Resenha: Restos de Nós - Bia Onofre

"Seria este o destino das mulheres?"

 

Restos de nós, Bia Onofre
Título: Restos de nós: Seria este o destino das mulheres?
Autor: Bia Onofre 
Editora: Chiado
Ano: 2015
ISBN: 978-989-51-2270-7 
Páginas: 192
Onde comprar: Chiado - Livraria Cultura
Sobre a mesa do escritório, o laptop dela abandonado. Aproximou-se, o desassossego aumentou. Veio a tentação de vasculhar os arquivos e penetrar no mundo da esposa, nas anotações que ele desconhecia. Não era do seu feitio, mas por que não? Ela nunca saberia. O dilema moral durou pouco. Usando a mão do médico que alcançava um porta-retrato, o destino esbarrou no teclado e as estrelas da tela de proteção pararam de piscar. Um texto desconhecido, porém familiar, surgiu diante de Rodrigo. Mais de sessenta páginas datadas. Ficou surpreso. Não imaginava que Mariana mativesse tais registros



Olá pessoal! A resenha de hoje traz um tema muito especial. Por isso vou procurar fazê-la de uma forma um pouco diferente e no final vocês entenderão o meu motivo. 

A leitura de Restos de Nós, chegou a mim como aquela brisa que de repente vem nos toca de leve e já sai pegando lugar na janela do coração. Foi a amor a primeira vista! E olha que o livro nem estava em minhas mãos ainda. Recebi um convite da autora Bia Onofre  e depois de ler a sinopse não pude recusar.

Bem, o livro chegou e minha paixão aumentou sabe aquele livro que parece seda. então, era essa. As folhas me encantaram resistentes e ao mesmo tempo muito delicadas... ( não se assustem, eu tenho umas coisas meio estranhas assim mesmo) Mas continuando nosso assunto... Eu esperava muito do livro e ele não só me satisfez, como foi além do que eu esperava e isso me deixou muito feliz.

Restos de nós conta as histórias de Maria Clara e Mariana duas mulheres que existem, amam, pensam, desejam, lutam,  mas que de alguma forma são aprisionadas pelas condições sociais de seu tempo. O espaço físico escolhido pela autora para o registro dos acontecimentos foi o bairro da Gávea onde as duas personagens residiam cada uma à seu tempo, Maria Clara em 1855 e Mariana em 2005.

Separadas por anos e ligadas por um lugar, talvez algumas pessoas, elas nos falam da vida com uma profundidade que é impossível não se envolver. Conhecemos as agruras de nossas personagens a partir de seus diários. Maria Clara começou a escrever, pois foi alertada pela tia que a vida de casada poderia não ser tão fácil quanto imaginava. Então, que a escrita lhe fizesse alguma companhia.  Mariana, por sua vez, começa a fazer caminhadas com o objetivo de exercitar seu corpo e para controlar seu ritmo, ganhos e perdas começa a registra números e sentimentos em seu diário eletrônico.

Restos de Nós - Bia OnofreA leitura se intercala entre relatos de Maria Clara e Mariana as duas infelizes com a vida que estão levando. A primeira se vê confusa e agitada, pois depois do casamento (arranjado pelo pai) não foi tocada pelo esposo;  a segunda, tensa, amargurada pois há muito não sabe o que é uma vida conjugal feliz. Principalmente depois de tê-la experimentado com o seu próprio esposo. As duas tentam se livrar, procuram meios para sair das tensões e procurar um lugar de mais conforto,  mas na hora de agir algo lhes impede deixando-as presas à uma realidade que não mais lhes pertence, porque entenderam que não é desta realidade que gostariam de viver.

Vocês devem ter achado estranho meu grifo na palavra existem ali acima. Mas uma questão que muito me chamou atenção neste cenário de opressão é o fato de, sobretudo, as duas terem deixado registrado suas existências por meio dos diários. De alguma forma senti que por mais simples que seja nossa atitude diante de uma grande causa ela sempre será válida. Estamos diante de uma ficção, mas que sabemos ser e ter sido realidade de muitas mulheres. Maria Clara e Mariana,  não se deixaram vencidas pela guerra, pelo contrário são provas que vale a pena continuar lutando, seja por nós, seja por aqueles que ainda virão. Seja para continuar lutando.

Há um fato que ainda não contei, na Gávea algo que permaneceu em comum entre as duas histórias foi um certo casarão, onde morou Maria Clara. Um lugar que despertava a curiosidade de Mariana e  por vias do destino local de trabalho de Victória sua prima. É Victória por sinal que se torna a grande narradora desta história e que mesmo sendo mais "livre" nos apresenta a questão crucial do livro. O que restou de nós, ou ainda o que resta de nós?

A ligação entre as três, vou deixar para você conhecer na leitura do livro. Eu diria apenas que foi um nó muito bem dado pela autora. Mas não um nó cego, um nó de marinheiro daqueles bem experientes e que por isso mesmo dá gosto de se observar e quem sabe aprender 

Restos de nós, não é uma história fraca, tampouco uma história aterrorizante, em minha opinião trabalhando com fatos ficcionais Bia Onofre traz discussões sobre aquilo que é real para nós. Para o que precisamos hoje abrir nossos olhos e lutar, sem deixar para os amanhãs.

Bia me fez perceber o quanto o olhar para traz e seguir em frente é necessário, mas mostrou também que nada se faz no alvoroço. Não podemos fazer para ontem, não podemos deixar de fazer hoje, mas ainda é tempo de organizar o pensamento e fazer o certo, que neste caso,  creio que seja única e exclusivamente a busca pela liberdade.

O fato é que um nó se fez aqui dentro do meu coração e a cada página ele ia destravados muitos
outros. Não posso dizer que não adorei, principalmente quando a própria Bia me mostrou que é mais do que possível destravar barreiras. Ela apareceu aqui, me fez uma linda surpresa, me mostrou que acordar assustado pode dar um dia de grandes surpresas. Fui reler o que já tinha lido para ouvir de fundo a voz da autora. E acredito que foi a melhor coisa que fiz.

Dois diários, três mulheres, o mundo e as escolhas, diante delas as realidade,  um pouco mais a frente a luta. Nesta história a persistência esteve por todos os lados, independente do que nos trouxe seu final.

Bia, muito grata pelo convite, parabéns pela obra tão magnífica que você me apresentou e pela sua alegria. Valeu muito a pena ter lido, relido e refletido sobre sua obra. Espero que muitas pessoas queiram e tenham a oportunidade de conhecê-la.


 Escrito por   
Vanessa Vieira

Comentários
26 Comentários

26 Comentários:

  1. Oi Vanessa! O gênero, confesso, não faz muito minha cabeça, porém gosto dessas histórias com personagens vivendo épocas diferentes. Achei bem bacana por isso!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Nossa, essa já é a segunda resenha que leio desse livro só hoje. E como já esperava, só tem mais elogios. Ainda não li nada desse gênero e esse daí nem parece ser legal. E a capa apesar de sua simplicidade está muito linda
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Que legal a autora ter ido aí, vcs terem se encontrado... legal mesmo!
    Sobre o livro, fiquei bem interessada em conhecer, vejo resenhas positivas.
    Quero saber que nó é esse que a autora fez tão dado rsrs
    Adoro histórias que nos trazem algum aprendizado e deu para perceber como esse livro tem.
    Parabéns pela resenha.
    beijos
    www.conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Estou participando de um sorteio desse livro e a cada resenha que vejo torço mais para ser a sortuda a ganhá-lo.
    Parece ser uma leitura ótima e cativante, além de que gosto muito de livros que tragam diários.

    ResponderExcluir
  5. Acabei de ler uma mesma resenha desse livro e agora lendo a sua mais completa eu achei muito lindo tudo que você comentou. Eu ainda não conhecia a autora e nem seu livro e gostaria sim de conhecer, porque adoro livros que nos passam lição de vida e principalmente que nos tragam alguma aprendizagem para nossa própria vida mesmo. Me parece ser um tipo de livro encantador que nos envolve até as ultimas paginas e estou até curiosa para fazer a leitura. Até achei a sua resenha mais completa e gostei muito.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/conseguimos-parceria-com-editora-planeta.html

    ResponderExcluir
  6. OI!!!

    Eu li uma resenha desse livro, e juntamente com o sua apenas vieram acrescentar mais pontos positivos em relação a história e da autora. Pretendo futuramente conhecer e me aprofundar mais nessa obra, realmente parece ser rica em detalhes e muito atraente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oieee.
    Ontem li uma resenha desse livro também e ambas foram positivas. No total foram 3 resenhas e pensei que a anterior tinha sido melhor, mas essa está ainda mais clara. PARABÉNS.
    Eu estou apaixonada, sério. Que premissa é essa genteeee???? Realmente estou muiiito curiosa para saber mais, e cara, sua resenha está perfeita, principalmente o inicio, muito amor mesmo.
    Realmente entendi o nome do livro ehehhe

    ResponderExcluir
  8. Olá Vanessa,
    Achei a premissa desse livro bastante bacana, mas não é uma leitura que eu precise fazer no momento.
    Eu sinto que, se ler nesse momento, não vá aproveitar a leitura.
    Fico feliz que você tenha gostado e achei sua resenha incrível.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Acho essa capa um luxo: simples e singela. A cada resenha que leio dest elivro, amsi interessada eu fico em ler. Quero viajar na história, como você.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Vanessa! Essa é a segunda resenha que Leio desse livro e ambas foram só elogios. Você parece ter ficado muito envolvida com a leitura, eu senti isso só de ler a sua resenha. Agora sim estou interessado em ler o livro, ele com certeza é o tipo de leitura que enriquecesse o leitor. Adorei a resenha!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Oiii!

    A primeira resenha que li para essa obra não me conquistou de primeira, mas depois da sua eu comecei a pensar melhor sobre a leitura.
    Achei o tema do livro muito legal e a escrita da autora parece ser viciante e envolvente. Gostei da resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Nessa!
    Este livro é um espetáculo! O jeito como a autora encadeou os acontecimentos e conseguiu juntar 3 personagens diferentes, de tempos e ocupações diferentes, em um único espaço e com os sentimentos semelhantes foi uma coisa de louco! Gostei da sua resenha pois, mais do que apenas falar do livro, você deixou sue próprio sentimento fluir no texto (eu tendo a ser um pouco mais objetiva). Parabéns! Sucesso pr abia!
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  13. Olá!!!

    Sabe que é o primeiro livro dessa editora que realmente me chama a atenção? A trama ajudou, mas a sua resenha fez o resto! Ficou muito boa mesmo!
    Me parece, lendo assim, um daqueles livros com uma trama importante, principalmente para as mulheres, para analisarem as próprias vidas.

    Bjus
    blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Menina, que resenha! Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei super empolgada com essa história. A trama deve ser linda, daquelas que você começa e não consegue mais parar. E pelo que posso ver, a diagramação está ótima! um livro bem curto que vou adorar cada página.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  15. Oiiie,

    Menina, vi esse livro e simplicidade da capa dele me chamou mega a tenção adorei. A trama é linda, ainda mais quando se tem duas épocas distantes, é tudo diferente, costumes, isso encanta mesmo. Solicitei a Chiado ele e espero logo poder ler.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  16. Oi querida
    Tudo bom?
    Nossa a história me parece fascinante, raro hoja alguém escrever em diário e imagino como a história das duas possa ser forte dentro de seus casamentos e sinceridade, não sei se saberia viver assim. Quero ler e conhecer melhor o rumo dessa história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Eu tenho visto muitas resenhas desse livro, e confesso que a premissa dele é bem chamativa e convidativa, e parece que todos tem gostado. Então, espero ter a oportunidade de o ler.

    ResponderExcluir
  18. Oi, eu já tinha visto esse livro em uma resenha anterior e confesso que não me chamou muita atenção por não ser o tipo de leitura que eu goste. Mas a história e o relato delas deve ser realmente algo muito bom e legal, porque imagino o quão forte é o que elas passam e isso passa uma lição importante. Não irei dizer que não vou ler essa obra, mas no momento apenas sei que não é a leitura adequada nesse momento! Mas a resenha está incrível.
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  19. É a segunda resenha que leio desse livro e fico ainda mais encantada com a história. Parece ser daqueles livros que mexem com nossas estruturas nos fazendo mergulhar na situação e analisar calmamente. Espero ler em breve.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  20. Eu acho fantástica a ideia desse livro. Duas histórias que ocorrem em tempos diferentes, mas com tantos pontos em comum. Gosto muito dessas narrativas que se dão em forma de diários. Hoje em dia isso já não é mais tão comum, mas eu cheguei a ter um diário na minha adolescência, e gostava muito. Adorei a sua resenha, você tem uma forma de escrever muito gostosa, torna a leitura leve e agradável.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  21. Li uma resenha recentemente, e me apaixonei pelo enredo. É daquele tipo, pelo menos me parece, que você não quer que a leitura termine, de tão envolvente que é. Eu quero muito conhecer essa trama, descobri a pouco a obra, e já foi para os desejados.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Estou louca para ler esse livro! Só leio comentários positivos sobre a obra, e a cada novo ponto de vista, novas informações, a curiosidade aumente. Procurarei ler o mais rápido possível, porém tenho uma pilha imensa de não lidos e estou empenhada em diminui-la.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    É tão bom quando nos surpreendemos com um livro né. Gostei da sua resenha e das imagens nela contidas, fiquei intrigada com a leitura e espero gostar caso eu leia ^^
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  24. Olá Vanessa! Acho a premissa desse livro muito fofa. Eu estou super curiosa para ler, fiquei curiosa para conhecer o diário, conhecer essas histórias que se passam em tempos distintos...Um livro marcante, louca para ler. Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Eu não conhecia a obra e a autora e nem gosto de livros de época.
    Mas esse me pegou em cheio com essa história de diario e PRECISO dar uma chance para ele, serio, ele parece ser muito bom e muito lindo, e o fato do diario ajudar, nossa fiquei até emocionada de vontade de ler!
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Eu vi esse livro em outro blog, e fiquei completamente encantada com toda a história que a autora criou, de como os diários ajudaram as duas protagonistas a se libertarem das amarras impostas a elas, e serem mais felizes.
    A história realmente é bem marcante, e deveria ser uma leitura obrigatória por causa dos temas que são discutidos atualmente.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas