Minha Casa Poema

- Episódio 1 -


Olá gente linda!

Hoje estamos iniciando aqui no blog a série Minha Casa Poema. Um desafio pessoal que resolvi fazer a mim mesma para exercitar a escrita. E neste tempo de pandemia em que estamos ficando bastante dentro de casa, resolvi olhar para a minha residência com este olhar poético. Será que encontro poesia por aqui!?

A ideia é toda semana trazer um poema para vocês sobre algum detalhe que fotografei por aqui. Logo, um desafio que une palavras e fotografias. Espero que gostem e que seja um desafio bem prazeroso!

O primeiro poema, vai para a imagem abaixo, que também será capa de chamada do projeto:

poesia, desafio poético, versos, poemas, literatura nacional, books, poemas, Vanessa Vieira, Pensamentos Valem Ouro, em tempos de pandemia


A casa

Sei me virar em qualquer canto,
mas é pra ti que sempre retorno
quando anseio me aninhar!

Não tens braços humanos,
mas me acolhes tão bem
que chega a doer o pensar...

És mais! Muito mais
que um amontoado de concreto...
Tu és meu ninho refúgio, meu santo lugar.

Vanessa Vieira
03/02/2020




Bem, eu vou ficando por aqui, já ansiosa para compartilhar com vocês mais um cantinho desta minha tão preciosa casa poema. Espero que venham se aninhar comigo e que esta poesia também esteja presente no lar de cada um vocês!

Beijo Grande!



Postar um comentário

19 Comentários

  1. Lindo projeto, beleza de poema e cantinho! beijos, indo dia! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Chica!
      Que bom gostou. Este é um projeto muito especial para mim! =D

      Excluir
  2. Oi, querida Vanessa!

    Muito bom e confortável teu poeminha (Poeminha, pke é pequeno, mas está cá tudo).
    Nossa casa é nosso ninho e só aí nos sentimos a 100%.

    Beijos e dias felizes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Céu!
      Não há lugar melhor do que nosso cantinho não é!?

      Excluir
  3. ATITUDE

    Dei um jeito na casa
    engalanei o coração
    esperando a tua chegada
    há tanto, tanto desejada.

    Vesti o mais lindo sorriso
    espalhei pelo chão todo
    o odor da rosa mais vermelha
    para te colorir e cobrir de amor.

    Um pequeno poema meu, que fala da cada e do amor. Espero k você
    goste.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Impossível não gostar minha querida!
      Que poema mais lindo!
      Grata por compartilhar aqui!
      Assim nossas casas ficam ainda mais vizinhas!

      Beijo grande!

      Excluir
  4. Olá Vanessa
    Lindo poema, a nossa casa é lugar de bênçãos. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  5. Achei criativa e alegre a sua ideia. Poetizou com singeleza e beleza, Vanessa! A nossa casa deve ser um pedacinho do céu na terra!...
    Bjs e muita paz e saúde...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda! Obrigada pelo carinho Anete!
      Como é bom termos um lugar para nos sentir seguros não é?

      Excluir
  6. tudo mt bonito parabens mt susseso bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Vanessa!

    Retificando no meu 2º comentário: "Um pequeno poema meu, que fala da CASA e do AMOR.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Vanessa!
    Adorei sua idéia, assim que fui lendo já fui imaginando se tenho um cantinho poema aqui no meu lar.
    Justo eu que adoro poesia seria frustrante de eu não tivesse.

    Começou seu projeto muito bem.
    Realmente não tem lugar melhor pra gente voltar do que nossa casa.

    Um abraço,
    Sônia

    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que a poesia reside aí em teu lar também Sônia! <3
      Uma alegrai sem fim!
      Grata pela visita querida!

      Excluir
  9. Que belo!
    Eu costumava ter um blog chamado A Casa e a Alma. Desativei-o por falta de tempo para postar - na mesma época, desativei outros blogs. MAs estão todos dentro do "EXPRESSÃO", nas etiquetas. Era meu blog preferido, me arrependi...

    ResponderExcluir
  10. Bom dia de esperança, querida amiga Vanessa!
    Já postei sobre meu lar.
    O seu está lindo.
    Vi a de hoje e vim procurar o I.
    Nosso lar é nosso aconchego.
    Tenha toda paz no seu, querida.
    Bjm carinhoso e fraterno

    ResponderExcluir
  11. Olá Vanessa,
    Casa, quase toda a gente tem, mas ter um lar já é muito diferente.
    Fico feliz que o seu lar a faça sentir assim tão bem.
    Amei este seu poema dedicado à sua casa. A minha também me faz sentir assim.
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br