Resenha: O Teorema de Katherine - John Green

Título: O Teorema Katherine
Autor: John Green
Tradutor: Renata Pettengill
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 304
ISBN: 9788580573152
Sinopse: Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.


Jonh Green nos apresenta Colin Singleton em “O Teorema Katherine”. Colin é um verdadeiro menino prodígio ( tem um QI acima da média) aficionado em anagrama que tem como objetivo de vida encontrar aquele momento “EURECA” para deixar de ser um prodígio e se tornar um gênio, mas com uma enorme dificuldade em socializar (normal dos nerds).  Com isso só tem como amigo o despreocupado e engraçado Hassan (que nem pensa em ir para faculdade).

Colin namorou 19 KATHERINES (e não Caterines, ou Katerines, etc.) e coincidentemente todas elas que desmancharam o namoro. Ele fica muito mal com o fim do namoro com a 19ª, ao ponto de largar tudo e cair na estrada com Hassan.

Eles chegam à cidade de Gutshot, no Tennessee e conhecem Lindsey Lee Wells (filha de Hollis, dona de uma fábrica de cordinhas para absorvente interno).  Hollis oferece um emprego a eles, entrevistar diversos moradores com a ajuda de Lindsey.  Ela namora um outro Colin (OOC) xará do pequeno prodígio.

O momento “eureca” de Colin chega  e ele  descobre que apesar da matemática ser exata, seus relacionamentos não são. Colin e Hassan se hospedam por um tempo na casa de Lindsey e sua mãe, fatos totalmente inesperados acontecem (e eu não vou contar).

Durante toda a história, o autor faz umas notas de rodapé com certas explicações ou até pensamentos e curiosidades sobre o próprio Colin e eu particularmente achei isso bem interessante.

O desenrolar da história me proporcionou agradáveis horas de distração. O livro tem um humor inteligente e personagens bem construídos. A narrativa flui porque envolve, cativa e nos faz rir. Achei a história leve e jovial. Jonh Green faz um jogo divertido e inteligente com as idéias, pensamentos e emoções das personagens.

Essa leveza é apresentada durante todo o livro e pode não agradar aos fãs de finais esplendorosos (como eu), mas achei a leitura válida porque me arrancou muitos sorrisos involuntários após a ressaca literária que “Como eu era antes de você” me deu.

Desejo a todos um excelente divertimento!


8 Comentários:

  1. amiga tá arrasando nas resenhas!

    ResponderExcluir
  2. amiga tá arrasando nas resenhas!

    ResponderExcluir
  3. amiga tá arrasando nas resenhas!

    ResponderExcluir
  4. Não é uma leitura que curto. Mas dispersou uma grande curiosidade, pois você descreveu com tanto carinho que fiquei com vontade de dar esses sorrisos... Amei a resenha!!!

    ResponderExcluir
  5. Não é uma leitura que curto. Mas dispersou uma grande curiosidade, pois você descreveu com tanto carinho que fiquei com vontade de dar esses sorrisos... Amei a resenha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a resenha, Ravaglinha! Parabéns pelo excelente trabalho!

      Excluir
    2. Adorei a resenha, Ravaglinha! Parabéns pelo excelente trabalho!

      Excluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas