Está em Búzios? Não deixe de visitar o Moka Literária Waffle & Café

Oi gente! Hoje vim dar uma super dica para você que gosta de viajar, curtir pessoas, lugares novos e mesmo assim continuar perto dos livros. Pois é! É possível unir todas essas coisas boas. Vem comigo!

Moka Literária Waffle & Café, cafeteria, Búzios,RJ Literatura, Visita Literária, livros, leituras, leitores

Esta semana marquei um encontro com a querida poetamiga Vera Lílian para trocar algumas figurinhas literárias e ela escolheu um lugar muito interessante para nossa conversa. Eu ainda não conhecia mas loguinho me encantei com o espaço. 

Moka Literária Waffle & Café, cafeteria, Búzios,RJ Literatura, Visita Literária, livros, leituras, leitores
Vera Lílian e eu com os livros da Editora Illuminare
Nos encontramos no Moka Literária um cafeteria italiana que fica no Centro de Armação dos Búzios. Um lugar super aconchegante e cheio de gratas surpresas. 

Fomos recebidas pelos donos do local Joice e Adriano e logo que notei um cantinho com uma estante de livros o Adriano começou a me explicar sobre a sua ideia. E vejam só que interessante:
 
Moka Literária Waffle & Café, cafeteria, Búzios,RJ Literatura, Visita Literária, livros, leituras, leitores
Adriano, Joice e Eu perto do cantinho Literário do Moka Literária - Joice segurando o livro Entretextos do querido poeta Luiz Otávio Oliani, publicado pela editora Vidráguas

Eles disponibilizam ali livros de assuntos variados e a pessoa pode pegar para ler. Se por algum motivo não conseguir terminar a leitura o leitor pode deixar o livro marcado, há marcadores diversos na estante,  e retornar outro dia para terminar. Se outras pessoas se interessarem podem pegar o livro e fazer o mesmo processo, mantendo as marcações já feitas. E assim, as leituras vão sendo compartilhadas. Uma corrente de respeito ao próximo vai se estendendo e a leitura se espalhando. Alguns livros são dos próprios donos outros foram doados ou emprestados. 

Ah! E além dos livros há um espaço para jogos. Alguns clássicos que ficam ali prontinhos esperando para fazer parte do seu lazer com a familia,  amigos. Um encanto minha gente!

Preciso dizer que adorei a ideia? Não né!? Isso porque ainda não falei na variedade de alimentos que podemos encontrar por lá. Achei bacana, pois não atende a um gosto único. Nota dez para o investimento e lindo trabalho da Joice e do Adriano.

Moka Literária Waffle & Café, cafeteria, Búzios,RJ Literatura, Visita Literária, livros, leituras, leitores
Eu com os livros da Editora Illuminare - Parceira aqui do blog
Moka Literária Waffle & Café, cafeteria, Búzios,RJ Literatura, Visita Literária, livros, leituras, leitores
livros da Editora Illuminare - Parceira aqui do blog

Vale muito a pena conhecer! Muita simpatia, alegria e cultura no mesmo espaço. E tem mais, antes de chegar à cafeteria você passa por obras de artes lindas que ficam expostas na galeria. Uma maravilha para quem gosta de Arte e Literatura e, claro, de um bom café! 

Acesse @Mokaliterária no Facebook e descubra mais detalhes sobre o local e veja um pouquinho da alegria que as pessoas que já passaram por lá expressaram. 

 Então,
leitores em Búzios!?
Moka Literária ponto obrigatório de parada!
Você não vai se arrepender!!

Fica a dica!

____________
Ps.: Você já tomou café na Moka? Sabe o que é uma Moca?  Responde aí nos comentários =) 


Falando em poesia...


 Quando falo em poesia o verso se agita. Corre,  abraça e se amiga com as palavras. Não importa que sejam recentes, novas... Tampouco que sejam velhas ou antigas... Seja lá como queiram!

Acontece que é deste amigar, verso-palavras, que se constrói o meu verso-poema. Aquele que algumas vezes se apresenta denso, outras nem tanto... Mas que no entanto, quando o solto em papeis, ou mesmo quando por algum motivo é ecoado por vozes, diversas, acorda um universo de sentimentos que se elevam com o vento. 

E o vento, meu amigo, sopra e vai espalhando por aí os sentidos que num mesmo movimento vão pintando meu Universo poesia-verso, alegria-tristeza, euforia-esperança acertando estes e tantos outros bordados de um tempo que chamo poema.

Perece pouco para quem não entende ou muito para quem se envolve. E é assim, falando em poesia que me perco, para me encontrar. É fato, já nem sei mais onde estou. O caos poético está feito a poema existe e basta!

Falei, fui e sou poesia em movimento. E às vezes me arrisco, peço licença à gramática e com intenção de sinônimo chamo o verso de vida. Pois verso com vida é comVida, poesia!

Seja poesia! 
Até!

Vem aí... Bastidores: Um dia na vida de um Blog Literário


Olá Leitores!

Vamos falar de lançamentos!? Pois bem minha gente. Há algum tempo comentei com vocês, neste post aqui, sobre um projeto lindo da Editora Illuminare. O tema do projeto era Blogueiros Escritores e tinha como objetivo selecionar Blogueiros Literários para escrever, em conjunto, um livro de contos sobre algumas idas e vindas dessa nossa vida do blogueiro. 

Eu adorei a ideia, me joguei!!! E para minha máxima felicidade fui selecionada para  ser coautora junto com outros 9 (nove) blogueiros escritores sensacionais. 

Mas por que falar disso agora Vanessa!? É simples minha gente...

O livro está pronto e já tem data de lançamento!!!

E claro, que eu tinha que compartilhar essa novidade com vocês. Afinal, o que seria deste blog sem seus leitores, amigos e apreciadores não é verdade!? Vamos falar um pouquinho sobre o livro?


Título:
BASTIDORES: Um dia na vida de um blog literário

Bastidores: Um dia na vida de um Blog Literário, editora Illuminare, Blogueiros Escritores, Vanessa Vieira, Vanessa Vieira poetisa, Blogueiros Escritores, livros, literatura Nacional, Lançamentos, blogs, Blogueiros Literários, Pensamentos Valem Ouro

Sinopse: Livros, livros e mais livros. Livros de cortesia, brindes literários, contato direto com autores famosos, eventos e muita coisa legal dentro da literatura. Sim isso faz parte do dia-a-dia de um blogueiro literário.Mas tem também as críticas, os problemas, o tempo dedicado, parcerias problemáticas e muitos entraves que fazem de um blog literário um desafio constante na divulgação da literatura.Como será que esses blogueiros conseguem coordenar tempo, vida e livros? Qual terá sido o melhor dia ou o pior momento de suas carreiras como blogueiros literários? Será tudo sempre flores ou também tem pedras?Venha descobrir o que se passa nos bastidores de um blog literário e conheça histórias engraçadas, dramáticas, alegres e surpreendentes.Dez blogueiros, dez histórias e muita coisa revelada sob os bastidores da literatura nacional.

Não sei se vocês perceberam, mas ali no início da capa tem listados 10 (dez) nomes, pois estes somos nós os blogueiros Coautores =P

Beatriz Andrade | Lorena Caribé | Ricardo Biazotto |Mione Le Fay  |Viviani Xanthakos 
Patrícia Brito | Nuccia De Cicco |Vanessa Vieira  |Juliana Rovere |Giuliana Sperandio

Alguns já bem conhecidos aqui no blog e grandes amigos da blogosfera, o que torna este trabalho ainda mais especial! Né Nuccia, Juliana e Giu? =D

Ah, e este livro lindo, que já estou amando de paixão, foi orientado e organizado pela querida escritora Rosana Mierling. Admiro demais o trabalho da Rô pessoal! Se não conhecem já fica aí minha dica hein!

Bem, e o lançamento!?

Então, já foi confirmado um evento da Editora Illuminare no dia 3 de dezembro deste ano em Araruama - RJ e lá estaremos nós para compartilhar com vocês mais esta conquista. 

Lançamento
Data: 03/12/2016
Local: Casa de Cultura Araruama
Cidade: Araruama - RJ
Horário: 15h
Evento: 1º festival  Literatura & Cultura Illuminare - Araruama - RJ

E o livro ja éstá em Pré-venda
Adquira o seu aqui

Em seguida deixo para vocês conferirem a capa, a contra capa e a orelha do livro, onde vocês poderão conhecer nossos rostinhos e já instigar a imaginação sobre os contos. e por falar nisso, Minha participação será com o conto "A Crise". O que será que vem por aí hein!  

Bastidores: Um dia na vida de um Blog Literário, editora Illuminare, Blogueiros Escritores, Vanessa Vieira, Vanessa Vieira poetisa, Blogueiros Escritores, livros, literatura Nacional, Lançamentos, blogs, Blogueiros Literários, Pensamentos Valem Ouro
Foto Divulgação
Espero que estejam tão ansiosos quanto eu! 
E aguardem, pois em breve trarei mais notícias! 
Beijos!!

Resenha: Horas decisivas - Michael J. Tougias e Casey Sherman

Título: Horas decisivas - A história real do mais ousado resgate marítimo
Autoria: Michael J. Tougias e Casey Sherman
Tradução: Sandra Martha Dolinsky
Editora: Editora Única
Idioma: Português
Ano: 2016
Páginas: 256
ISBN: 978- 85-67028-81-1
Sinopse: “Você Tem Que Ir, Mas Não Tem Que Voltar.” O lema não oficial da Guarda Costeira martelava na cabeça de Bernie Webber depois de ter sido convocado para resgatar os tripulantes de um petroleiro que se rompera ao meio, numa das mais aterrorizantes tempestades de inverno da costa norte-americana. As chances de sobrevivência dele e dos três outros jovens que o acompanhariam na missão eram mínimas. Nessa mesma noite, um segundo petroleiro também se partira ao meio a poucos quilômetros do primeiro, e outra equipe de resgate estava em busca dos sobreviventes da outra embarcação. Aquele 18 de fevereiro de 1952 ficaria para sempre na memória de todos os envolvidos. Horas decisivas é o resultado da extensa pesquisa de dois autores que uniram forças para escrever sobre um dos resgates marítimos mais extraordinários da história. Quase sessenta anos depois daquela noite fatídica, o relato ainda tira o fôlego dos leitores, além de ter inspirado uma     superprodução da Disney estrelada por Chris Pine.

"A noite de 18 de fevereiro de 1952, durante uma das piores tempestades de inverno que já houve na Nova Inglaterra, no nordeste dos Estados Unidos, dois petroleiros são rompidos ao meio pela força das águas.
Quatro homens da Guarda Costeira são enviados em uma pequena lancha salva-vidas para resgatar os sobreviventes de um dos navios.Em um emocionante ato de coragem e heroísmo, os oficiais superam barreiras aparentemente intransponíveis e salvam mais de trinta marinheiros.
Essa história real é narrada neste livro em um rimo alucinante, que leva  leitor a se sentir parte da ação, que inspirou o filme homônimo estrelado por Chris Pine, Eric Bana e Casey Affleck."
Composto por 256 páginas, dividas em 3 partes, com 22 capítulos (mais prólogo e epílogo) retrata um emocionante e marcante resgate marítimo, ocorrido em fevereiro de 1952, quando em uma tempestuosa noite de inverno, na Nova Inglaterra, dois petroleiros partem-se ao meio, e salva-vidas da Guarda Costeira arriscam-se em uma tenebrosa aventura em busca de salvar aqueles que tragicamente encontravam-se naquela situação de vida e morte.

Bernie Webber é o nome "protagonista" da obra, apesar da importância relevante dos personagens secundários. Junto a seus companheiros, ele embarca em uma aventura de resgate, mas também de sobrevivência, onde a busca pela vida acaba virando a prioridade e o heroísmo dá-se o seu ar, apesar das crenças destes de terem executado meramente suas respectivas funções. Mas até onde eles teriam dívida em executar suas funções, quando posto suas próprias vida em jogo? Ao, particularmente, como boa parte, aponto como ato heroico.
Reputação é o que homens e mulheres pensam de nós; caráter é o que Deus e os anjos sabem de nós. (p.214)
Se é imerso a uma narrativa envolvente, onde o leitor encontra-se compartilhando, empaticamente, com os sentimentos e medos que todos, no momento, sentiram, e tanto tempo depois tem-se a oportunidade de reviver.

Acredito que o charme principal da obra, que apresenta fatos reais, é a apresentação dos fatos sem tentativa de "invencionar" ou tentar, de alguma forma, acrescentar atributos chamativos à trama. O livro retrata, de forma bem fiel e de caráter histórico, todos os acontecimentos daquela trágica noite e ainda nos dá uma visão sobre o posterior, de como aquele momento mudara a vida de tantas pessoas, mesmo depois de décadas passado.

Bom, foi o segundo livro sobre alguma trágica aventura marítima que li, e ambos exatamente neste ano. É por isso que, em relação comparativa ao anterior, destaco o quão cuidadoso os autores foram em trazer o relato fielmente, com caracterizações e especificações que possibilitaram ao leitor, por mais leigo que fosse quanto à questões marítimas, de poder imergir a história e sentir assim como os personagens.

Quando me diziam sobre o filme, e até sobre o livro, referente a quão inacreditável soava que tudo fosse real, eu era uma daquelas que sempre pensava que não deveria ser nada além de exagero. E não é absolutamente nada disso. É tudo tão excepcional que beira ao inacreditável. É difícil imaginar que seja humanamente possível sobreviver a uma catástrofe como a relatada e o quanto foi arriscado para salvar o máximo possível de vidas.
O capuz de minha parca ficava voando de minha cabeça, enquanto eu tentava atirar os caos até o Mercer. A certa altura, minha cabeça estava tão adormecida que esfreguei a mão nela e senti algo. Era um grande amontoado de gelo, e, quando o puxei, uma grande mecha de cabelo saiu junto. Contudo, estava tão gelado que nem senti. (p.97) 
Ressalvo, por fim, que a parte mais generosa dos autores para com os leitores foi possibilitar que detivéssemos conhecimento do depois, e principalmente no "não glamour" quanto ao ocorrido. Acho que conhecer, especificamente, o caráter de Webber e de seus companheiros, de na mídia ter reconhecimento, mas os constantes assombramentos que os encarceravam àquele dia, não tem explicação. Tudo correu da melhor maneira possível, mas os fantasmas ainda permaneceram na vida daqueles corajosos homens.

Se você ainda não conhece a obra, aceite a recomendação e leia. É, sem dúvida, uma obra espetacular, que traz uma mudança de ver significativa e cheia de lições, de como a vida pode ser um verdadeiro baú de milagres e de ocorrências inacreditáveis.

Sobre os autores:



Cansey Sherman tem três livros publicados. Em 2003, recebeu o prêmio Edward R. Murrow por Excelência em Jornalismo, como membro da equipe da WBZ Television, em Boston. Já apareceu em dezenas de programas de televisão, incluindo Today, da NBC, Early Show, da CBS, The View e America's Most Wanted.





Michael J. Tougias é autor e coautor de 24 livros. Graças às pesquisas sobre histórias de superação, Tougias também desenvolveu uma palestra para empresas intitulada "Aulas de sobrevivência: o melhor desempenho sob pressão"






Beijos, Vanessa.

Momento Pipoca: O Pacto

E aí pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje venho indicar mais um filme.
Quem aqui já assistiu Amaldiçoado, interpretado pelo Daniel Radcliffe o nosso eterno Harry Potter? "A propósito: Essa indicação vai ser bem ligeira, pois não tenho muito o que falar. Ok?"








"Em português" Amaldiçoado: Um jovem de 26 anos de idade descobre um dia, quando acorda, que sua namorada foi estuprada e assassinada. Ele é imediatamente apontado como principal suspeito, o que o obriga a partir em busca do verdadeiro responsável. Sua arma será o par de chifres que cresce em sua cabeça e força as pessoas que o encontram a revelarem seus segredos.



Esse filme é a adaptação cinematográfica do livro de Joe Hill, confesso que ainda não tive a oportunidade de ler e resenhar aqui "ou lá no UBL" para vocês. Mas há alguns meses tive a oportunidade de assistir no Netflix "esse filme".


Como já dito na sinopse, esse filme vai narrar a história de um jovem acusado por estuprar e matar sua própria namorada, mesmo tentando várias vezes dizer que não tinha feito isso, ninguém acreditava. Até que um dia ao acordar, leva um susto ao olhar no espelho  e ver que estava nascendo chifres em sua cabeça.

Sem saber o que fazer vai ao médico e quando estava na fila de espera vê uma criança fazendo birra. Por sua vez a mãe da criança vê os cifres dele e fala que seria melhor fazer algo com aquela criança. Apavorado ele fala que não e nesse momento o médico chama e ele fala o que estava acontecendo, mas ao invés do doutor analisar, acabou contando coisas que ele não queria ouvir.


E assim foi com o resto da história, por onde quer que passava as pessoas que lhe olhavam contavam os segredos mais profundo.




Não tenho muito o que falar, pois como já dito antes não tive a oportunidade de ler o livro e fazer uma comparação mais aprofundada para vocês. Mas indico "esse filme" para todos aqueles que gostam de um belo terror.

Fiquei várias vezes me perguntando o porquê de  acontecer isso tudo com o protagonista. Ele foi desvendando os mistérios pouco a pouco e acabou se decepcionando com o que a origem dos fatos. Confesso que na metade da história me veio a cabeça quem poderia ter feito aquilo e foi o que aconteceu.

Mas não se preocupem que ao descobrir não estragou o momento, pois até que gostei muito. Para completar estou com muita vontade de ler o livro. Espero um dia poder ter a oportunidade e ver se segue a risca tudo que se passa no filme.

Então é isso pessoal! Espero que tenham gostado dessa indicação, comentem aí em baixo o que acharam e volto em breve com mais indicações... No mais é isso, muito obrigado pela atenção de vocês e até a próxima. Tchaau

Resenha: Sertão - Fábio Monteiro

Título: Sertão
Autoria: Fábio Monteiro
Ilustrações: Maurício Negro
Editora: Paulinas
Páginas: 40
Edição: 1
Idioma: Português
Formato: (20,0 x 20,0)
Sinopse: Sertão toca os leitores pela singeleza da narrativa, pela árida paisagem sertaneja e pelos encantos de um menino que relata a sua amizade com um pássaro. Tonho vive no sertão e conhece um pássaro que voa por vários lugares, trazendo a ele realidades diferentes (a chuva, a guerra, a dor) e novas descobertas. O autoconhecimento e as novas descobertas são trazidos pela natureza, assim como a passagem de um mundo estéril a um abundante. Sertão reporta-nos aos laços de amizade e ligação sentimental que vão se construindo no contato. Propõe, também, um modo muito lírico na descoberta de realidades diferentes. 



Livro, sertão, Fábio Monteiro, literatura infantil, fotografia Vanessa Vieira, leituras, livros infantis, Ilustração mauricio negro
Foto: Vanessa Vieira

Sertão é um livro de literatura infantil que nos conta a história de Tonho, um menino que morara, como o próprio título sugere, no sertão. Da perspectiva de um narrador observador somos pouco a pouco apresentados ao dia a dia de Tonho, suas percepções sobre a vida, seus sonhos, suas esperanças e sua relação com um pássaro que diariamente vem visitar sua janela. 

A relação do menino com o pássaro dá vida à história. O mais interessante é que escrito de uma forma simples esta obra nos faz mergulhar no contraste entre o que se vê, o que se imagina do que se vê e do que não se vê. 

A poesia perpassa toda a obra nos abrindo os olhos para uma realidade muitas vezes triste, mas ao mesmo tempo nos apresenta um menino que apesar de... Escolhe olhar as coisas com outros olhos. 

Livro, sertão, Fábio Monteiro, literatura infantil, fotografia Vanessa Vieira, leituras, livros infantis, Ilustração mauricio negro

Por ser uma literatura infantil os fatos são narrados aos poucos entre as ilustrações que  tenho que mencionar aqui complementam de forma singular a história. Mais que isso, escrevem junto. Na verdade quando vi o livro pela primeira vez me apaixonei justamente pelo título em conjunto com a ilustração da capa. agora com ele em minhas mãos posso dizer que é ainda mais intenso do que imaginei que fosse.

Livro, sertão, Fábio Monteiro, literatura infantil, fotografia Vanessa Vieira, leituras, livros infantis, Ilustração mauricio negro

Gostaria de agradecer ao autor Fábio Monteiro, ao Ilustrador Maurício Negro e à Editora Paulinas por nos apresentar uma obra tão linda. E aproveito para deixar registrado meu desejo que de que muito em breve ele alcance as bibliotecas de nossas escolas. Precisamos dessa "sensibilidade séria" nos livros infantis. 

É isso minha gente! Como vocês viram eu favoritei o livro. E podem anotar que vou levar comigo  nas contações de história. Espero que leiam e que se encantem, assim como eu me encantei. 

Até breve!

Dicas de livros com flores na capa da autora Sarah Jio


Oi gente! Hoje resolvi fazer um post diferente. Eu amo a primavera e fiquei super feliz com sua chegada. Resolvi então, selecionar alguns livros com flores na capa para vocês deixarem sua estante e as leituras mais "floridas". No meio da pesquisa, percebi que os livros da autora Sarah Jio sempre tem uma florzinha na capa. Então transformei o post de "livros com flores", para "os livros com flores de Sarah Jio". Vamos lá:

Neve na Primavera- Sarah Jio

SEATTLE, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.




O QUE EU ACHEI: Vamos começar com um livro que tenha logo "primavera" no título. Ah, esse livro é muito emocionante e eu adoro histórias que tenham mistérios não resolvidos. Principalmente que mesclem dois tempos, como a autora costuma fazer. E a capa é uma graça, né? Quem quiser conferir a resenha, link aqui. Em sua nota ao final do livro, Sarah Jio revela que a inspiração para escrever Neve na Primavera surgiu ao ouvir a música Blackberry Winter no rádio. O livro acabou tendo esse mesmo título (no original, claro.)


O Bangalô, Sarah Jio.

Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos. No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora.  Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso. O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história. A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você.


O QUE EU ACHEI: Anne é uma personagem muito forte e determinada. Largar tudo para ir para a guerra não é só coisa de homem, não. Mais uma vez Sarah Jio brinca com a passagem do tempo e nos faz refletir. O curioso aqui é que Anne era comprometida antes de conhecer Westry... A sinopse é intrigante e a obra mais ainda! Para quem quiser conferir a resenha, aqui.


As violetas de março, Sarah Jio.


Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio. Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar. Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo — e mais verdadeiro — livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes. Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta. Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história. Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades. 'As Violetas de Março' é um romance sobre a força do amor, sobre as peças que o destino prega e sobre como podemos ser felizes mesmo quando tudo parece conspirar contra a felicidade.


O QUE EU ACHEI: Deixei esse por último mas na verdade foi o primeiro a ser lançado. O único da lista que ainda não li, mas pela sinopse parece ser tão bom, ou melhor, quanto os outros. Essa facilidade com que Sarah tem de nos fazer refletir através das suas personagens que têm uma mudança brusca na vida me encanta. Eu recomendo e muito! 


Bom, esses três livros não são uma série, mas são os três livros "floridos" que mais deram destaque a autora Sarah Jio.

Gostaram das dicas? Já leram algum?

Besos

Estamos de volta!! Chega mais!


Olá pessoal!

Acho que você deram falta da gente nestes últimos dias né!? Pois então eu tive alguns probleminhas aqui pra resolver e as coisas acabaram acumulando. Resultado!? Parada inesperada do blog para reorganizar tudo e trazer o melhor para vocês. 

Espero que não tenham fugido hein!!! Ao pouquinhos vamos trazendo novidades para vocês e recheando este cantinho aqui de informações. =) 

A novidade da hora é que a partir de hoje teremos de três a quatro postagens na semana, em dias alternados. Espero vocês por aqui hein! 

Abraço grande! 

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas