Resenha: Hotel Vitória - Antônio H. Fernandes

Título: Hotel Vitória
Autor: Antônio H. Fernandes
Editora: Maresia
Publicação: 2015
Idioma: Português
Páginas: 112
ISBN-13: 9788568838020
Skoob

Sinopse: Paulo é um repórter investigativo de um grande jornal da capital, e em uma de suas folgas conhece a história do Hotel Vitória, um pitoresco hotel do litoral, que foi envolvido de forma direta e indireta em dois fatos acontecidos há muitos anos. Ele fica muito curioso e resolve fazer uma investigação para uma posterior reportagem. O que ele não sabia é que o Hotel Vitória o deixaria preso de uma forma que até sua vida e a de sua namorada Roberta correm perigo. O que aconteceu no passado? Porque o hotel o chama?


Olá pessoal! Tive a oportunidade de ler Hotel Vitória depois da seleção de parceria feita pelo autor Antônio H. Fernandes. Mas antes da seleção do autor eu já estava de olho neste livro. Gostei muito desta capa e já estava decidido que assim que possível eu faria a leitura. Então, podem imaginar minha alegria quando recebi o email de parceria e a notícia de que receberia o livro para a resenha.


Bem, neste livro passeamos pelo suspense e pelo romance. De cara somos apresentados ao repórter investigativo Paulo, que é o narrador da história. Paulo está um pouco cansado da rotina e decide passar um tempo sozinho. Mesmo sem a aprovação total de sua namorada Roberta, que não poderia acompanhá-lo na viagem, ele parte para Esperança, uma cidade do interior e por lá tem a oportunidade de entrar em contato com a natureza além de ser apresentado a uma história muito curiosa. 

Um morador da cidade conta a Paulo histórias que aconteceram na cidade e que justificam  mudanças ocorridas no lugar que antes era muito visitado e ponto certo de muitos turistas, mas depois de algumas tragédias e violências e mortes envolvendo principalmente um certo Hotel da cidade, HOTEL VITÓRIA, passa a ficar esquecido pelo povo. 

Poderia ser só uma história apenas, mas Paulo retorna para casa com uma pulga atrás da orelha, conta tudo para sua namorada que trabalha no mesmo jornal que ele e depois de falar com o chefe  do jornal eles têm permissão para  investigar a tal história ocorrida há anos em busca de uma matéria. 

Paulo e Roberta se envolvem da cabeça aos pés nesta história e nem se dão conta de que suas vidas podem correr perigo, mas mesmo depois de perceberem tal fato não deixam de investigar pois a curiosidade fica cada vez maior e eles começam a descobrir novos elementos que fazem a história tomar rumos diferentes dos conhecidos. 

"A gente sabia que estava enveredando por um caminho que poderia revelar um crime odioso, mas não tínhamos como provar. já se passara trinta anos dos fatos. O quadro parecia um jogo de quebra-cabeças."

O livro é relativamente curto, apenas cento e doze páginas, mas a história em minha opinião foi muito bem construída. Depois que comecei a ler não tive mais vontade de parar. O autor conseguiu despertar minha curiosidade pelos fatos ainda não revelados e fui lendo quando percebi já tinha terminado e com aquela sensação de quero mais. 

Mesmo gostando muito eu realmente achei que os fatos do meio para o fim poderiam ter se desdobrado mais. um pouquinho mais de suspense na revelação da verdadeira história do hotel. Mas não desgostei por completo da forma com que o autor levou o livro. Principalmente depois que vi descobri que o autor é escrivão de polícia há 24 anos. Fiquei pensando fazendo um comparativo entre o real e na ficção. Então, percebi que cabia perfeitamente a forma escolhida pelo autor. 

O casal Paulo e Roberta, me chamou bastante a atenção. Pelo companheirismo,  cumplicidade. Nada de um casal meloso. Mas sem dúvida um casal apaixonado onde um curte o outro. Romance descrito de uma forma leve e com uma pegada muito bacana, mesmo em um livro onde o suspense impera. 

A diagramação do livro está linda. Adorei as folhas, a capa e as letras escolhidos para compor a obra e no início de cada capítulo temos luminárias daquelas  que era utilizadas para iluminar as ruas antigamente. Detalhe sensacional que nos remete à capa do livro. =D! 
 

Encontrei alguns erros de revisão e na passagem de um capítulo tive a sensação de que o autor mudou muito rápido a localização do personagem. Fiquei sem entender se ele estava em sua cidade ou na cidade de Esperança. mas depois disso a história seguiu e compreendi perfeitamente a história. 

Deixo aqui meus parabéns ao autor pela obra. Agradeço a oportunidade de lê-la e por favor continue escrevendo livros assim, vou adorar ler e reler. Hotel Vitória me conquistou de verdade!!! 

  • Livro cedido pelo autor para leitura e resenha
  • Conhece mais sobre Antônio H. Fernandes em nosso Post de Parceria 
  • Visite a Fanpage do livro

Até mais gente linda!


4 Comentários:

  1. Oi, o livro parece ser muito interessante e ele tem os ingredientes que me atraem em livros: romance e suspense. Fiquei bem instigada a saber o que esconde esse hotel e que misterios o rodeiam, por isso, vou anotar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  2. Essa capa é muito bacana!! Só por ela eu já teria vontade de abrir o livro (amo um suspense sobrenatural!). Gostei muito da diagramação e da construção da história. Achei intrigante o fato de o autor ter trabalho na polícia e assim conseguir dar o andamento do enredo de uma forma diferente do que estamos acostumados. Foi uma bela parceria! ;) E foi pra lista, claro!

    ResponderExcluir
  3. Olá... tudo bem??
    Fiquei apaixonada pela capa.. imaginei que seria mesmo uma história de suspense... porém quando você disse 112 páginas, fiquei super triste, porque até então estava bem empolgada... não curto muito ler livros curtinhos... ainda mais com a pegada que eu gosto... sempre tenho a sensação de um desenvolvimento maior... sua resenha foi muito empolgante e se não fosse a quantidade de páginas correria para comprar... Xero!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Estava lendo a resenha e pensei: Só de o cara ser escrivão da polícia ele deve saber muita coisa e ter muita historia para contar. Imagino que o autor tem propriedade para lidar com o esse tipo de questão. Achei o enredo muito interessante e com certeza leria.

    ResponderExcluir

Trate as pessoas da forma como devem ser. E você as ajudará a se tornarem aquilo que elas são capazes de ser (Goethe)

Obrigada pela visita!
www.pensamentosvalemouro.com.br

 

Curta também

Blogs parceiros


Instagram @pensamentosvalemouro

Pensamentos Valem Ouro- Todos os Direitos Reservados | Layout por Qeen Design | Programação por Heart Ideas