Ler para um Bebê. Por quê!?


Você já ouviu alguém dizer que gosta de ler desde que era bebezinho? Ou então já ouviu alguém contando sobre as histórias que ouvia quando era ainda bem pequeno? Tenho certeza que sim. Afinal, para alguns de nós as histórias se fizeram presentes desde muito cedo, não é mesmo? (Obrigada papais)

Arquivo pessoal
Mas o que eu quero conversar hoje com vocês é o motivo pelo qual esta leitura se torna tão importante na vida de nossos pequeninos. Há quem diga que quanto mais cedo a criança entra em contato com o livro, mais interessante e efetiva será no futuro sua alfabetização. Correto, mas não é só isso. A leitura abre muito mais caminhos do que podemos imaginar. 

Pesquisas confirmam que desde a 22ª semana de gestação os bebês já podem ouvir a voz das mamães e os pesquisadores estimulam as gestantes cantarem, contarem histórias e conversarem com seus bebês. Tudo isso para criar interação entre a mãe e a criança. E o mais bacana é que há registros de bebês que lembraram de músicas e histórias contadas quando ainda estavam na barriga. Eu mesma conheço um caso assim. 

Mas não é só na barriga! Depois que o bebê nasce este estímulo não pode parar. Por isso, reservar um momento diário de leitura com o bebê é importante porque dentre outras coisas: 

💬Traz momentos de calma: afinal a voz da mamãe ainda traz tranquilidade ao pequeno bebê;  

💬Estimula a audição e a memória: quando contamos histórias o ritmo e a entonação que damos às palavras e à nossa voz criam algo como uma musicalidade para o bebê e conforme vamos repetindo as histórias elas ficam lá guardadas e em algum momento voltam à tona, possibilitando ao pequeno novos momentos de aprendizagem e conexão entre o que aprendeu e o que está aprendendo;

💬Enriquece o vocabulário:  já parou para pensar a quantidade de palavras que podemos encontrar em uma historinha? Imagine quantas delas nossos pequenos registram. Não se espante, pois são muitas.  Se você é daqueles que acha que bebês são dispersos. Se enganou! Pode até parecer que eles não entendem, mas estão ligadinhos em tudo o que acontece ao redor.

Arquivo Pessoal
Mas eles não entenderão a história e não ficam quietos e se mexem o tempo todo? O que fazer? 

Estimule para que se mexam ainda mais!! A forma de comunicação dos bebês é esta. Percebem como mexem as perninhas e os bracinhos quando falamos com eles. Quanto mais se mexem e gritam, mais felizes demostram que estão. Basta você parar e reparar direitinho. Então, se na hora da leitura o bebê está se mexendo e querendo segurar o livro é sinal de que está gostando. Deixe que ele manuseie e vá apontando para as cenas enquanto lê. Eles curtem e acompanham com os olhinhos. 

Para terminar! Um fato importante de ser pensando sobre este estímulo é que, além de ser importante, ele precisa ser prazeroso. Logo, vai ter sim aquele dia em que o pequeno estará mais irritadiço e não demonstrará interesse pelo livro ou pela leitura. E neste caso será válido mudar a maneira de interação ou mesmo deixar a leitura para uma outra hora ou outro dia. Afinal, o que conta é o bem estar e a alegria de nosso pequenino certo!?

Arquivo Pessoal

No primeiro ano de vida os indicados são os Livros de banho, Livros de pano e Livros cartonados, sempre muito coloridos e com figuras grandes. Pois estes o bebê consegue manusear com facilidade e, como estão na fase de descoberta certamente, levarão à boca. 

Os livros de banho, como o próprio nome já revela são de plástico e são indicados para o momento do banho. Os de pano tem vários modelos. Alguns são de feltro onde a criança pode pregar e despregar peças que compõe a história. E os Cartonados, são aqueles com as páginas mais grossas que ajudam na passagem. Mais pra frente tratei detalhes sobre estes livros para vocês! Me aguardem!

❤❤❤❤❤

Bem, quis trazer esta reflexão aqui, pois muitas vezes a gente acha que o mundo dos pequenos é muito distante do nosso, mas não é tão longe assim. O livro pode permear nossas histórias desde muito cedo. 

Aconteceu comigo e já estou vendo resultados com meu pequeno. Não pode ver seu livrinho dando sopa que estica as mãozinhas para pegar. E vale a pena cada sorriso. Então, Se você é tio, tia, dindo, dinda, mamãe, papai ou titia. Corre para estimular a leitura. As crianças merecem entrar nas fantasias que a leitura nos proporciona! 

Beijinhos!



0 Comentários:

Postar um comentário

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas