O Francês que caiu do Céu - Wagner Grillo


Sinopse
Neste livro, Wagner Grillo apresenta uma coletânea de contos em que temas públicos misturam-se ao universo de nossas fixações mais íntimas. Os textos são ora fantásticos, ora reais, expõe a condição humana de uma sociedade sem respostas para os que se consideram corretos. Sexualidade, miséria, arte, memória, medo. Ao usar as atividades diárias como base essencial para os seus textos, o autor associa fato e ficção mostrando paixões e taras que talvez muitos preferissem esconder. (Skoob)
Título: O Francês que caiu do Céu
Autoria: Wagner Grillo
Editora: Scortecci
Ano: 2014
Páginas: 155
Avaliação: 



O Francês que Caiu do Céu apresenta ao leitor nove contos sobre a vida e podemos dizer os seus Ossos de ofício. De uma forma descontraída e ao mesmo tempo reflexiva Wagner nos mostra situações que podem se concretizar a qualquer momento em qualquer lugar e pouco ou nada saberemos sobre os fatos. Como nos diz a sinopse, vemos de frente a "condição humana" que está aí em uma sociedade sem... 

Ao longo da leitura fui tomada de vários sentimentos, classifiquei o livro de várias formas, mas cheguei à conclusão de que além  o livro vai muito além dos contos. Se tivermos um olhar frio sem análises seria considerado um livro machista, que fala sobre sexo, traição e pilantragem... Mas quando olhamos a fundo. Paramos para analisar o que nos quer dizer cada leitura, cada história vemos uma sensibilidade sem tamanho. Não há machismo, há a realidade dos contratos sociais que nós mesmos vamos fazendo na vida. Sobre o sexo, a pilantragem e a traição, há escolhas, que também podemos chamar de contratos, mas que nos servem de exemplos para pensarmos sobre o nosso próprio modo de viver. 


Além de nos mostrar um belíssimo retrato de nossa sociedade faz-se mais do que necessário dizer que o autor nos mostra o que lá no fundo achamos, queremos e muitas vezes achamos correto esconder. Com esta atitude Wagner me levou a pensar sobre o que estamos fazendo com nossas opiniões. O que escondemos? O que escancaramos? De que forma nos expomos na sociedade? E por quê? 

O francês que caiu do céu é o conto que dá nome ao livro, e de forma brilhante nos mostra como que uma simples atitude pode nos fazer mudar o rumo de nossas vidas. Mesmo diante de tantas frias realidades ainda há possibilidade de uma realidade construída e não apenas herdada. 

Se você gosta de rir, gosta de pensar sobre a vida humana, gosta de se frustar e emocionar este é um livro indicado pra você. 





**Livro cedido pelo autor para leitura e resenha



Comentários
18 Comentários

18 Comentários:

  1. Bem interessante, não conhecia a obra, nem o autor (:O) mas adorei ficar conhecendo! :D

    http://tedioescritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Não conhecia a obra e em o autor,
    adorei a sua resenha, mas confesso que não me despertou assim tanto interesse.
    Essa leitura eu passaria.
    Beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vanessa! Tudo bem? Acho que está é a primeira vez que venho no seu blog, e saiba que adorei! Principalmente a sua caricatura no topo, ela está linda :)
    Eu não teria me interessado por esse livro se não fosse pela sua resenha, então muito obrigada por apresentá-lo a mim!
    Um abraço,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  4. Olha, não acredito em traição, de jeito nenhum... Fiquei com o pé atrás com a coisa do machismo, mesmo depois você dizendo que é uma falsa ideia, não sei... Precisaria dar uma foleada no livro para compreender.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Vanessa.
    Gostei da sua resenha e apesar de não gostar muito de contos achei a temática bem interessante.
    Gosto de ver resenhas positivas sobre livros nacionais, me faz admirar ainda mais nossa literatura.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Trata-se de uma obra que me permitiu prender o riso no ônibus, a caminho da UERJ, onde trabalho, e no regresso ao lar. Aborda vários aspectos que as pessoas cínica ou medrosamente não comentam, o que acho fantástico. O conto da mulher morta foi demais, por exemplo! Os traficantes se matando fazem parte de nosso dia a dia... E o serviço público?
    Oliveira Caruso.

    ResponderExcluir
  7. Olááá
    Que capa linda, havia ouvido falar sobre o livro recentemente e parece ser uma leitura bem legal e gostosa, aliás, essa capa é uma graça e esperto ter oportunidade de ler em breve.
    Ótima resenha.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Não conhecia o livro e só o título já me chamou atenção.
    Gosto muito de livros de contos e acho que irei gostar desse.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  9. Eu até achei o livro interessante, principalmente porque eu não conhecia o autor, mas a verdade é que livros de contos não me atraem tanto.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Esse "contos" já me atraiu completamente kkkkk Wishlist já!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  11. Esse "contos" já me atraiu completamente kkkkk Wishlist já!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Vanessa, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha e achei os contos interessantes, mostrando sobre a vida, parece ser um livro que não nos permite uma classificação exata. Os contos parecem ser bem divertidos.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  13. Olá Vanessa, parabéns pela resenha. Não conhecia a obra e olhando a capa e a sinopse não tinha ficado curiosa para ler, mas depois da sua resenha e saber um pouco sobre o que se trata, fiquei curiosa.
    Quem sabe dou uma oportunidade.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    não conhecia esse livro, mas gostei muito da premissa. Eu gosto de contos que falem da nossa sociedade e seus hábitos e conceitos. Achei legal o livro dar margem a essa dupla interpretação sobre machismo, dependendo do quanto o leitor aprofundou na analise da obra.
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Hey, tudo bem?

    Não conhecia esse livro e gostei muito do que disse na sua resenha sobre o livro, que de forma descontraída e reflexiva ele mostra os fatos que podem acontecer na vida e nos pegar de surpresa. Adoro livros que possuem esse tom reflexivo, a leitura se torna muito mais especial, então fiquei bem curiosa sobre o livro, além de que adoro contos.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  16. Oi bonita, tudo bom?

    Parabéns pela resenha, ainda não conhecia o livro, mas fiquei com vontade de lê-lo. Gosto de livros que nos fazem refletir. Estou aprendendo a gostar de contos, rs. Espero ter a chance de lê-lo algum dia.

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oie
    Gostei muito da sua resenha e da sinopse do livro. Não o conhecia, assim como não conhecia a história, porém não sei se leria porque de fato eu tenho um certo problema com contos. Não curto muito :/

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  18. Li o livro e não tive a impressão de ser machista. Precisamos prestar atenção e compreender as reflexões que Wagner pontua. É de leitura gostosa e bem humorado. Super indico!

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas