Resenha: Transformada: Morgan Rice.


– Livro 1 da Série “Memórias de um Vampiro” – 


 






Título: Transformada
Série: Sim! (Livro 1 de Memórias de um Vampiro)
Autora: Morgan Rice.
ISBN: B00IKPIE78
Ano: 2014
Páginas: 139
Editora: Amazon.




Se tem uma coisa que gosto bastante nessa vida é um bom livro de vampiro acompanhado de uma boa xícara de café. De todas as criaturas mitológicas a que me causa mais fascínio e me seduz com mais facilidade são os vampiros, independente das peculiaridades que cada autor apresenta nesses seres sobrenaturais. Por isso, que sempre adoro conhecer novos livros ou sagas vampirescas. Dessa vez, a série que conheci chama-se “Memórias de um Vampiro” e é escrita pela Morgan Rice.  


A história gira em torno de Caitlin Pane, personagem principal, que está de mudança para uma nova cidade, uma nova escola, uma nova casa, uma nova vida. Tudo se tornará novo para ela... Mais uma vez. E este é justamente o problema da menina. Assim como seu irmão, Sam, ela não aguenta mais a rotina de alternâncias sempre que sua mãe muda de emprego. Mas dessa vez as coisas só não desabam sobre ela porque acaba conhecendo um garoto chamado Jonah.

Com essa reviravolta na vida pessoal, ela também é obrigada a passar por algumas mudanças em sua própria compleição física. Não por sua vontade, mas Caitlin agora possui uma incrível força, assim como sensibilidade à luz do sol e um desejo ávido de se alimentar. E é o fruto da sua primeira alimentação que a faz conhecer Caleb.

No novo mundo obscuro em que ela está inserida, Caitlin se vê meio de uma guerra de vampiros entre o Clã White e o Clã Blacktide. Assim, Caitlin e Caleb embarcam em uma jornada em busca de um um objeto que foi perdido há muito tempo que pode mudar o rumo da guerra vampiresca. Resta saber se os dois terão forças para vencer as batalhas que enfrentarão e conseguirão resistir à uma paixão que parece surgir entre os dois, todavia, deve ser suprimida com toda força.

Bom, em primeiro lugar gostaria de dizer que adorei conhecer essa série vampiresca no fim do ano de 2015. Quem me conhece sabe que gosto muito de livros de vampiros e é sempre legal descobrir séries que retratam universos de seres sobrenaturais que a gente gosta.

Nas primeiras páginas achei a história muito clichê e previsível Entretanto, na metade do livro, quando passei a me simpatizar com a historia, os fatos começaram a chamar minha atenção e eu fui gostando um pouco mais do enredo. Só achei a escrita um pouco monótona e isso é uma coisa que acaba ocorrendo pelo menos no segundo e terceiro livro da série. A autora não teve aquela escrita que te chama a atenção e te faz ter um pouco de curiosidade de saber até onde a história vai. É apenas uma escrita simples e comum.

Caitlin, a protagonista, se sente apaixonada por Jonah e em poucas páginas já está tendo uma conexão com Caleb. Os livros atuais já estão saturados de garotas ou garotos que em um capítulo estão apaixonado por uma pessoa e em outro mais à frente parecem ter encontrado o amor de sua vida.

Em algumas partes importantes, acho que a autora quis trabalhar tanto os diálogos que acabou os deixando um pouco sem emoção.

Por fim, tenho a dizer que a ideia e o universo literário criado por Morgan Rice me convenceu a ler os outros livros da série. Porém, em minha opinião, a autora poderia ter escrito um melhor inicio para a série, caso tivesse respeitado os requisitos que mencionei acima.

O livro merece três estrelas...



Quem é Morgan Rice?

Morgan Rice é uma autora estadunidense famosa por mesclar fantasia e ficção em suas histórias que normalmente envolvem ação, aventura, suspense e romance. Uma de suas sérias escritas e bastante conhecida, sendo traduzida em diversas línguas é “O Anel do Feiticeiro” que compreende 17 livros. Morgan também escreveu uma Série Vampiresca (Memórias de um Vampiro) que possui 11 livros e no momento está escrevendo o terceiro livro da Trilogia “A Sobrevivência” que narra um thriller pós-apocalíptico. Seus livros já foram traduzidos em 25 idiomas e pelo menos aqui no Brasil estão disponíveis em diversos sites para se ler como E-book. No meu caso particularmente eu o encontrei no Lê Livros (http://lelivros.website).


9 Comentários:

  1. Oi Marcão! Eu também adoro histórias sobre vampiros (e se tiver lobisomens também, melhor ainda)! Li até algumas nacionais que me chamaram muita atenção também. Eu já vi muito sobre essa série da Morgan e tenho alguns amigos que me indicaram bastante também. Como sou a louca vampiresca nem me importo da trama seguir com clichê ou monótona, haha. Quero ler o quanto antes.

    Tá rolando uma pesquisa de público lá no Quinta Gaveta! Sua opinião é muito importante pra gente.
    Beijo, Selma Barbosa | Quinta Gaveta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Selma! Acabei de responder a pesquisa. Espero ter ajudado! Leia mesmo, se você não se importa com clichês então acredito que iria gostar.

      Excluir
  2. Oi Marcão. Vou te dizer que os vampiros não são meu forte, mas gostei do enredo dessa história. Vale a pena sair da zona de conforto né! Interessante tua colocação sobre os diálogos, às vezes o pouco pode ser muito e valioso. Um abraço pra ti!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Marcão!
    Que pena que o livro não empolgou tanto... Eu sempre quis ler algo de vampiros, mas nunca faço de fato... Comprei semana passada "Dom Pedro I Vampiro", quem sabe tendo história junto, que eu amo, eu não me interesso mais pelos vampiros rs

    ResponderExcluir
  4. Olá Vanessa,

    Amei a sua resenha e sua autenticidade, é importante se posicionar criticamente mostrando as razões que justificam quando algo não é tão positivo. A trama realmente não chamou minha atenção e com uma escrita mais ou menos da autora e o fato de ter continuação aí realmente me desmotiva a ler esta obra.

    Bjo
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Marcos, ia mencionar exatamente o que você falou ali no fim da resenha: os clichês! As vezes, não leio livros de vampiros e tudo mais, porque o mercado literário já saturou nesse tema, na minha opinião, por isso não vejo muita graça e isso não me deixa ler esses livros. Mas tomara que a autora se supere nos próximos livros da série. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá Marcão,
    Na atualidade é muito complicado escrever sobre seres sobrenaturais, principalmente vampiros, sem cair em uma mesmice e o maior poder nem é o do vampiro e sim do autor, em apresentar alguma coisa nova. Eu particularmente sou mais fã do original, Drácula, de Bram Stoker, mas respeito o posicionamento e gosto dos demais. E sério que são onze livros? Caramba.
    um abraço.

    Antonio Henrique Fernandes
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Tenho esse livro no meu kindle, acho que baixei ele gratis mais ainda não pensei em ler.
    É muito difícil trabalhar tema de vampiros, penso que os autores acham que é fácil e tais por ser algo comum, mas se não for bem trabalhado não compensa nem ler.
    Por enquanto vou deixar esse livro passar, quem sabe um dia não pego pra ler ^^

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Apesar de gostar do tema que o livro aborda ele não me despertou o interesse e saber que a autora não conseguiu passar as emoções tão bem em sua escrita dos diálogos me faz manter a posição de desinteresse mesmo vc dizendo que está convencida a ler as continuações. o.o

    Beijo!

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas