CulturAção: Valorizando a Literatura Nacional

Vocês sabiam que no dia 1º de Maio além do dia do trabalho comemoramos também o dia da Literatura nacional.  Mas por que o post não veio no dia 1º. Simples, porque eu esqueci. (risos) Então, decidi trazê-lo agora, pois como alguns de vocês devem saber o Projeto Blogagem Literária Coletiva (BLC) evoluiu e agora chama-se Culturação. E ai, ao invés de termos um tema por mês teremos vários e muitos blogs poderão participar. 

https://www.facebook.com/groups/743540729045107/
Enfim, um dos temas propostos para o mês foi uma homenagem ao dia da Literatura Nacional. Especificamente escolhendo cinco livros que em minha opinião todos deveriam ler. Como eu tenho um corpo inteiro na Literatura que se faz aqui no Brasil, decidi aceitar este desafio. Vem comigo?

A Hora da Estrela - Clarice Lispector

 


Demorei um monte pra pegar este pequeno livro para ler. Não vou dizer que é uma leitura que se entende assim de primeira, mas é aquela leitura que não pode faltar. Clarice nos dá um presente e ao mesmo tempo um choque de realidade e contradição. Um livro que eu diria Singular, assim como sua autora. 





Em alguma parte alguma - Ferreira Gullar



Gullar é um poeta que fui aprendendo a gostar. E no livro Em alguma parte alguma eu me encontrei. Os versos são diretos, fazem umas curvas de vez em quando, mas são sempre curvas bem feitas. Disse que me encontrei, pois neste livro encontramos de tudo um pouco e com sua direta suavidade poética Gullar vai nos conduzindo a diversos lugares deste mundo. 






Memórias Inventadas: As infâncias de Manoel de Barros - Manoel de Barros




Fiz há pouco tempo a resenha deste livro aqui no blog. É como disse acredito que todo ser humano deveria ter esta oportunidade. O livro é uma mistura de brincadeira, infância e vida adulta e tudo conduzido de uma forma meio mágica. Digo mágica porque Manoel de Barros nos mostra o quanto perdemos quando não olhamos a vida com os olhos da infância. 





 Estrela da Manhã - Manuel Bandeira


Estrela da manhã é um livro curtinho e nos mostra a intimidade de Manuel Bandeira com as palavras. Indico a leitura deste livro e de outros além de alguns relatos sobre o autor, pois ele junto com outros pode ser visto como um poeta que fez a transição da poesia do final do Sec XIX para a poesia moderna. Aquela poesia mais "regrada" para esta poesia mais livre, coloquial. Neste livro podemos perceber de forma clara o apreço do autor por esta linguagem que vai, que chega direto no coração, nos ouvidos, na alma do leitor. Não que a outra ficasse pelo caminho, mas simplesmente porque mudamos nossa forma de ler. Porque não usarmos as duas formas de escrita? Fica a indicação!



A escrava Isaura - Bernardo Guimarães


Como eu relutei para colocar este livro aqui. Digo isto porque a experiência que tive com ele foi algo muito pessoal. Justamente por se passar em Campos, local muito próximo de mim, sem falar no cunho histórico que a história nos envolve. Uma mistura grande ficção com uma triste realidade de nosso país. Pois foi este último motivo que me levou a trazê-lo aqui. Literatura não deve ser pensada apenas com o cunho educativo, mas Escrava Isaura foi uma leitura que fiz ainda moça e sempre a trago comigo quando o assunto é escravidão no Brasil! Penso que não seria um tempo perdido. E sim um conhecimento adquirido, porque o autor foi muito feliz em sua construção. 


E vocês, se tivessem que indicar algum livro Nacional. Que livro indicariam!? Já leram alguns dos que eu indiquei? Deixe sua sugestão/opinião ali nos comentários!


11 Comentários:

  1. Olá
    uma coisa é certa, eu amo de mais essa sedições de classicos da Martin Claret
    acho muito top na balada, a de os Minzeraveis é muito top
    Bjks

    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie!!!
    sou totalmente a favor da literatura nacional, estou tentando equilibrar minhas leituras por que ainda leio bem mais livros estrangeiros mas, pouco a pouco isso vai mudando. Já li A Hora da Estrela e amei, quanto aos outros ainda não li. dicas anotadas ;)
    beijão*...*
    http://notinhasderodape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu amo A Hora da Estrela! Amo tudo o que a Clarice já escreveu, aliás. E eu sinceramente não compreendo quem simplesmente diz que não gosta de literatura nacional. Tenho raiva dessas pessoas! Acho coisa de gente tapada, que não abre os olhos pra conhecer o que está ao seu redor, sabe?
    Um beijinho,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  4. Que lindoooo! Clarice minha diva, gosto de tudo que ela escreve, simplesmente perfeita! oouwnnnnnnnnnn que post amooorrr! Manoel de Barros é adorável, você escolheu muito bem todos os autores, sua linda! amodorei essa postagem. E concordo com o comentário da Monalisa quanto a literatura nacional....
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Van que post maravilhoso!!!! Não sabia que dia 1 é o dia da literatura nacional e sobres as leituras a hora da estrela é bem interessante e escrava isaura tb... os outros confesso que não li,mas quando estiver com um tempo mais tranquilo vou querer ler essas obras, ]
    bjus

    ResponderExcluir
  6. Oláá
    Poxa, que legal a ação, dos livros citado apenas li o da Clarice, gostei bastante mas já faz uns anos então preciso ler novamente pois não lembro mais nada haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Vanessa, tudo bem?
    Não sabia sobre a data e me passou despercebido se alguém postou.
    Acho super importante a valorização da literatura nacional.
    Não li nehum dos que você ciou, mas quero ler A Escrava Isaura.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  8. Oi Van tudo bem, todos os livros citados eu li qdo mais nova e não me conformo de ouvir muitas pessoas dizerem que não curtiu Clarice Lispector no livro A hora da estrela esse foi o livro que mais gostei e tem umas novas versões na capa que gostaria muito de ter! Adorei suas dicas parabéns! Bjkas

    ResponderExcluir
  9. Oi oi, como vai??
    Acho muito legal essa valorização da literatura brasileira de raiz, mas mais importante ainda, acho que é a valorização dos nossos autores atuais.
    Esses clássicos são sempre lembrados pelas escolas, porém os nossos novos autores muitas vezes são desvalorizados, e acho que isso deve mudar.
    Enfim, mas adorei o post!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Hey, tudo bem?

    Que evolução legal a do grupo e esse tema é ainda mais legal, sempre muito importante investir na literatura nacional, ne. Gostei bastante da sua pequena lista e pra falar a verdade, A Hora da Estrela é um dos livros que eu possuo mas acabei nunca lendo. Mas quero muito e espero apreciar bastante essa leitura.

    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Acho ótimo divulgarmos bons livros nacionais. Dos que você citou eu já li A Hora da Estrela, mas não curto Clarice Lispector. Um nacional que recomendo é Senhora do José de Alencar.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas