Momento Inspirativo #13

 Por Vanessa Ribeiro
Momento Inspirativo

Ontem eu vi que você desativou suas redes sociais. Minutos depois mandei uma mensagem que dizia "Ei, você está mal?". Fiquei ali olhando por 5 minutos em espera de uma resposta que não veio. Em seguida, apaguei. Não sei se você leu, e se leu, sequer quero saber o que pensou ou se é que sentiu algo. Mas no fundo, eu senti com tudo isso. Fico pensando que planejei todo um castelo encantando para nós dois. Lembra que eu te chamava de "Meu Pequeno Príncipe", em referência ao meu livro favorito? Você me chamava de princesa. E eu confiava nesse conto de fadas. A gente viveu bons momentos juntos e eu sinto falta do seu cheiro, da sua voz, do jeitinho que você respirava forçado e até da sua fala arrastada. Eu sinto falta de você e de tudo o que eu planejei para nós. Mas, ao mesmo tempo, sinto que uma hora ou outra isso vai sumir de vez. Sinto que todos os dias esse vazio da saudade que sinto de você, vai sumindo e sumindo. Todos os dias eu tento me lembrar de todos os vacilos que você cometeu e principalmente que tudo isso foi uma escolha sua. Sei que não estávamos mais juntos quando você começou a namorar, mas sabe que eu também confio que se você quisesse mesmo ficar comigo, não tinha escolhido ela. Meu coração pesa em pensar que você sofre por ela, porque a ama e que sinceramente isso nunca será um sentimento seu com relação a mim. Sinceramente? Nem acredito que alguém possa mesmo gostar de mim. E não te julgo por escolher alguém melhor. Eu mesma, se pudesse, não estaria comigo.


Postar um comentário

7 Comentários

  1. Oi Van!
    Amo demais os seus textos. Feliz de tê-los aqui no bloguinho!!!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Uma conclusão muito preocupante...
    É importante sermos condescendentes, mesmo, conosco!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Um texto lindo, porém muito triste! Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  4. Ah... Momento inspirativo
    Ou momento inspirador...
    Todo momento é do amor
    E certo momento é o motivo

    De mostrar que o amor é vivo
    Quando existe o indicador
    Que é o interesse e se for
    Paixão, será lenitivo

    Chegada à consumação
    Do prazer e amor que são,
    Por ato, o supremo gozo,

    Mas sendo o amor frustração,
    Não há de se amar em vão
    Por um capricho teimoso!

    Grande abraço! Laerte.

    ResponderExcluir
  5. oi!
    Você escreve muito bem, adoro seus textos..

    ResponderExcluir
  6. Vanessa que texto viu. É doloroso, mas infelizmente a verdade. A gente manda msg e espera uma resposta que não vem, e sempre tem uma desculpa.
    Parabéns, você arrasou e mandou a real.
    Abraços

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br