Minha casa poema III

Episódio III


E chegamos à mais uma quarta-feira, Mais um dia dessa quarentena que nos tem feito repensar e reconsiderar muitas coisas, pelo menos aqui tem sido assim. E aí com vocês?

Minha casa poema, poesia, versos, poemas, vanessa Vieira, Autores Nacionais, poetas brasileiros, poesias, Pensamentos Valem Ouro


Bem, espero que estejam bem. Se cuidando e fazendo coisas boas para distrair a mente. Hoje trago para vocês o 3º episódio da Série Minha Casa Poema, que aliás tenho gostado muito de preparar. Como está a relação de vocês com a casa? conta um pouquinho para mim!

Mas antes de pensar na resposta aproveita para ler o poema de hoje! Pega um café aí, chega pra cá!

Minha casa poema, Vanessa Vieira, Poetas Brasileiros, versos, ebooks, pensamentos,


A Rede

Companhia de todas as horas...
É no seu ritmo balanço
que a poesia me sobressai!

Tens um vai e vem contínuo
Que desperta no pensamento
O melhor dos destinos...

Tua existência é singela
E tua graça rica e bela
dói e arde no peito a ideia de saber
que são poucos os que conseguirão lhe enxergar...

Mas... Ah!!! És a moça dos afagos!!!
Seus braços estão sempre abertos,
E é certo, que a qualquer hora
estarás pronta para aninhar!

Vanessa Vieira



Vou ficando por qui queridos! Semana que vem volto com mais um poema para compartilhar com vocês! Um grande abraço!

Minha casa poema


Hoje também teve poesia lá no blog
Confere lá!

Postar um comentário

6 Comentários

  1. Oi, Vanessa. Uma graça de poema!
    Hoje também fiz um poema sobre a casa.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite de fé e esperança, querida amiga Vanessa!
    Minha rede aqui está sendo minha amiga.
    Uma companheira leve que nos balança e acalma.
    Seu poema está um afago como ela é.
    Tenha dias abençoados!
    Bjm carinhoso e fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coisa boa de ler minha querida!!! Feliz que estejas aqui!!! 😘😘😘

      Excluir
  3. mas que bonito e a casa é onde nos nos sentimos bem bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá Vanessa,
    Seria tão bom se a maioria das pessoas recebesse os outros de braços abertos, o mundo era um lugar muito melhor.
    Gostei muito do seu poema, fez-me sentir em casa (apesar de não ter uma rede).
    Fique bem, um abraço!

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br