Resenha: (Im)Perfeição - Helena Souza

Olá! Hoje estamos trazendo para vocês a resenha de (Im)Perfeição escrito pela simpática autora Helena Souza. Ela entrou em contato com nosso blog para uma parceria e ficamos muito felizes em poder ler o livro ainda antes do lançamento, que por final aconteceu no último dia 23/04 lá em Campo Grande - MS. Vamos saber um pouco mais sobre o livro?


Título: (Im)Perfeição
Autora: Helena Souza
Páginas: 464
Ano: 2016
ISBN: 978-85-920633-0-6
Publicação Independente
Sinopse: Forest Hill, 2013. A cidade está em tensão, ninguém sabe quem será o próximo, bom, devido aos últimos três corpos encontrados, garotas loiras são as que correm mais perigo. Alguns meses atrás ninguém naquela pacata cidade poderia imaginar que alguém entre eles, algum vizinho, amigo, ou conhecido poderia ceder à loucura e começar a caçar pessoas para matar. Mas agora está tudo diferente, todos são suspeitos. A polícia trabalha sem descanso em busca do responsável, mas quem está por trás disso é alguém bem engenhoso, sabe muito bem onde agir e como agir. O telefone não para de tocar, são cidadãos apavorados que dão nomes aleatórios somente para que aja uma prisão logo, isso faz com que as investigações não avancem da maneira desejada. O resultado? Após 10 meses e com um saldo de 6 jovens mulheres encontradas mortas na região do pântano próximo a cidade, o assassino simplesmente parou de atacar. Nunca fora pego. Forest Hill, 2015. Lentamente a cidade voltou ao seu ritmo, o medo aos poucos havia desaparecido e os moradores passaram a sorrir com mais frequência. Sophie Fields voltou há alguns meses para a cidade, formada em artes visuais, seu senso de dever a faz ajudar a mãe na padaria. Josh Sanders é filho de um conhecido detetive da cidade e, por consequência, acabou se tornando um. Tanto pai como filho trabalharam no caso Maníaco do Pântano, que assolou a cidade há dois anos, depois disso o pai se aposentou e o filho agora é o único Sanders detetive. (Im)Perfeição é narrado através das perspectivas de Sophie e Josh, dois jovens que, em meio a um romance, descobrem que o terror que todos pensavam ter acabado, decidiu voltar.

(Im)Perfeição é um livro que superou todas as minhas expectativas de escrita. Clara me levou a devorá-lo em apenas 24 horas e não pense você que vai ser algo leve, ah mais não vai mesmo rsrsrs. Helena Souza teve a felicidade em descrever seus personagens e as cenas de forma que nos faz participar a cada detalhe dela, você vai se pegar em vários momentos querendo fazer as descobertas, buscar as pistas e até mesmo avisar as vitimas que elas podem ser um alvo. Você irá se apaixonar mas também sentirá seu sangue gelar quando o assassino aparecer. E não tenha dúvidas, terá momentos que chorar será inevitável... Bom mas vamos conhecer um pouco desta história.

Forest Hill uma cidade tranquila que viveu há dois anos um pesadelo enorme. Pensando estarem tranquilos e longe do problema que os assolavam a população se depara novamente com o terror do passado. O Maníaco do pântano esta de volta!

Sophie Fields uma garota que acabou de voltar para a cidade após se formar na faculdade, ajuda na Padaria da família com as entregas coisa que ela adora fazer quando não está tão atrasada. rs. Ela é uma jovem bem determinada que vive com a mãe e a irmã mais nova.

Uma coisa é certa, quando Sophie coloca uma coisa na cabeça ninguém tira! Ela é a determinação, ou melhor, a teimosia em pessoa. uma personagem interessante apesar de ficar conversando o tempo todo com seus pensamentos ou imaginando que algo ruim sempre vai acontecer, questionamentos que ela acredita serem coerentes.

Sophie tem uma paixão por Josh Sanders o detetive  da cidade, então você já pode imaginar  o lugar onde ela mais gosta de fazer as entregas né? Josh Sanders um homem focado na sua profissão seguindo os passos do pai aposentado, ele tem uma paixão desde que Sophie desceu na rodoviária e os olhos deles se cruzaram pela primeira vez. Nenhum dos dois assume o sente, mas em um belo dia o homem se decide.

Os encontros entre os dois começaram a ficar mais frequentes e imagina um bom lugar para isso acontecer? Exatamente o que você deve estar pensando, no Pântano. É lá que eles se namoram, até que Sophie acaba encontrando o que ninguém gostaria de encontrar UM CADÁVER.

O pesadelo estará de volta? A investigação será aberta e os detetives correm contra o tempo até que mais vítimas aparecem, o mistério ronda a cidade a população cobra uma posição da polícia. O psicopata aterrorizará suas vítimas sempre com o mesmo aviso, seu requinte de crueldade é diabólico!

Uma  estará determinada a desvendar o mistério e não se tornar a próxima vítima.
  “ – Um lobo em pelo de cordeiro”.
 O outro estará empenhado na proteção para poder observar o que pode ser tão evidente.

  “- O maníaco deve estar dando gargalhadas por ai, assistindo com pipoca a nossa incompetência, nossos caminhos que dão em becos sem saída. Essa pessoa é um gênio do mal. Um psicopata, insano. Onde que ele esta nesse momento? Observando a próxima vitima? Sophie? Ou outra garota da cidade? Se Vangloriando?"
  Começará uma corrida e 3 fatores são certos:
  - Uma provável vítima;
  - Um homem determinado;
  - Um serial Killer aquém de qualquer suspeita ..... Quem pegará quem ?


Venha descobrir o desfecho desta intrigante história e verá que subestimar alguém acima de qualquer suspeita pode ser fatal.

Sobre a autora:

 Sempre reclusa devido a sua timidez, desde criança é um poço de histórias, seja brincando com bonecas ou sozinha imaginando situações. Quando se trata de contar histórias e inventar momentos, é com ela que você deve falar. No fundamental, enquanto todos faziam cara torta quando os professores pediam uma redação, ela abria o sorriso e fazia com gosto, então descobriu sua habilidade: a escrita. Desde os 12 anos se considerava uma escritora de gaveta, teve vários cadernos com textos, poemas e histórias. Aos 15 anos decidiu escrever seu primeiro livro, mas um tempo depois, tudo começou ficar corrido, então ela desistiu. Mas aos 17 engatou outra história e desde então sua mente não para de pensar em novas coisas.


Livro enviado pela autora para leitura e resenha

Comentários
2 Comentários

2 Comentários:

  1. Fiquei muito feliz por ter gostado da história (ainda mais por ter devorado-a hehe)!
    Muito obrigada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, me fez ter vontade de ler o livro

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas