Sem Título [poema]

poema, Vanessa Vieira poeta, Vanessa Vieira escritora, Professora Vanessa Vieira, Poetas contemporâneos, poesia brasileira, poetas brasileiros, Pensamentos Valem ouro, poesia, poemas, títulos, poema social
Arquivo pessoal

 

 Não quero rótulos
Farta estou das caixas
Que me isolam da realidade
Existente no mundo lá fora.

Quero passear pelo universo
Saber um pouco de tudo
Criar um mundo conectado
Tecido de diferentes ideias.

Não busco especialidades,
O que almejo são afinidades
Vivo na onda da curiosidade.

Não quero títulos, já basta!
O que busco sedenta.
É paz comigo e mais nada.

Vanessa Vieira
Bz 20 de agosto de 2020


Postar um comentário

19 Comentários

  1. Parabéns pelo blog! Muito organizado, bonito e repleto de conteúdo enriquecedor! Sucesso! :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, minha querida! Feliz demais em tê-la por aqui! <3

      Excluir
  2. Lindo, Vanessa, no estilo que muito gosto...! Parabéns pelo entrelaçar das palavras tecendo um universo de gratas emoções...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Verinha! Grata por suas palavras! Sempre bom te ler! <3

      Excluir
  3. Belíssimo poema.
    O importante mesmo é encontrarmos a nossa paz interior.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Concordo contigo Maria!
      Gratíssima pela visita querida! <3

      Excluir
  4. lindo. beijos, pedrita
    http://mataharie007.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá Vanessa,
    Fantástico este seu poema.
    Amei este verso:
    "Quero passear pelo universo
    Saber um pouco de tudo
    Criar um mundo conectado
    Tecido de diferentes ideias."

    Desejo-lhe um fim-de-semana feliz.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha querida!!! Que alegria te ver aqui! Simbora mergulhar neste universo de possibilidades que nos rodeiam!!!

      Excluir
  6. Sublime poema, Vanessa!

    Temos que ser nós próprios,
    construindo pontes e estradas,
    por onde possamos caminhar,
    em busca da nossa liberdade,
    felicidade, e amor...

    Parabéns pela inspiração!

    Grato, pela visita e gentil comentário.
    Beijinho e bom fim de semana!

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mário!! Eu que agradeço a visita e o comentário!! Uma alegria vê-lo por aqui! Muito grata!!

      Excluir
  7. Lindo poema Vanessa!
    A paz é muito importante para nossas vidas!
    Que seja de paz o seu fim de semana!
    Beijinhos, saúde epaz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tens razão, Fatyma! Muita paz para todos nós!
      Muito grata pelo carinho!
      Feliz com tua visita!

      Excluir
  8. Olá, Vanessa, seu belo poema diz muito de um espírito criador, inconformado com as mesmices, com os olhos voltados para o futuro e para o saber. Gostei muito, meus parabéns.
    Um feliz final de semana.
    Um abraço, Vanessa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pedro! Fico imensamente feliz com tua visita e palavras. Por aqui realmente a inquietação tem grandes forças. rsrs

      Obrigada por sua visita!

      Excluir
  9. A paz interior é tudo, precisamos dela e não podemos abrir mão.
    Bonito e expressivo poema.
    Meu carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você minha querida! Buscar esta paz é essencial!
      Beijinhos!!

      Excluir
  10. O poema reflete a necessidade, comum a todo o ser humano, de haver paz, para que a vida tenha mais sentido, com o que não posso estar mais de acordo.
    Abraço solidário.
    Juvenal Nunes

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br