Resenha: Sussurro - Becca Fitzpatrick

Quando li a sinopse de Sussurro, não tive certeza se iria realmente gostar da história já que eu estava farta de anjos, demônios, vampiros e lobos, mas ainda assim dei uma chance a ele e confesso que me surpreendi. Depois disso prometi sempre dar uma chance a livros que me causassem dúvidas no início.

Título: Sussurro
Autor (a): Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Ano: 2010
ISBN: 9788598078786
Páginas: 264



Sussurro - Se apaixonar nunca foi tão fácil… ou tão mortal. Para Nora Grey, romance não era parte do plano. Ela nunca se sentiu particularmente atraída por nenhum garoto de sua escola, não importa o quanto sua melhor amiga Vee os empurre para ela. Não até a chegada de Patch. Com seu sorriso tranquilo e olhos que parecem enxergar dentro dela, Nora é atraída por ele contra seu bom senso. Mas após uma série de acontecimentos aterrorizantes, Nora não sabe em quem confiar. Patch parece estar onde quer que ela esteja, e saber mais dela do que seus amigos mais íntimos. Ela não consegue decidir entre cair nos braços dele ou correr e se esconder. E quando tenta encontrar algumas respostas, ela se acha próxima de uma verdade que é bem mais perturbadora do que qualquer coisa que Patch a faça sentir. Pois Nora está bem no meio de uma antiga batalha entre os imortais e aqueles que caíram – e, quando se trata de escolher lados, a escolha errada poderá custar sua vida.

Nora Grey é uma adolescente de 16 anos, estudiosa e responsável que busca sempre fazer as coisas certas. De uma hora para outra ela se vê completamente atraída por Patch, um garoto novo na escola e que é bastante estranho, porém essa atração é diferente. A princípio não se trata de uma paixão é como se houvesse uma ligação entre os dois.

Ela sente como se a todo o momento estivesse sendo observada, parece que Patch sabe mais sobre ela até do que sua melhor amiga Vee e, coincidência ou não, várias coisas bizarras começam a acontecer na vida dela depois do aparecimento do garoto. Quando Nora decide investigar mais sobre a vida de Patch, logo descobre que não há nenhum registro sobre ele. Acontece que Patch é um anjo caído, seu maior desejo é se tornar humano e para que isso se torne realidade um grande sacrifício precisará ser feito. 

Becca Fitzpatrick utilizou uma linguagem de fácil compreensão e fez com que a leitura de Sussurro fosse bem leve. Eu devorei o livro em dois dias, pois a trama é muito envolvente, cheia de mistérios e tem um clima obscuro que eu gosto bastante. Para mim, Nora é uma garota madura para sua idade e mesmo diante de situações loucas, ela não fica obcecada, de forma que tudo acontece naturalmente. Ao contrário de muitas personagens, ela não quer aproximação alguma com ele, mas é impossível evitá-lo. Já Patch, mesmo sendo quem é, acaba se mostrando um ser sensível e no final acaba se tornando um grande protetor de Nora. Ele veio com uma missão e jamais imaginaria que tudo iria por outros caminhos.

O que mais gostei no livro foi o fato de que você nunca sabe o que vem no próximo capítulo. É sempre surpreendente e cheio de mistério, além de que tem sempre uma pitada de humor. Não se trata de mais um clichê. Ao contrário, logo você percebe que, ainda que tenha um tema comum a outros, o enredo e os diálogos são únicos e o jeito como Patch e Nora se envolvem e se apaixonam, sem dúvida, fará você soltar muitos suspiros.

Preciso dizer também, que os demais personagens não ficam atrás. Vee é muito divertida, Jules e Elliot, que desconfiei deles desde o início, são cercados de segredos. Quando você percebe já terminou e se envolveu tanto que não viu a hora passar e acredito que isso contribuiu muito para que eu gostasse mais ainda do livro. Indico para todos que, assim como eu, adoram fantasia e mistério.

A série Hush Hush conta com outros três livros que prometo falar em breve.



Resenha: Crescendo - Becca Fitzpatrick

Já aconteceu de você ler um livro e achar que nunca vai acabar, mas chegar em um determinado momento em que você não quer que acabe? Crescendo é mais ou menos assim. Ele é continuação do livro Sussurro, que já tem resenha sobre ele

Título: Crescendo
Autor (a): Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Ano: 2011
ISBN: 9788580570090
Páginas: 285



Nora deveria saber que sua vida estava longe de ser perfeita. Apesar de começar uma relação com seu anjo da guarda, Patch (quem, título à parte, pode ser descrito como qualquer coisa, menos angelical), e sobreviver a um atentado a sua vida, as coisas não parecem melhorar. Patch está começando a se afastar e Nora não consegue descobrir se é para o seu próprio bem ou se o seu interesse voltou-se para sua arqui-inimiga, Marcie Millar. Sem contar que Nora é assombrada por imagens de seu pai e ela fica obcecada querendo descobrir o que realmente aconteceu com ele naquela noite em que ele partiu para Portland e nunca voltou para casa.

O segundo livro da saga Hush, Hush, crescendo é muito diferente do primeiro. Caso você ainda não tenha lido a resenha do primeiro livro, clique aqui. Enquanto em Sussurro Nora se mostrou uma garota madura e independente, em Crescendo ela se transformou completamente na mocinha em perigo constante. 

Depois de declarar seu amor por Patch e não receber o mesmo em troca, Nora decide romper seu relacionamento com ele. O que ela não esperava é que Patch começasse a andar com Marcie Miller, uma garota da escola que adora humilhar Nora publicamente. Há anos, Nora sofre com as perseguições de Marcie, que a envergonha todo o tempo, seja a derrubando no meio da escola ou pendurando seu sutiã no quadro negro da sala de aula. 

A amiga Vee está bem mais presente nas cenas, sempre apoiando Nora. Com o fim do relacionamento, Nora está bastante sensível, porém as coisas malucas não param de acontecer. Durante toda a história, muita coisa bizarra continua acontecendo, uma delas é o aparecimento de um garoto chamado Scott, que morou em Coldwater muitos anos atrás. Ele apresenta um comportamento estranho e logo se descobre que ele é um nefilin.

Acredito que Crescendo poderia ter sido bem melhor. Confesso que por vezes pensei em desistir da leitura por ser um tanto monótona, já que tudo gira em torno de: Nora querendo saber o motivo pelo qual Patch está saindo com Marcie. Nora mudou completamente, já que seu humor está sempre péssimo e se não fosse Vee não existiriam momentos de descontração. Acho que a autora deu muitas voltas em conversas que poderia ser resumidas e exagerou em detalhes desnecessários. 

Vale a pena insistir na leitura? Sim. Digo isso, porque antes de iniciar a leitura da série, já tinha ouvido falar muito bem, então eu precisava saber o que realmente aconteceria e você vai se surpreender com o final. Realmente achei que não tem muita ação e o excesso de melosidade da Nora chegou a me irritar, mas com o surgimento da mínima possibilidade de o pai dela estar vivo, te faz ficar curioso para saber o que aconteceu com ele. É um dos pontos que eu acho que poderia ter sido mais comentado.

Embora nada aconteça até quase no fim do livro, as últimas páginas trazem acontecimentos totalmente inesperados. Você vai precisar de um pouco de paciência até chegar aos capítulos finais, mas acredite em mim, as últimas dez páginas valerão cada minuto que você considerar perdido. Por isso vale a pena um pouco de boa vontade para chegar a um final que você nunca vai imaginar.






Livro Distopia em São Paulo + Hunter no Wattpad

Oi pessoal!

Vamos começar a semana falando de lançamentos? Outubro já está pertinho e junto com ele vem um monte de novidades. Entre elas o lançamento do Livro Distopia, da nossa querida parceira Kate Willians que ocorrerá em São Paulo. 

Distopia - KAte Willians - Lançamento

Isso mesmo. Pessoal. O Evento está Marcado para 31 DE OUTUBRO às 15h30 na Livraria Marins Fontes da Paulista. E para que você possa acompanhar todas as informações do lançamento. A Kate criou um evento no Facebook. Lá vocês poderão se inteirar dos detalhes. E se ainda não conhecer o livro, passar a conhecê-lo. Para ir ao link do evento no face clique aqui


Mas não para por ai!

Kate está disponibilizando no Wattpad os capítulos de Hunter - o Caçador de monstros. Já dei uma passadinha por lá... Confesso que achei muito interessante a premissa do livro!!! Veja um resumo que trouxe para vocês. 


Hunter - O caçador de mostros: Kate Willians 



 Sinopse

Não existem heróis, tampouco vilões. O ser humano é uma criatura mestiça, dividida entre os dois termos. Por trás de atos raivosos e atrocidades tenebrosas, há sempre uma verdade triste. Ninguém consegue mascarar a maldade que há dentro de si, por muito tempo. Por mais que você seja uma pessoa pura e de coração bom, poderá ser corrompido pelo rancor, amargura e inveja, caso não saiba guardar os próprios pensamentos. Hunter, O caçador de monstros, conta a história de Nicholas Blanco – um adolescente comum, com objetivos comuns e aparência mais comum ainda – que se depara com uma verdade surpreendente sobre seu passado e a confirmação de que pode ser e fazer muito mais do que o que sempre imaginou para o seu futuro. Conta também a história de Ramon Blake, um jovem caçador no passado, que teve o amor de sua vida brutalmente arrancado de si e se deixou dominar pela dor e pelo ódio.  Essa é uma história sobre caçadores que descobrem ser tão ou mais horríveis que as próprias criaturas que caçam. Afinal, o que acontece quando você deixa que os sentimentos ruins tomem conta de você?

 E  aí, gostou? Então acesse 


 Logo, teremos mais novidades da autora Kate por aqui. Aguardem! 



Poema Azulado - Dedicado à Vera Barradas

 
Azul
.
.
.

És banhado de paz
e talvez por isso 
o escolhido para 
aVidar os céu e os mares!

Entre muitos
fostes escolhido
para alegrar corações
renovar sonhos e ares!

Sob seus tons 
elevamos sons,
compassamos 
alegrias!

Lembranças




Das lembranças 


Veio a esperança ,


Esperança de te ter qui


Para nunca mais sair .





Razão desmedida

Arte de Ildo Silva


Ah, o infinito saber

Entre as páginas amarelas
Na biblioteca do tempo

Abnegado é o Ser
De escolher novos traçados
Do outrora rabiscado

Doravante,  livre está
A seguir novos rabiscos
Ao finito caminho
Desvendando o infinito

Viver!

Eis letras, palavras, folhas...

Pronto estou
Pra Ele nunca deixar
De escrever!!

 



Lançamentos - Editora Iluminare

Olá pessoal!

Hoje vim compartilhar com vocês algumas novidades da Editora Illuminare. Que, como vocês sabem, estava com inscrições abertas para publicações em Antologias. E agora, depois deste período de inscrição e seleção os livros seguem para produção e publicação.

Veremos então um pouco mais sobre cada um destes livros e seus lançamentos. Pois temos certeza que que a escolha foi muito bem feita!


Vamos saber mais sobre as obras. Veja um breve resumo do livro e seus selecionados


Os Desconhecidos 



Um livro enigmático, profundo e com histórias além de sua imaginação. Contos sinistros de novos talentos da literatura brasileira. 

Em breve na Amazon.com.br -  Um livro do selo Antologias Brasileiras - Editora Illuminare.


Contos e Reencontros


Autores selecionados com muito mérito para representar a literatura brasileira em países de língua espanhola. Contos de novos talentos brasileiros escolhido criteriosamente para serem destacados a nível nacional e internacional.

Em breve na Amazon.com.br -  Um livro do selo Antologias Brasileiras - Editora Illuminare.

Mulheres e Meninas

Um livro lindo, delicado, que vai mostrar muito da alma feminina através de poesias, contos e crônicas de novos talentos da literatura brasileira.

Em breve na Amazon.com.br -  Um livro do selo Antologias Brasileiras - Editora Illuminare.

----------------------------

Ver a conquista de autores e editoras brasileiras nos alegra muito o coração. Desejamos sucesso tanto à Editora Illuminare quanto aos autores selecionados. E que a leitura se expanda sempre! 






Quem luta por tolerância sabe respeitar!

Tolerância é respeito
Imagem: Vanessa Vieira

Hoje vamos nos unir para falar de um tema que, embora esteja em destaque nos dias atuais, é algo que viemos confabulando há muitos anos. Vejamos, você, como eu, já deve ter ouvido a frase "É preciso ter tolerância!" certo? Pois bem, é preciso ter tolerância. Mas minha questão quando ouço esta palavra é: De que ponto de vista se está falando? 

Antigamente não se tolerava uma mulher fora dos trabalhos domésticos e por muito tempo foi intolerável um homem que não mantivesse uma postura do "ser" forte, dono da casa, etc... Tínhamos uma cultura social muito bem dividida onde cada um deveria ocupar muito bem as funções que lhe foram conferidas.

Os tempos foram mudando, as questões econômicas também. A mulher saiu de cada e passou a ser 'tolerada' no mercado "conquistando" - ainda está - seu espaço na sociedade, se é que assim podemos dizer. E ao homem, por sua vez, mesmo ainda sendo visto como o ser insensível, foi lhe dada a 'graça' de ser visto como um ser humano que de fato ele é. E por isso, passível de fragilidades. 

Cenário lindo de uma perfeita intolerância. Concorda?

Sim, ainda hoje temos a tão famosa guerra dos sexos. Mas o que nos tem chamado a atenção é o aumento da intolerância. Ora, se antigamente tínhamos um padrão de comportamento ao qual uma maioria se regrava e quem fugia dos padrões era "intolerado". quase, e muitas vezes, limado por aqueles que eram a favor da boa conduta, hoje temos vários padrões de comportamento, chamados de opiniões, tribos entre outros... Onde cada grupo, por via de regra, quer defender sua 'verdade' ou a ausência dela em alguns casos. 

Foi por observar esta 1variedade' de modos de viver que perguntei de que ponto de vista falamos quando o assunto é tolerância, pois se olharmos bem para a palavra e a procurarmos no dicionário veremos que tolerar é também respeitar, mesmo que tal opinião, comportamento não esteja totalmente de acordo com o nosso modo, jeito, de pensar.

Ora se tolerar está diretamente ligado a respeito, por que então brigamos por tolerância ao nosso modo de pensar e somos tão enfáticos e  intolerantes com as opiniões dos outros. Tolerar é antes de tudo respeitar a forma de vida do outro e isto requer uma via de mão dupla. É mais, muito mais do que apenas suportar. Embora suportar também esteja ligado ao fazer da talerância, mas isto é tema para uma outra discussão.

Tenho ouvido falar de intolerância religiosa, homofobia, sexismo e por aí se vai... Mas sinceramente não tenho visto muita tolerância. Nem do lado  de quem é "julgado", nem do outro que é vitimado. Vejo julgadores e vitimas nas duas extremidades e a intolerância pairando por todos os lados. E é aí, que mora nossa fragilidade e, consequentemente, a infelicidade que gera tantas guerras sociais.

Somos incapazes de respeitar a opinião do outro, mas nossa opinião necessariamente precisa ser respeitada. Infelizmente é o que tenho presenciado em minhas convivências. dentro e fora do ciberespaço. Pessoas com ódio, julgando, apontando dedo, generalizando e esquecendo que eles, julgadores, têm uma opinião e desejam que alguém a respeite. Neste sentido vejo um guerrilheiro sem causa.

Para entrar na briga pela tolerância é preciso ter atitude, postura e, principalmente, argumentos. No início falei de nossa sociedade antigamente, onde sabemos muitas vezes nos tiravam o direito de pensar. Hoje, este direito está em nossas mãos e continuamos reproduzindo ideias, agindo como se fôssemos bonequinhos. 

É mais do que dever lutarmos por tolerância, mas antes de brigar penso que seja preciso conhecer o que ela significa, que sentido ela tem para nós enquanto cidadãos. Sair por ai pedindo tolerância, dando pernada nos outros, batendo, xingando, gritando e ferindo não fica sério,não é humano, não fica bom. E vou te confessar, só faz a coisa piorar. 

Tolerar é respeitar!
 
  

O mundo precisa...


Levante suas mãos somente para agradecer ,

O cara lá de cima cuida de mim e de você .


Quantas vezes o rejeitamos

Quando o que ele fez foi nos amar ?!


Quantas vezes caímos 

E ele veio para nos levantar ?!


Amor como o dele nunca vi jamais

Amor como o dele o mundo precisa cada vez mais.







Resenha: Prometo Falhar - Pedro Chagas Freitas - Novo Conceito

Um livro para tirar o fôlego e revirar tua cabeça!




Titulo: Prometo Falhar
Autor: Pedro Chagas Freitas
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
Ano: 2015

(livro cedido pela editora Novo Conceito para apreciação)

Prometo Falhar é um livro que fala de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. Em crônicas desconcertantes, Pedro convida o leitor a revisitar suas próprias impressões sobre os relacionamentos humanos. A linguagem fluida, livre, sem amarras, faz querer ler tudo de uma vez e depois ligar para o autor para terminar a conversa . Medo, frustração, inveja, ciúme e todos os sentimentos que nos ensinaram a sufocar são expostos sem pudores. Mergulhe de cabeça numa obra que mostra que é possível sair ileso de tudo, menos do amor. Você escolhe a ordem em que vai ler as crônicas do jovem escritor que tem 21 obras publicadas e é sucesso de vendas em Portugal


Muitas crônicas, várias histórias, diferentes olhares, o mesmo sentimento, um caminho detalhado para aquilo que é essencial à humanidade. O amor. Eis as considerações que vou obtendo depois da leitura de Prometo falhar

Escrito pelo autor português Pedro Chagas Freitas Prometo falhar é um daqueles livros que te pega de jeito. No meu caso quele eu eu há algum tempo não via. De verdade! Com palavras diretas desde o título o autor nos conduz por pensamentos sobre o amor em seus diversos tipos e, além disso, mostra que mesmo com todo carinho, toda dedicação não haverá o cem por cento perfeito.  Mas haverá aquilo que fizermos acontecer.

A leitura me prendeu desde o início e foi como se estivesse embarcada em um navio onde cada parada representava uma nova cena e nesta eu pudesse ver de forma diferente  um ponto e outro da vida. A minha e a do mundo. 

O autor consegue nos embarcar nesta viagem de uma forma tão natural que a gente não percebe o tempo passar. E é por isso que Prometo falhar é um livro que se pode ler em poucas horas, mas por suas intensas histórias, também pode ser lido por longos dias, meses, até anos. Sem se cansar.

As crônicas são curtas, leves, envolventes e muitas vezes não há como parar para respirar. Depois de uma pequena história que graciosamente o autor  torna gigantes. Há que se respirar, tomar uma água, voltar depois ou em outro dia para continuar. Não por cansaço, mas para compreender o que e de quê o autor está falando.

Um outro ponto que me chamou muito a atenção no livro foi a forma como o autor desenvolveu os personagens, não há Pedro, nem , Maria, Ana ou José... Há alguém que sente, olha, diz, pensa, ama... E muitas vezes, só vamos descobrir quem fala no final das crônicas. Achei essa sacada  muito inteligente e feliz. 

Porque homens e mulheres amam, sentem, pensam, são sensíveis e por isso mesmo são humanos. Não há modelos de homens nem modelos de mulheres.

Por isso a escrita em terceira pessoa com esta voz escusa me surpreendeu e me cativou para continuar a leitura. A composição da obra é simplesmente fantástica, capa, folhas, letras. Um trabalho lindo da editora e realmente me apaixonei. Merece muito mais do que cinco estrelas!

Sobre o título, não consigo enxergar um melhor para esta obra do que o escolhido, em minha opinião ele vai além de um livro de crônicas é um alerta para nossa sociedade. E primeiro é feito de forma bem sutil, logo na capa do livro: 

Foto: Vanessa Vieira | Capa do livro

Para mim a palavra amor soou como vida. E há como descolar o amor da palavra vida?  E não para por ai, este alerta vai sendo lindamente afinado ao longo das crônicas. A ponto de parecerem todas uma só história. Vejam alguns trechos que separarei para compartilhar com vocês:



"- Nunca se esqueça disso. Só existe vida se algo em você estiver bambo. Só o que te faz tremer te impede de esquecer." (p.28)


."..Quero o que não cabe no regular, o que não se entende nos manuais, o que não acontece nos scripts. Quero a ruga esquisita , a mão descuidada, a estrada arriscada, a chuva, o vento, as unhas cravadas, o animal do instante..." (46)


"Se você está conformado só te falta mesmo ser sepultado" (109)


"Até  felicidade se for previsível,, é uma tristeza" (109)


"...Ninguém em seu estado mental perfeito aguenta a vida, o segredo da felicidade é o segredo da dose exata de loucura, haja alguém que tenha coragem para assumi-lo, e eu tenho, e saudades mais ainda..." (97)


Eu poderia citar muitos e muitos trechos, mas te convido a ler o livro e se deixar encantar por ele. Vale muito a pena! Agradecida por conhecer o autor com certeza o lerei mais vezes!


Não posso me despedir sem dizer que Prometo Falhar chegou ás minhas mãos por indicação da querida Lilian do Blog Poesia na Alma. E que fiquei muito feliz pela lembrança da Lílian. e pela confiança da Editora. 

E você e gostou do livro corre porque ele está em lançamento na Bienal do Livro que do  Rio de Janeiro. Se você for passar por lá, essa é a hora!





Resenha de Olhos de Fogo – Helena Gomes e Kathia Brienza - Livro Nacional.


Os livros, mais que uma forma de conhecimento, incentivo à criatividade e alicerces para a diversão, também servem como forma de entretenimento e conversação. E é sempre muito bom podermos compartilhar nossas impressões sobre a literatura. Isso se torna ainda melhor quando falamos de um livro que gostamos muito ou que aprendemos a gostar com o tempo. A resenha de hoje é sobre um Livro Nacional que aprendi a gostar com todo o suspense que foi se desenrolando através de cada página. Ele é uma mistura não apenas de fatos reais, mas também de ficção, contando sobre a Invasão dos Holandeses na Vila de Tejucupapo, em Pernambuco, de forma bastante inusitada.


Resenha: Olhos de fogo
Capa do Livro - Olhos de Fogo.

Título: Olhos de Fogo.
Autoras: Helena Gomes e Kathia Brienza.
ISBN-10: 8563877097
Ano: 2010 
Páginas: 176
Idioma: Português 
Editora: Escrita Fina

Olhos de Fogo - Em 1646, em pleno declínio da invasão holandesa ao Brasil, holandeses acuados invadem a vila de Tejucupapo, em Pernambuco, quando a maioria dos homens está fora, a trabalho. As mulheres de Tejucupapo arquitetam uma inteligente defesa (fato verídico). Mas, além disso, os habitantes do vilarejo ainda têm que se defender de um serial killer à solta. Fatos verídicos e ficção aliados num suspense emocionante.





Envolvente, surpreendente e com muita ação, aventura e suspense!

Todo o enredo do livro “Olhos de Fogo” escrito por Helena Gomes e Kathia Brienza é baseado na História da Batalha das Heroínas de Tejucupapo, tendo como personagens principais: o holandês, Pim e a índia potiguar, Jussara.

Pim Kiurlings é um adolescente que vive com o pai, Frans Kiurlings, um importante cientista que veio da Holanda para o território brasileiro com o objetivo de explorar e fazer estudos das faunas e floras existentes no Brasil. Em abril de 1646, Pim, Frans e Isabel, uma criada que trata o garoto como um filho, viajam para Tejucupapo sob a escolta de Diogo Venâncio, um senhor de engenho muito conhecido.

Desde a sua infância, Pim sofre com sonambulismo e pesadelos, tais pesadelos acabam se tornando realidade. Entretanto, a única pessoa que sabe dos pesadelos do garoto é a mulher com quem ele tem uma relação muito próxima, Isabel.

Antes da viagem para Tejucupapo, Pim tem um pesadelo em que aparece matando uma garota. E justamente na primeira noite em que ele se encontra no povoado, uma garota chamada Maíra é morta e seus olhos são queimados. O corpo da jovem é encontrado em uma pedra próxima a um rio ao lado de Pim.

Eis então, que Jussara, uma índia potiguar, amiga de Maíra, por ser a primeira a chegar no local do assassinato, duvida da inocência do menino holandês. Como todas as provas levam a crer que Pim não é o assassino de Maíra, Jussara é obrigada a acreditar no garoto. Porém, outros assassinatos começam a ocorrer no povoado de Tejucupapo que até então era pacato. E todos eles possuem as mesmas características: os olhos das vítimas são queimados e os corpos são deixados em uma pedra ao lado do rio.

Muitos moradores da vila acabam associando as mortes ao espirito de Anhangá. Os adolescentes logo se juntam para tentar descobrir o que há por de trás desses assassinatos e isso deixa o livro cada vez mais surpreendente - por conta dos vários suspeitos que vão se apresentado - e com muito suspense - porque o verdadeiro assassino só é descoberto nas últimas páginas - .

Em dado momento da história, Pim acaba sonhando que a vila de Tejucupapo será invadida por holandeses com o intuito de subjugar a população. Essa invasão é marcada para o domingo, pois é um dia em que os homens saem para Goiana com o objetivo de vender suas pescas e comercializar produtos. Quando o sonho de Pim acaba virando realidade, as personagens Maria Joaquina, Maria Clara, Maria Camarão e Maria Quitéria acabam tendo uma ideia brilhante que fará com que os moradores da vila ganhem uma boa vantagem até a chegada de mais homens para ajudar no combate.

O que achei totalmente interessante nesse livro foi o fato das autoras conseguirem escrever sobre um fato tão importante e verídico - mas que não é muito conhecido - misturando elementos sobrenaturais - que se apresenta na figura de Anhangá - e ao mesmo tempo conseguir deixar o enredo envolvente.


A História da Batalha das Heroínas de Tejucupapo merece toda essa relevância!


Em minha opinião esse livro merece 3 estrelas!!!



Caixinha de correio - Atualizada!

Olá pessoal!



Hoje venho mostrar para vocês as belezinhas que chegaram por aqui desde a última caixinha de correio. Desta vez teremos alguns artigos diferentes porque eu não poderia deixar de compartilhar com vocês. Vamos ver o que o correio nós trouxe?

 Sorteio e prêmios



O Livro Entrega Especial, da Danielle Steel ganhei por meio da parceria com a Editora Illuminare. Fiquei feliz demais com a surpresa, pois o primeiro livro que ganhei, sem ser dos meus pais, quando era adolescente foi da autora. Me apaixonei! Junto com o livro ganhei outros mimos lindos, que você pode ver nesta foto aqui e aqui

A Joia, ganhei no sorteio lindo que a Aline do blog Devaneios da Lila fez em parceria com a editora Leya.

Parcerias 


Crimes do Tarô é um livro que estou curiosíssima para ler. Chegou por meio da parceria do blog com o autor Leonardo Nóbrega. Já folheei o livro e a curiosidade só faz aumentar. 

Sempre foi você veio em parceria com a queria Ana Lemos. Também uma autora muito especial. Este livro é simplesmente sensacional. A resenha está saindo do forno e tenho certeza que vocês irão gostar. 

Comprados e Ganhados



Estes livrinhos infantis eu vi em uma promoção na Submarino, vieram com uma bolsa muito fofinha, mas não de pra fazer a foto com ela. Os dois Primeiros O menino do vento Norte e Se as coisas fossem mãe eu já conhecia a história e conto sempre aos meus pequenos, mas agora vou poder mostrar as ilustrações. *-*

A Teoria de Tudo, era algo muito desejado. Mesmo, eu sempre via mas na última hora deixava lá na loja. Dessa vez meu namorado, o Sr Ildo Silva, me agraciou com este presente lindo. Tenho que agradecer publicamente né!?

Book Tour


Algo que tem sido muito legal aqui no blog é minha participação em alguns book tours. Tenho gostado das experiências. Muito bom conhecer obras novas e compartilhá-las com outros blogueiros. Cada livro pertence a um book tour e logo vocês saberão mais informações sobre eles, porque a leitura está animada! =)

Marcadores 


Um espaço especial para os marcadores que recebi da Li Mendi, autora parceira aqui do blog. Também para os marcadores que recebi do Leonardo Nóbrega Muito lindos os marcadores dos livros! *-*

E os outros três recebi por conta de um sorteio relâmpago que participei lá no instagram. Quem enviou foi o Ig @diasdeleitura

 Correio da Amizade - Doces lembranças


Este mês tive a oportunidade de reencontrar a Bete, uma pessoa muito querida que conheci no início deste ano. Passamos um fim de semana juntas ela se foi, mas nosso contato se estendeu pelas redes. E agora pudemos encontrar e conversar um pouco mais. 

A Bete tem um talento lindo para as artes, pintura e artesanato e me presenteou com esta mini tela. ( gente é lindo demais!) e com esta flor feita de material reciclado. Um arraso o trabalho dela e eu não poderia deixar de mostrar aqui. Vocês podem conhecer um pouco mais do trabalho da Bete no Instagram @lisa_lopes_campos.

Meu quase presente de aniversário! 

LG65

Pois é pessoal. Não é uma câmera profissional, mas já está me dando muitos frutos. Antes eu tinha o meu querido e sempre confiável LG65 para as fotos do blog e vida que segue. Agora a Canon XS400is chegou para me dar uma alegrada e me ajudar nos estudos de fotografia. também queria compartilhar esta novidade com vocês.
Caixinha recheada e corações felizes. E, se liga que a partir deste mês farei aqui no blog a caixinha de correio entrega de Pensamentos. Onde aquelas pessoas que receberem algo enviado aqui pelo blog, terão serão mostradas aqui. 

E que o mês de setembro seja cheio de Saúde e Graça! 

Li Mendi na Bienal do RJ - 2015: informação

ESTILO -> ADULTO

SINOPSE PARA QUEM FICOU CURIOSO-> Marcos é um dedicado estudante de direito e sua maior prioridade é pagar a faculdade para se tornar um dia um importante e renomado advogado. Esse rapaz não mede esforços em busca da liberdade que uma nova vida pode lhe oferecer. Para conseguir seu objetivo, além de fazer estágios e vários trabalhos temporários, também se torna dançarino de um clube de mulheres.

Bárbara, filha do dono do clube, se sente atraída por Marcos e está disposta a conquistá-lo. Ambos passam a se envolver em uma secreta e perigosa relação que deixa essa história ainda mais excitante. Mas, Marcos não quer se meter em encrenca e precisa se focar nos estudos, por isso, fará de tudo para fugir. Só que não será nada fácil escapar, porque tem uma dívida com Bárbara, que agora quer lhe cobrar nos métodos que ela escolheu. Uma história de amor onde o proibido se torna tão tentador.
 
Li Mendi.

#Fiquepordentrobienal2015 #autoralimendi #autoresnacionaisnabienal
#pensamentosvalemouro

Novidades do Blog Pensamentos...

 
COLABORADORES

O mês de setembro chegou e o blog Pensamentos Valem Ouro está cheio de novidades. A primeira de todas é que já foram selecionados os colaboradores do blog. Gostaria de agradecer aos que se inscreveram e dizer que foi uma escolha muito difícil mesmo fazer as escolhas! Obrigada por terem se inscrito.

Sim, sei que vocês estão louquinhos para conhecer os novos participantes, por isso vou deixar uma foto deles aqui em baixo. Quando você clicar em cima dela, será redirecionado para a Página colaboradores e lá você poderá saber mais sobre estes lindos que agora farão o blog junto comigo.

Clique na imagem e conheça um pouco mais sobre nossos Colaboradores

Queridos, Ildo, Karoline, Marcão e Milca muito sucesso para todos nós! =)

 PROJETO CONVERSAS POÉTICAS

Além dessa novidade, estamos lançando hoje o Projeto ConVersas Poéticas. Que de alguma forma já vem acontecendo aqui no blog. Mas resolvi pensar e organizá-lo para que mais pessoas pudessem participar e para que a poesia um dos temas do blog seja também contemplada.

Para conhecer o projeto clique na imagem a baixo. Ficarei muito feliz com sua participação.


http://www.pensamentosvalemouro.com.br/p/projeto-conversas-poeticas.html

Por enquanto estas são as nossas novidades. Aguardem porque tem muita coisa boa vindo por ai hein! Alertas sempre! Um abraço a todos e um mês bem colorido e cheio de sucessos!


Vendaval de medo

Fonte

 Com medo, 
e sem senso 
viro lenço e,
pouco a pouco,
sou jogado
ao vento.

Mesmo leve,
uso o tino e
me recolho
a proteger-me
de mim. 


(Que já não sou o mesmo)


Virei bolha,
daqui a pouco terei raiz
e, nascendo de novo,
me obrigarão às escolhas...

Estarei no meio,
entre mim, o medo
e as bolhas escolhas.

Céus!
Por onde levarei
minhas folhas. 


 

Curta também

Arquivo do Blog

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas