a volta na volta por cima...

Para  então
aVidar-se no encontro
Do verbo que é
tão bem conjugado
no tempo.

Vanessa Vieira


Ps.: Em homenagem a todos os meus amigos escritores, aos companheirosdo grupo Vidráguas! Especialmente à Carmen Silvia Presotto em que me inspiro e com quem sempre estou a prender.


ViVendo


Imagem daqui


Nasceu. 
Cresceu.
Aprendeu
a pensar...
Começou 
a viver

Vanessa Vieira

Entrevista:União dos Autores (4\4)

Vamos à quarta e ultima etapa da entrevista com nossos autores parceiros? #UniãoDosAutores



P.1 - Que conselhos você daria para quem está iniciando a carreira de escritor? 
P.2 - Qual gênero/ estilo você escreve? .


Resposta: Jéssica Anitelli - Volúpia


R1- sempre escreva, só com a prática é possível aperfeiçoar. Ter alguém para fazer uma leitura crítica também é muito importante.

R2- Não gosto de dizer que escrevo um determinado gênero ou tema, eu apenas escrevo. Não gosto de me limitar, simplesmente deixo as ideias surgirem. Mas já escrevi fantasia, erótico, romance e juvenil.


 Resposta: Silvia Fernanda - A Inacreditável Arte de Ser um Capacho




R1. Cabeça fria. É a primeira coisa que qualquer autor iniciante precisa ter. Nada acontece do dia para a noite e perseverança é fundamental. A gente erra aprende e sobrevive no meio para errar um pouco mais. A construção de um público é algo que leva tempo, logo não pense que você vai lançar um livro e ele vai emplacar de cara. Isso acontece com poucos sortudos.

R2. Romances e Romances sensuais!


Respostas: Cristina de Azevedo - Nacqua


R1. Que conselhos você daria para quem está iniciando na carreira de autor? Resposta: Ser escritor vai muito alem do que simplesmente escrever, é amar o que faz, pois o caminho é cheio de pedras, tem muitos desafios, e quando se faz algo por amor é mais fácil de superar as adversidade, então meu primeiro conselho é tenha certeza de que é exatamente isso que quer, se for caso, enfie a cara e vá em frente e não desista nunca. 

R2. Qual gênero/ estilo você escreve? Resposta: Eu escrevo fantasia, romance, sobre-natural, aventura e ficção.



Respostas: Tatiana Amaral - Função CEO


R1. Que conselhos você daria para quem está iniciando na carreira de autor? Primeiro eu diria para ele não cansar de revisar o material. Eu detesto esta parte, mas é tão importante quanto a venda do livro rsrsrsrsrs É necessário buscar ajuda. Quando eu comecei nem desconfiava da existência de técnicas para escrever, que deixam o livro mais bonito e leve, menos cansativo. Procurei um curso de como escrever um romance e simplesmente amei tudo o que aprendi, além de entender que sem isso o livro não é nada. Meu segundo conselho é: Não tenha pressa. Pesquise, pergunte, procure saber sobre a editora que você teve proposta, pois muitos autores morreram em seu primeiro livro por ter feito a bobagem de entregá-lo a quem não sabe trabalhar. O terceiro é: não desista. Nunca.

R2. Qual gênero/ estilo você escreve? Eu escrevo romances. Não sei escrever nada diferente disso rsrsrsrs


Compra: Aqui



Respostas:  - LM Gomes - Os Amores de Lú

 



R1- Leia bastante, ler te traz perspectivas diferentes. Seja humilde e aceite conselhos, sejam eles sobre ortografia ou enredo. Nunca pense que sabe de tudo. Constante aprendizado são as palavras de ordem.

R2  - Meus livros publicados são do gênero erótico, mas escrevo romances também.



 Respostas:  Maribell Azevedo - Amor no Ninho




R1- Vai ser difícil. Muito difícil. Escolha cautelosamente com quem trabalha, editoras sérias e bons profissionais fazem toda diferença. E se você não for completamente apaixonado pela profissão, desista agora. Ela exigirá cada grama da sua fé e trabalho.


R2- Romance, drama, sobrenatural.


É isso gente!
Espero que tenham gostado. 
Mês que vem teremos mais informações sobre os autores
Aguardem!


Vanessa Vieira

Maratona Literária 3.0

Olá pessoal!

Sei que ainda estou devendo 3 resenhas da II Maratona Literária de Férias #EuSouDoideira, mas lá vou eu novamente me arriscar na Maratona Literária 3.0 organizada pelos blogs Café com Blá blá blá. Bookeando,  Leiturinhas, Por Essas Páginas e Psychobooks.



Participei da edição que teve no início do ano (veja aqui e aqui)  e por pouco não cumpri minha meta. Por isso, farei novamente minha inscrição e desta vez vamos com toda força. (rs)

Minha meta para esta edição é bem menor que a outra. Escolhi assim porque não estou mais de férias e com isso o turno fica mais puxado. E uma semana só para completar o desafio, passa rapidinho...

Então, são dois livros afinal o que vale é a leitura não é mesmo!?

Ah, durante a Maratona serão lançados alguns desafios (veja). Por isso preparem-se para mais surpresas por aqui.


Vamos à meta?

1º Livro - O menino do Pijama Listrado - John Boyne 


Sinopse - O Menino do Pijama Listrado - John Boyne

Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus. Também não faz idéia que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e a mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e para além dela centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com frio na barriga.
Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. O menino do pijama listrado é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável. (Skoob)



2º Livro -  O Guardião - Nicholas Sparks

Sinopse - O Guardião - Nicholas Sparks
Quarenta dias após a morte de seu marido, Julie Barenson recebe uma encomenda deixada por ele. Dentro da caixa, encontra um filhote de cachorro dinamarquês e um bilhete no qual Jim promete que sempre cuidará dela. Quatro anos mais tarde, Julie já não pode depender apenas da companhia do fiel Singer, o filhotinho que se tornou um cachorro enorme e estabanado. Depois de tanto sofrimento, ela enfim está pronta para voltar a amar, mas seus primeiros encontros não são nada promissores. Até que surge Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como rainha. Julie está animada como havia muito tempo não sentia, mas, por alguma razão, não consegue compartilhar isso com Mike Harris, seu melhor amigo. Ele, por sua vez, é incapaz de esconder o ciúme que sente dela. Quando percebe que o desconforto diante de Mike é causado por um sentimento mais forte que a amizade, Julie se vê dividida entre esses dois homens, ela tem que tomar uma decisão. Só que não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha colocará sua vida em perigo. O Guardião contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas dessa vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de suspense. (Skoob)


Vamos nessa?


Boa Semana a todos
Vanessa Vieira


Entrevista: União dos Autores (3\4)

Vamos à terceira etapa da entrevista com nossos autores parceiros? #UniãoDosAutores



P.1 - Que conselhos você daria para quem está iniciando a carreira de escritor? 
P.2 - Qual gênero/ estilo você escreve? .


Resposta: Robson Gundim - Entre o Céu e o Mar Nos Montes da Inocência




R1. Que conselhos você daria para quem está iniciando na carreira de autor? Resposta: Acredito que o maior combustível para um bom processo criativo é a leitura diária e a prática. Escrever diariamente sobre qualquer coisa ajuda bastante. Aconselho sempre criar uma espécie de diário, pois será através do mesmo que as ideias florescerão com mais frequência. Leia poemas e livros clássicos (Estude bons vocabulários). Quando iniciar um romance, estipule metas e crie um rascunho dos próprios capítulos. Não veleje sob o mar da inspiração (a inspiração é e sempre será uma benção divina, e devemos aproveitá-la, no entanto nem sempre a mesma baterá à nossa porta, e devemos estar preparados para enfrentar qualquer bloqueio). Escreva sem se ater ao que já foi escrito. Se possível, escreva à moda antiga (sei que é difícil, mas pelo menos comigo, o resultado é esplendoroso!)  Não aconselho sair falando sobre seu livro para qualquer pessoa. Se a obra for legítima, mantenha para si, registre e só depois comece a divulgar. Surpreenda!

R2. Qual gênero/ estilo você escreve? Resposta: Como eu leio de tudo um pouco (à exceção de livros de auto-ajuda), gosto de me aventurar através de gêneros diversos. Em meus primeiros romances o "drama", o "suspense" e a "aventura" estão compactuados. Mas adoro escrever diálogos bem humorados e terror.



Resposta: Hudson Cleyton - O Livro dos Sonhos



R1.- Acima de tudo, paciência e persistência. O Brasil está vomitando escritores iniciantes, o que vai diferenciá-los dos demais e a sua qualidade literária. Um dos maiores erros de quem está iniciando é achar que editoras engolem tudo. O seu texto é seu passaporte para o sucesso, então trabalhe bem , releia, revise, deixe-o enxuto. Procure orientação literária, o mercado literário está cada vez mais exigente.

R2- Já escrevi terror e drama em Antologias, mas sou um apaixonado pela Literatura Fantástica.



Resposta: L. L Alves - Mudanças


R1. Que conselhos você daria para quem está iniciando na carreira de autor?
Tenha paciência! É sério. Tenha muuuuita paciência. E tenha esperança, Vai parecer difícil, quase impossível às vezes, mas um dia você chega lá. Se você tem certeza que esse é o seu caminho, não desista, nunca! Todo seu suor e sacrifícios valerão a pena no futuro. É como eu costumo dizer: ser escritor não é nem um pouco fácil, não é só sentar e escrever, mas no fim do dia, valerá a pena passar por todas essas situações.

R2. Qual gênero / estilo você escreve?
Gosto de "brincar" com vários gêneros rs Fantasia e Aventura (Instituição para Jovens Prodígios e alguns contos), Romance Juvenil (Mudanças e Sebo Fernandes), chick-lit e hot (As GRANDES Aventuras de Daniella), e também já me aventurei no suspense (alguns contos).






Resposta: Carla Montebeler - O Vale de Elah



1-  escreva com o coração e seja fiel a você mesmo, não ao "estilo do momento"!

2-  Escrevo crônicas, (no Arca Literaria) estudos teológicos (Os Semeadores de Contendas) e romance (Quem Salvará o Herói?) mas a Série AS CRÔNICAS DE ADULÃO, é uma ficção histórica baseada na vida do Rei Davi.



  

Resposta: Márcia Pavanello Pires - Abismo Sangrento



R1-Nunca desista dos seus sonhos e objetivos. Nunca desista no primeiro não que receber. Persistência é o lema de quem está iniciando. A recompensa vem com o recado de cada leitor que gostou de ler seu livro.

R2- Escrevo romance sobrenatural e romance. Acima de tudo, sou uma romântica assumida, uma das últimas (rsrs). Tenho uma alma adolescente e quando entro no mundo mágico dos meus livros sinto que sou livre para ir onde bem entender.


  
Respostas: Mariana Sgambato - Lembre-se de Morrer




R1- Que conselhos você daria para quem está iniciando na carreira de autor? O conselho mais valioso que posso dar é estude, estude estude, escreva, escreva e escreva. Escreva sem parar. Tornar-se um autor profissional requer dedicação, é metade criatividade e metade esforço, você precisa se policiar, cumprir metas e planejar bastante, mas também tem que deixar fluir e se expressar.

R2-  Qual gênero/ estilo você escreve? Romances Jovem-Adulto e Fantasia Urbana.




Estou gostando demais das dicas dos autores e vocês?
Amanhã terminamos a entrevistas.
Aguardem! 

Vanessa Vieira



Entrevista:União dos Autores (2\4)

Vamos à segunda etapa da entrevista com nossos autores parceiros? #UniãoDosAutores



P.1 - Que conselhos você daria para quem está iniciando a carreira de escritor? 
P.2 - Qual gênero/ estilo você escreve? .


Resposta: MS Dehlia - Anjo Vendido e Gringos Online


 R1- Leia, leia sobre tudo! Do rótulo das embalagens de produtos industrializados aos livros clássicos, sem preconceitos de origem das obras.

R2- Minha disposição para escrever é o meu limite, escrevo o que me vem à mente.



Resposta: Gisele Souza - Inspiração




R1 - Escreva e leia muito, estude e nunca desista. Tenha em mente que escrever não é uma obrigação, mas um prazer. Algo que você tem que fazer primeiramente para você. Seja seu maior critico, escreva o que gosta de ler. Persista e lute por aquilo que almeja, sucesso e reconhecimento é o resultado de muito trabalho e dedicação.

R2 - Eu escrevo romance contemporâneo e romance erótico.Gosto de escrever com o coração, procuro colocar sentimentos em cada linha e assim fico satisfeita com o meu trabalho

lançamento: Bienal de SP


Resposta: Nanci Penna - Sombras da Série Os Guardiões


R1.  Perseverança. O caminho é longo, cheio de obstáculos, praticamente sem nenhum retorno financeiro, ás vezes dá vontade de desistir. Mas, é prazeroso e, cada conquista tem um sabor de vitória, saber que alguém gostou da sua história é gratificante, traz uma emoção indescritível. Ser um contador de história não é um estado temporário e um estado infinito.


R2. Gosto muito de fantasias, um livro, para mim é laser, gosto de viajar em suas páginas, de sair desse plano da vida real e partir nesse trem sem destino. Então, é assim que escrevo; meu livro Sombras, por exemplo, é uma Ficção Fantasiosa, um Romance Sobrenatural.

Fanpage: https://www.facebook.com/OsGuardioes.NanciPenna


Resposta: Fabrício de Medeiros - O Sol da Meia-noite



R1- Sobretudo, escreva um livro o qual você gostaria de ler, um livro o qual você tornaria seu favorito, pois não tem nada pior que que escrever algo o qual não se gosta, simplesmente pelo fato de ser o mais comentado, ou até mesmo o mais vendido.

R2 - Romance Fantasia, amo principalmente a fantasia, por ser um gênero sem limites, o qual deixa aberto a imaginação. Na fantasia tudo é possível, realmente tudo.



E ai, Estão gostando? Amanhã tem mais! 
Vanessa Vieira








Poema do Beco


Oswaldo Goeldi - Mais aqui


Que importa a paisagem, a Glória, a Baía, a linha do horizonte?
-O que vejo é o beco.

Manuel Bandeira 
(Bandeira, Manuel. Estrela da Manha.3ªed. São Paulo: Global, 2012. p.25)


Entrevista: União dos Autores (1\4)

Olá gente. Vamos conhecer um pouquinho mais de nossos parceiros do grupo União dos autores? Este mês os autores responderam, cada um, a duas perguntas. Vamos saber  que dica eles dão para quem está iniciando e qual estilo eles escrevem. ? 

Dividi as respostas em quatro postagens. Vamos conferir?

Vejam as perguntas:


P.1 - Que conselhos você daria para quem está iniciando a carreira de escritor? 
P.2 - Qual gênero/ estilo você escreve? .


Resposta:  Giselle Trindade - Morgana e Charles 


R1: Bom, primeiro de tudo, tenha persistência e muita vontade de trabalhar. Leia e estude bastante, revise seu texto e se possível procure sempre a ajuda de profissionais.

R2:  Romance de Fantasia.

Link para compra: http://modoeditora.com.br/loja/romance/morgana-e-charles-pre-venda-em-ate-20-dias-utei



Resposta: William Saints - Essência


R1. Escreva, escreva e escreva. Se esse for seu sonho faça-o se realizar, e nunca, nunca desista mesmo que aconteça ou o que digam algo em relação a esse dom que não é valorizado no Brasil.

 R2. Sou uma pessoa muito romântica e isso se retrata no meu gênero literário, romance é a minha praia com uma boa dose de sobrenatural



Resposta: Dayana Araújo - A Garota do Ônibus




R1 - Tenha muito paciência! Nem tudo são flores neste caminho, é preciso pesquisar muito, desde revisores a editoras. A carreira é árdua e irá aparecer mais motivos para desistir do que insistir. Confie no seu trabalho e vá em frente, não se deixe abater pelas pedras que irão aparecer em seu caminho.As coisas acontecem na hora certa e se você trabalhar por isso, sua hora também vai chegar.

R2- .Escrevo chick-lit, teen, jovem adulto.

Facebook: https://www.facebook.com/dayana.karoline.5 


Amanhã teremos mais respostas aguardem! 

Vanessa Vieira


Fatos



Era sol 
Era céu
Era seu

lá 
no 
fundo,
não 
meu! 

Vanessa Vieira
Imagem: Tumblr

[Resenha] O LADO BOM DA VIDA

Título: O lado bom da Vida
Autor: QUICK. Mattew
Editora: Intrínseca
Tradução: RAPOSO, Alexandre
160pgs
Foto: Vanessa Vieira
Vamos à 2ª Resenha da Maratona Literária
#EuSouDoideira!!??



Confesso que nem sei muito bem como começar esta resenha. Há tantas coisas a dizer sobre leitura que...

Bom, creio que seja uma boa mencionar que Pat é uma dessas pessoas estranhamente incríveis todos nós devíamos conhecer um dia. Só fui me dar conta de que era mesmo um personagem do livro quando a leitura a acabou e não pude mais acompanhar seus pensamentos, suas atitudes, seus exercícios matinais...

No início foi interessante, pois fiquei tentando encontrar explicações para compreender o que ele dizia, mas de uma forma incrivelmente sutil Matthew Quick, o autor, nos inclui no mundo de Pat fazendo que, como ele, tenhamos vontade de querer ser simplesmente gentil ao invés de querer ter razão.

Primeiro eu me perguntava por que defendê-lo tanto das verdades da vida? Mas depois vi como foi bom para ele ir vivendo, entrando de novo para o convívio com o “mundo lá fora” como costumamos dizer.


Afinal, como o próprio Pat diz:

Se as nuvens estão bloqueando o sol, sempre tento ver aquela luz por traz delas, o lado bom das coisas, e me lembro de continuar tentando...
Ver o contorno desses tufos brancos acinzentados é eletrizante... Dói olhar para as nuvens, mas também ajuda, como a maioria das coisas que causam dor.” (p.11)

As descobertas podem ser bem mais prazerosas e menos dolorosas quando cavamos os buracos com nossas próprias mãos. Creio que este seja um dos ensinamentos de “O lado bom da vida.” Apreciar as coisas boas e ruins da vida e buscar sempre seu lado positivo, como também nos ensinou a pequena Pollyanna!

Outras reflexões que pude fazer foi sobre as necessidades que criamos quando queremos agradar alguém... Quantas coisas boas podemos descobrir sobre nós neste processo! É verdade, nem sempre vamos agradar os outros, mas podemos descobrir que nem sempre fazer o que eles nos pedem vai nos agradar e que este é o fio chamado respeito, que necessariamente, deve estar presente em todos os relacionamentos de nossas vidas.

Não vou classificar o livro nem com estrelas, nem em bom ou ruim... Tenho aprendido que com os livros o mais importante é aprender e, de fato, tenho aprendido muito com os que tenho lido neste mês!


E a música escolhida para este livro maravilhoso é: Total Eclipse of the Heart. 

Resolvi que seria esta, pois ela é descrita no livro de uma forma sensacional. Sem falar que consegui encontrar o clip da música cantada igualmente relatada no livro.

Embora o vídeo seja antigo a interpretação é sensacional. Espero que gostem!


>>Total Eclipse of the Heart. <<



Tradução aqui

Por: Vanessa Vieira

Ardente poético



De repente 
o peito queima
com o corpo 
em chama
chamo,
e a poesia
me vem 
aguar! 

Vanessa Vieira
Imagem: Tumblr

[Resenha] Marina - Carlos Ruiz Zafón

Oi gente!

Eis aqui a resenha do Primeiro Livro que li na 2ª Maratona Literária #EuSouDoideira! Por enquanto estou conseguindo cumprir minha meta! 

Título: Marina
Autor: ZAFÓN. Carlos Ruiz
Tradução: AGUIAR, Eliana
Rio de Janeiro: Objetiva, 2011
189 páginas
Foto e edição: Vanessa Vieira
Vamos à resenha?

Confesso que ainda estou “digerindo” a história deste intrigante livro. Digamos que é um prato recheado de emoção, assombro, dor... E para coroar uma pitada de leveza.

Assim digo pois, durante toda leitura fui levada por caminhos sombrios de um mistério aparentemente sem solução, mas que embora de uma lado nos ponha frente à um intrigante imaginário sombrio, do outro, nos mostra dois jovens destemidos, cheios de coragem que só me fizeram pensar sobre a, sempre, importância de vivermos cada dia como se fosse o último de nossas vidas.

Confesso que num dado momento senti repulsa...  Tudo me parecia sombrio demais e aí... O livro tomou outro rumo, dando espaço para o meu reencantamento com a história.

Chego ao fim desta leitura com duas experiências em mente. Primeiro a linda história de amizade amor e companheirismo de Óscar e Marina e em segundo a Obsessão doentida de Mijail pela vida.

Sempre fico e, neste caso, fiquei mais intrigada ainda sobre a forma como as histórias de vida podem influenciar sobre os caminhos tomados por uma pessoa...

Mas, creio que "Marina" não é um livro para gostar ou desgostar, e sim um livro para refletir. Decerto é fantasioso e sombrio, mas ao mesmo tempo diz muito sobre o que poucos de nós conseguimos dizer sobre a vida.

Vou ficando por aqui relembrando as lindas palavras de Marina:

As vezes, as coisas mais reais só acontecem em nossa imaginação” (p.68)

E aproveito para completá-las com as reflexões de Fernando Pessoa em seu livro do Desassossego sobre tema parecido:

"Tenho mais pena dos que sonham o provável e o próximo, do que dos que devaneiam sobre o longínquo e o estranho. Os que sonham grandemente, ou são doidos e acreditam no que sonham e são felizes, ou são devaneadores simples, para quem o devaneio é uma música da alma, que os embala sem lhes dizer nada. Mas o que sonha o possível tem a possibilidade real da verdadeira desilusão."

Fernando Pessoa feito Bernardo Soares em O Livro do Desassossego, 
Companhia das Letras, 2011, p.161

~ ~,,~ ~

Dando continuidade às tarefas da maratona #EuSouDoideira, pus-me a escolher uma música que representasse o livro que terminei de ler. Acabei por escolher a How it Ends da banda norte-americana DeVochka. 

No Português o título da música significa "Como tudo termina". Foi minha escolha pois, tem tudo a ver com as grandiosas "aventuras" que vivi com Marina e Óscar.

Mais informações sobre a música aqui


Espero que gostem! 

Vanessa Vieira

 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas